domingo, agosto 29, 2010

F1: HAMILTON REGRESSA AO TOPO


> Lewis Hamilton venceu o Grande Prémio da Bélgica de F1, que se realizou hoje em Spa-Francorchamps recuperando dessa forma o comando do Mundial, que lidera agora com três pontos de vantagem, já que o anterior líder, Mark Webber, nada pôde fazer para contestar o domínio do piloto da McLaren, que 'sobreviveu' a dois períodos de safety-car e a uma ligeira saída de pista.
Lewis Hamilton vence e recupera liderança do Mundial -

Hamilton foi sempre mais forte ao longo de uma corrida que colocou muitos problemas a todos os pilotos já que se iniciou com piso seco, com a chuva a fazer, como é hábito, a sua aparição, surpreendendo alguns pilotos, inclusivamente o vencedor, que perto do final cometeu um erro que lhe poderia ter custado a vitória na corrida.

Dia mau para os restantes candidatos ao título, já que Sébastian Vettel (Red Bull) foi apenas 15º, depois de se ter visto envolvido num acidente com Button, foi penalizado e finalmente, em novo incidente com um Force-India, furou e caiu muito na classificação. Fernando Alonso (Ferrari) e Jenson Button (McLaren) atrasaram-se bastante, já que abandonaram. O piloto inglês viu Vettel bater-lhe quando era segundo, e o azar de Alonso começou quando Barrichello - a festejar 300 Grandes Prémios - bateu fortemente no seu monolugar ao falhar uma travagem, com o espanhol a terminar a sua corrida, perto do fim, quando rodava atrasado, depois de um despiste onde danificou a frente do seu Ferrari. Felipe Massa foi quarto, e Adrian Sutil (novamente uma grande prestação dos Force-India em Spa) foi quinto. Nico Rosberg foi sexto, batendo o seu companheiro de equipa, Michael Schumacher, que ficou classificado logo a seguir. Kamui Kobayashi (Sauber), Vitaly Petrov (Renault) e Jaime Alguersuari (Toro Rosso) completetaram o top 10. Com estes resultados, Hamilton regressa ao comando da competição com três pontos de vantagem sobre Webber, que por sua vez tem Vettel atrás de si com 151. Também Button e Alonso não somaram, pelo que Hamilton e Webber se destacaram na luta pelo campeonato, com o líder a ter agora 31 pontos de vantagem para o alemão da Red Bull.
In Autosport

Sem comentários: