segunda-feira, agosto 09, 2010

LOGO PELA MANHÃ

> São oito horas e vinte minutos. Centenas de pessoas, umas de passo acelerado, outras nem por isso. Vão chegando à procura do melhor lugar para sentar, para esperar, para viver este dia de Agosto da melhor forma possível, dia de férias para a maioria. As pessoas apresentam-se com roupas das cores mais variadas, algumas berrantes, de todas as cores que passam pela nossa frente. As mais fulgurantes são o azul escuro, o branco e o verde. Logo pela manhã, o local já está repleto de pessoas vindas de todo o país. Num balcão, uma funcionária mal disposta atende-me. Estamos a falar do balneário de alguma praia da linha de Cascais? Não, meus caros, estou a falar do Hospital de Santa Maria...

Sem comentários: