terça-feira, setembro 07, 2010

A GALP NÃO SABE MENTIR


> O que se passa com os combustíveis é escandaloso. Mas é escandaloso há anos. O nosso colaborador Jorge Cabral já por diversas vezes desmistificou a fraude e o roubo que vem acontecendo em Portugal sobre a cartelização comandada pela Galp-Governo (Autoridade da Concorrência). Os preços dos combustíveis, com a carga de impostos violentíssima, estão inflacionados há vários anos. O preço do crude baixou e o preço dos combustíveis ao consumidor ficou na mesma.
Em face do abaixamento do preço do crude, os hipermercados viram uma janela de oportunidade para venderem combustível a um preço mais barato. De imediato saltou a Galp a terreiro acusando essas gasolineiras de estarem a vender um produto sem qualidade e que prejudicava o bom funcionamento dos veículos. Ops! Ora aí está agora a Galp a fazer precisamente a mesma coisa. A vender o mesmo tipo de combustível, porque a concorrência começava a apertar. A mentira sempre teve o nariz muito comprido...
Por outro lado, a Galp tem muita sorte porque se o Zé Povinho soubesse da missa a metade bastava que todos os portugueses não comprassem combustível durante uma semana para que o preço de venda ao público baixasse imediatamente para o justo de 85 cêntimos/litro.

Sem comentários: