segunda-feira, agosto 16, 2010

É A CRISE

> Professores ganharam 11 milhões a mais em horas extraordinárias.

Cerimónias de Agosto com menos peregrinos.

Patrões votam contra prémios de assiduidade a mães que amamentam .

1 comentário:

zeparafuso disse...

Crise para os patrões ? Depende! Há patrões que só se sentiriam satisfeitos se os trabalhadores não tivessem salários, que os trabalhadores trabalhassem de borla, só ficariam satisfeitos se os seus bolsos engordassem em desfavor dos trabalhadores. Os trabalhadores não precisam de alimentos, só os patrões. Em suma os trabalhadores até nem precisam de remuneração, precisam é de trabalhar é para isso que são trabalhadores e não são outra coisa qualquer. Trabalhadores, trabalham, patrões enriquessem. Ainda não perceberam que precisam uns dos outros. Felizmente nem todos são assim.