quinta-feira, setembro 30, 2010

SEM PERCEBER





> O primeiro-ministro José Sócrates afirmou recentemente em Nova Iorque que se o Orçamento do Estado 2011 não fosse aprovado, que se ia embora.
Há pouco, na Assembleia da República, o secretário-geral do PS disse que nunca pensou em ir-se embora do cargo de chefe do Executivo.
Qual deles é que fala verdade?

2 comentários:

António Luís disse...

OH João! Isso não espanta, vindo de um homem que mente compulsivamente de há 6 anos para cá!
E com o país sem reagir!
Uma vergonha!

Pedro Coimbra disse...

Ele não disse que não se ia embora.
Disse que isso nunca lhe passou pela cabeça.
Como tenho a sensação que, por aquela cabeça, só passa, ocasionalmente, um pente, uma escova, até acredito.