sábado, agosto 21, 2010

OS PASSOS DE SÓCRATES

> José Sócrates é inigualável. Consegue ser o político mais hipócrita de que há memória. Promete tudo e nada faz. Perdão, a contratar motoristas para o seu gabinete está no Guiness' Book of the Records. Hoje, vai dizer mal do Pedro Passos Coelho em Mangualde, onde falará, gritará e lerá no teleponto tudo o que a máquina de propaganda decidiu para influenciar as hostes internas partidárias e irá salientar que Passos Coelho não tem nível nenhum, que é um bimbo, que vive em Massamá em vez de ter uma vivenda na Lapa ou no Restelo, que o fato de banho que apresentou no Algarve era piroso e demodé, que os livros que estava a ler eram desinteressantes e destinados a incultos, que não sabia nadar de costas, que os calções que vestiu para a esplanada não tinham bainha como manda a moda e que a camisa que levou ao Pontal era branca numa linha iraniana absolutamente idêntica à dos ditadores. Enfim, Sócrates irá arrasar o líder do PSD para preparar o terreno da semana seguinte.
Para a semana recebe Passos Coelho no seu gabinete e irá proferir as loas mais acentuadas. "Olá, meu caro Pedro! Como você está um bronze! A praia fez-lhe tão bem, dá-lhe um ar mais jovem... Você estava um must no areal! Os seus calções e o fato de banho fizeram furor, as senhoras não falavam noutra coisa, no Pontal adoraram a sua camisa, mas que gosto fino e apurado que você tem para a escolha dos livros que lê, especialmente quando escolhe Gabriel Garcia Marquez... e o que mais me impressionou foi vê-lo a nadar, ai, que máximo, você é um atleta, tem um corpo fantástico mesmo de nadador-salvador... eu disse salvador?... oh! então, meu caro Pedro, salve-me aqui isto... assine aqui a aprovação do Orçamento para 2011...

2 comentários:

Jose Martins disse...

Que giro levar com o teleponto nos c********* que era o que ele merecia.
Vamos lá iniciar uma campanha de ovos podres e de bolsas de merda de cão bem fermetada e aquele que o conseguir borrar à maneira ganha um prémio de 500 euros.
Conheci um caso, aqui na Tailândia que um gajo que não gramava um ministro, esperou por ele num evento, com dois fotografos e mandou-lhe uma baldada de merda. Os bonecos ficaram fantásticos com os cagalhões a voar. E depois o ministro, após de levar com merda, a sorrir-se e a limpar a caca.
Tiveram que o tirar dali pelo cheiro da merda. O agressor da merda, foi preso mas depois ao outro dia absolvido. Vamos todos entrar na campanha de atirar merda ao Sócrates. A merda não provoca ferimentos e só produz merda ao Sócrates
A campanha da merda é que dá para merda de gente!

joshua disse...

João, nem Sócrates nem Queiroz se demitem e não fazem pelas mesmas razões que tu e eu bem sabemos.