segunda-feira, agosto 23, 2010

NOVELA LIMA, LIMÃO

> O PPTAO tem vindo a aconselhar o senhor Duarte Lima a vir a público explicar tudo. E ele nem sequer atende o telefone aos jornalistas, quanto mais à polícia brasileira. O cerco, como já dissemos, está a apertar e estas coisas não são brincadeiras de Carnaval. Envolvem muitos milhões, muitos testamentos, muitas revogações, muita fraude, muita fuga ao fisco, muita lavagem de dinheiro, muita ganância de herdeiros, muita mafia, muitos mandantes, muitos intermediários, muitos executantes e muitos inspectores. Estes, no Brasil pelo menos, não são parvos nenhuns e estão sempre a especializarem-se em criminologia nos EUA. Quem pretender brincar com o fogo, queima-se pela certa.
A novela continua e, apesar do advogado de Duarte Lima, o senhor Germano da Silva, vir com a treta de que são os jornalistas que estão a promover uma novela, pode ficar certo que a novela já está escrita há muito... desde que o Luís Tomé Feteira ficou rico.
O último episódio da novela é assustador: Duarte Lima já é suspeito para a polícia brasileira.

Sem comentários: