quinta-feira, abril 22, 2010

REALISTA

> O ex-Presidente da República Ramalho Eanes assume que a descolonização «não foi a melhor», considerando, porém, «pouco razoável» uma não independência de Cabo Verde, e reconhece que o 25 de Abril fracassou na resposta às aspirações dos portuguese.


1 comentário:

Pedro Coimbra disse...

Caro João,
Quando erramos, devemos assumir e enfrentar o erro.
A cada declaração pública de Eanes, percebo que errei no julgamento que fiz dele.
Assumo o meu erro e tiro o chapéu à dignidade que tem assumido ao longo da vida.
Um bom exemplo de vida.