quarta-feira, setembro 29, 2010

SEM COMPREENSÃO





> Eu tenho umas camisas para vestir, giras, boas, compradas em Hong Kong e que até recebem uns piropos quando vestidas. As actuais finanças não me permitemt a compra de mais vestuário, mas entendo que quero outras camisas novinhas em folha e de boa marca. Resultado: gasto o que não posso e se for à loja com o cartão de crédito fico endividado até ao cimo da estátua do Cristo-Rei. É nesta perspectiva que assistimos à incompreensível decisão do Governo em gastar cinco milhões de euros [ao mesmo tempo que corta apoio aos idosos nos medicamentos] na compra de material para a Cimeira da NATO que a GNR possui e que tinha disponibilizado. Naturalmente, que na GNR critica-se e lamenta-se a aquisição dos carros antimotim.

1 comentário:

a.marques disse...

"Uma força a crescer nos dedos, uma raiva a nascer nos dentes". -Para material destinado a apodrecer em armazém a céu aberto é necessário conhecer as ramificações da empresa escolhida (por braço amigo?). Quem não pode aluga. -Alguns medicamentos podem aumentar 11 vezes mais? Grandes porcos (George Orwell não foi tão longe). E o dono do circo mais a vergonha de palhaços que o rodeiam continuam a badalar o estado social. Vamos deixar mais esta marcha fúnebre socialistóide conduzir-nos á morte viva da vala comum? -Sócrates até poderá tratar do seu quintal, mas não tem estatura nem crédito para liderar os destinos do País. É elemento nocivo insuportável e corrosivo. Para abater terá o meu voto.