segunda-feira, junho 07, 2010

COLONIALISMO


> A chegada da selecção de futebol de Portugal à África do Sul deixou-me a meditar sobre os anos a que assisti à tal descolonização "exemplar". Lembro-me de ouvir as máximas políticas da altura: "Colonialistas fora, já!", "Nem mais um soldado para as colónias", "Fim ao colonialismo que explora e escraviza os negros", "África é dos africanos", "Portugueses racistas, rua!" e tantos outros slogans que me dispenso de mencionar para não chocar alguns dos políticos bem situados na vida nos tempos de hoje como grandes amigos das "colónias" e que antigamente gritavam com todos os pulmões que as colónias eram para esquecer.

A comitiva portuguesa chegou ao aeroporto e foi alvo de uma manifestação entusiasta e vibrante por parte de milhares de africanos e residentes em África. Jovens, adultos e muitas mulheres de raça negra corriam ao lado do autocarro dos jogadores portugueses, vestiam a camisola de Portugal e gritavam: "Portugal, Portugal!". E eu interroguei-me: como é possível termos sido uns facínoras contra os africanos, como é que os escravizámos, explorámos, abusámos e maltratámos se agora, passados tantos anos eles ainda nos aplaudem e nos amam?...

1 comentário:

Anónimo disse...

Pois é...
Dá que pensar, não dá?