terça-feira, abril 06, 2010

O MELHOR NÃO VAI PARA O SPORTING

> Não é necessário ser-se grande especialista em assuntos de futebol para se perceber que o André Villas-Boas é o melhor treinador da nova geração. Quem pega numa equipa como a Académica, que o melhor resultado seria ficar em penúltimo lugar no campeonato, e que a coloca a jogar um bom futebol, a conseguir resultados surpreendentes com os chamados "grandes" e que demonstra em diversos aspectos uma apreensão cabal dos anos que passou com José Mourinho, naturalmente que seria o treinador ideal para revolucionar o futebol morto do Sporting.
Mas, infelizmente, os interesses dos intermediários e dos directores desportivos feitos a martelo, sobrepõem-se à lógica de se realizar um trabalho sério e frutuoso em Alvalade. Com a negação que alguns conseguiram no Sporting para que não se contratasse o André Villas-Boas, aqui fica já bem explícita a classificação do Sporting para a época 2010/11: um esforçado 4º lugar. Aceitam-se apostas.

2 comentários:

Anónimo disse...

MAS QUEM TEM DÚVIDAS QUE O MANUEL JOSÉ DEIXOU A SELECÇÃO DE ANGOLA PORQUE O "SCP" O CONVENCEU QUE SERIA O HOMEM INDICADO PARA TIRAR A EQUIPE DE FUTEBOL DA CRISE EM QUE SE ENCONTRA?
ESPEREMOS QUE NÃO LHE ACONTEÇA O MESMO QUE COM O COMPROMISSO ASSUMIDO PELA "FPF" E QUE FOI QUEBRADO COM A CONTRATAÇÂO DE UM TAL "SARGENTÃO".

Pedro Coimbra disse...

Tenho dúvidas, caro João.
Já o tinha escrito, reforço-o agora.
Parece-me óbvio que há ali interferências do Porto, clube de coração do fulano.
Mas o Villas-Boas é um mito.
Até pode vir a ser um excelente treinador, mas até agora ainda não provou nada.
A época passada, com um quadro de jogadores inferior, o Domingos fez melhor figura.
Não me surpreenderia que fosse ele o susbstituto de Jesualdo Ferreira no Porto, mas tenho sérias dúvidas se será comandante para aquela nau.
Um abraço