sexta-feira, junho 04, 2010

ACP TAMBÉM JÁ FALA DO ROUBO


> O PPTAO através do nosso colaborador Jorge Cabral manifestou por diversas vezes a dimensão do roubo aos consumidores referente ao preço cartelizado e praticado na venda de combustível. Agora, o Automóvel Clube de Portugal manifestou o seu protesto (até que enfim) contra os preços praticados, alertando que o preço do petróleo em Maio passado baixou 17% e que o da gasolina ao consumidor só desceu 2%.
O ACP, em face da vergonhosa situação no exagerado preço de venda dos combustíveis, exige uma investigação por parte de uma entidade externa e salienta que a "situação é inaceitável".

Pois é... mas quantos consumidores é que já se mobilizaram para um protesto nacional em que se disponibilizassem a não comprar combustível APENAS uma semana? Veriam como eles mudavam de "paradigma" num ápice...

Sem comentários: