sexta-feira, setembro 24, 2010

DOIS MIL INCOMPETENTES




> Acreditem, meus caros. Existem cerca de 300 empresas municipais que empregam dois mil administradores municipais de uma incompetência a toda a prova. Incompetentes, por quê? Porque as empresas dão prejuízo. Estas empresas dependem das transferências das autarquias e é por aqui que deve começar rapidamente a redução da despesa pública.
Outro dos exemplos é a existência de 306 fundações de utilidade pública para as quais o Estado transfere verbas.
Outra situação a merecer a análise imediata para o corte na despesa é a situação vivida nas transportadoras públicas, onde os gestores têm salários superiores à administração pública e as parceias público-privadas com encargos sem controlo.

1 comentário:

Anónimo disse...

Como vêm não são os funcionários públicos que colocam o País nesta situação, mas sim os eleitos e quem gravita à volta.....dos favores políticos.....
Jorge Santos