domingo, outubro 10, 2010

PARLAMENTO PERDE QUALIDADE

> Fernando Rosas abandona Assembleia da República para se dedicar ao ensino e investigação.

1 comentário:

a.marques disse...

O Parlamento não perde o que nunca aproveitou. Enquanto o sistema eleitoral permitir que os deputados não passem de claques ruidosamente manietadas e malcriadas não há mais promíscuo e exposto desperdício! A castradora e aviltante disciplina partidária religiosamente aceite é o limite da subversão de elementar conceito de intervenção cívica. A assembleia da república dá-nos exemplo chocante!