quarta-feira, setembro 29, 2010

POLÍTICA À PORTUGUESA




> Encontros, acordos, beijos na boca, zangas, insultos, comícios, entrtevistas encomendadas, orçamentos, chantagens, ameaças de demissão, crises, bancarrotas... Alto! e pára o baile.
Sua excelência chama todos ao palácio, audiências, sorrisos, televisões, fatos e gravatas, acordos, beijos na boca e já há Orçamento de Estado 2011... e tão inimigos que eles eram.

1 comentário:

a.marques disse...

O casulo dos instalados prefere manter a manjedoura comum. É verdade que não se corta o que se puder desatar. Mas esta alarvidade promíscua já não tem ponta por onde se pegue. Já se lavam na própria porcaria.