quinta-feira, outubro 14, 2010

CHILE: 33 'RESSUSCITARAM'







> Emocionante. Estou a escrever estas linhas profundamente emocionado no momento em que o relógio marca 01:55, em Lisboa, (22:36 no Chile) e vejo na televisão Luís Urzúa, de 54 anos, o 33º mineiro chileno soterrado  há 69 dias, a chegar à superfície. É a loucura em todo Chile. As palmas dos presentes vibram em uníssono. Ouvem-se cânticos, sirenes e vivas ao Chile. Todos cantam o Hino Nacional. A satisfação é generalizada pelo mundo. Um êxito total. Um trabalho de enorme profissionalismo. Um grande viva ao humanismo, à ciência e à solidariedade.
No momento em que chegou o último mineiro, o Presidente do Chile, Sebastian Pinera, sempre acompanhado de sua mulher, está muito emocionado, respira de alívio, de alegria, de comoção, de gratidão por quantos conseguiram este feito a nível mundial e abraça prolongadamente o mineiro Luís Urzúa. A missão mais invulgar e difícil registada na história de homens soterrados no fundo de minas tinha chegado ao fim. Viva o Chile! Muita saúde a todos os mineiros "ressuscitados".

8 comentários:

César Ramos disse...

A Humanidade está de parabéns.

É o resultado positivo de múltiplos e porfiados esforços universais sem preconceitos!

Exactamente o que o sr. Putin declinou, e levou à morte os marinheiros do "seu"
submarino russo!...

'Ab initio', cheguei a comparar a situação de sufoco claustrofóbico
das vítimas (...)

Felizmente no Chile, há gente responsável!

Cumpts.
C.R.

Anónimo disse...

Sr. Severino não o conheço mas como vivo em Macau já ouvi falar de si. Hoje entrei no seu blog às 10 horas (2 da madrugada em Lisboa) e vi que já tinha a notícia do Chile. Fiquei abismado como voce em 5 minutos já tinha tudo. Só agora posso escrever estas linhas para o congratular pela sua dedicação à sua causa de informar. Por isso já o admiro muito.
F.M.

a.marques disse...

Uma lição gigantesca de Gente Grandiosa. Lembrei-me dos nossos mineiros de Aljustrel e do seu hino perante tanta humanidade, companheirismo e querer que o Chile agora nos ofereceu. "Vê lá companheiro".

pseudónimo disse...

Quando a luz não vem do céu mas das profundezas da terra!

Pedro Coimbra disse...

Caro João,
Quem não se emocionar com as imagens que chegam do Chile não tem coração.
Arrepiante!!

ana buisel disse...

grande post em cima da hora. beijo de parabens.

Carlos Dias Ferreira disse...

João:

Excelente "post" João.

Todo este problema que se arrastava desde Agosto finalmente teve um fim como todos queriamos. Provou também que a união faz a força talvez sirva de lição a muitos "iluminados da treta" que infelizmente grassam por estas bandas

Anónimo disse...

Como foi possível uns simples mineiros resistirem 17 dias sem nenhum contacto com o exsterior, sem saberem se os procuravam ?

Como foi possível organizarem a sua sobrevivência durante todo esse período ?

Sem um gestor, sem um Governante, sem um Engenheiro ?

Não pode ser .....

Espera tinha uma coisa que não se ensina em lado nenhum

Chama-se Camaradagem e força do seu saber feito de experiencia de vida