segunda-feira, agosto 02, 2010

O MÁRIO DEIXOU-NOS


> Conheço muito poucos açorianos que sejam más pessoas. Mário Bettencourt Resendes foi um um exemplo para todos os jornalistas. A sua seriedade, cultura, solidez e solidariedade foram apanágio de uma vida profissional que deixa quantos privaram com o Mário muito tristes.
Uma perda na comunicação social difícil de preencher, especialmente no comentário da SIC. Homem ponderado, compreensivo e um analista isento como poucos, ainda com a faculdade de ser muito bem educado. Sabíamos que o Mário estava doente, mas havia sempre a esperança de que o mal seria debelado. O Mário deixou-nos hoje, mas o seu exemplo será perpetrado pelas gerações vindouras de jornalistas, que terão de entender uma coisa: para se ser jornalista tem de se ser, acima de tudo, sério. A nossa condolência à sua família.

Sem comentários: