terça-feira, julho 20, 2010

OS MAL CRIADOS QUE TEMOS

> Ontem à noite, no programa ‘Pontos de Vista’ da RTP-N, representantes dos cinco partidos com assento parlamentar debatiam a actualidade da política nacional. Já perto do final, o deputado socialista Orlando Strecht-Ribeiro disse uma coisa e, na sua vez, o bloquista João Teixeira Lopes retomou as palavras do adversário.

Do ‘diz que disse’ ao ‘não disse’ foi um passo, até ao insulto pessoal não foram precisos muitos mais. Todos somados, chegaram para Teixeira Lopes abandonar o debate e sair do estúdio.

«Ao contrário do que diz o PCP e Bloco de Esquerda, entendemos que estas medidas ainda que dolorosas e ainda que ao arrepio daquilo que é o código genético do Partido Socialista e não só – de outros partidos da esquerda democrática na Europa – são absolutamente indispensáveis para salvaguardar as pessoas mais carenciadas e que têm mais dificuldades», dizia Strecht-Ribeiro aos 39 minutos e 15 segundos, justificando algumas medidas de austeridade impostas pelo actual Governo.

Ao tomar a palavra, pelo minuto 41 e meio, João Teixeira Lopes disse achar «muito curioso que o Strecht Ribeiro refira que o PS está a governar ao arrepio do seu código genético».

«Não disse nada disso», contrapôs o deputado socialista. O candidato do Bloco à Câmara do Porto nas últimas autárquicas pediu silêncio, tentando retomar o discurso sempre com a mesma expressão que teria sido usada pelo deputado PS: «Não me interrompa Strecht Ribeiro. Eu estou a falar, estou no direito da palavra».

«Você não pode pôr na minha boca o que eu não disse», contrapunha Strecht Ribeiro.

Nos minutos seguintes assistiu-se a um fogo cruzado de insultos políticos e pessoais.

«Mal-educado», «grosseiro e ordinário», disparou o bloquista.

«Mal-educado é você. É ordinário, é grosseiro, é mal criado», respondeu o eleito pelo PS.

Teixeira Lopes criticou a «cassete» socialista, o socialista respondeu nos mesmos termos.

O nível do debate não melhorou, com o dirigente do BE a defender que «as pessoas que não têm a capacidade de ouvir não devem estar em programas de debate político», referindo-se ao «grosseirão» que dizia ter a seu lado.

«Grosseirão é você», voltou a responder Strecht Ribeiro.

«Não me impede de dizer o que quero dizer. É uma ditadura do Partido Socialista e do Strecht Ribeiro! O senhor não tem o mínimo espírito democrático», atacou Teixeira Lopes antes de ser chamado de «demagogo» pelo visado.

Foi então que Teixeira Lopes, que «estava a falar» e terá sido «brutalmente interrompido», pegou nas suas coisas e, protestando, abandonou o debate com juras de ódio eterno: «Nunca mais».

«Eu consigo também nunca mais», rematou Strecht Ribeiro, que permaneceu no lugar, acabando por ser ele a encerrar o programa, disponível na íntegra no site da RTP.

Sem comentários: