segunda-feira, setembro 27, 2010

ABANDONO





> Está abandonado no hospital.
Está deitado na rua por baixo de um prédio.
Está sozinho em casa sem apoio domiciliário.
Está sem ver filhos e netos há seis anos.
Está num lar atirado para um canto.
Está num asilo sem poder andar.
Está a esmolar pelas ruas da cidade.
Está a aguardar por uma consulta médica há seis meses.
Está a aguardar por uma intervenção cirúrgica há três anos.
Está a atirar a receita médica fora por não ter dinheiro para os medicamentos.
Está a receber uma reforma de 280 euros para pagar a comida, renda de casa, electricidade, água, gás e passe social para os transportes.
Está sentado no banco do jardim a olhar para... o Dia do Idoso. Merda para o dia...