quarta-feira, abril 14, 2010

MAIS UMA TRAGÉDIA NA CHINA


> Conheço muito bem a China. Percorri a maior parte das províncias chinesas e contactei com os diversos povos que constituem o Império do Meio. Tenho a exacta noção de uma tragédia na China. Quando ouvirem ou lerem que numa qualquer catástrofe morreram 100 pessoas é sinal que desapareceram 1000 ou 2000. Se anunciarem que morreram 10 mil é porque mais de 100 mil vidas se perderam.
Infelizmente, os sismos não irão parar nunca na China enquanto as experiências nucleares não terminarem. Desta feita, anunciou-se mais um sismo que teria provocado 300 mortos e 8 mil feridos. Tenho a certeza que, neste caso, mais de 3000 nunca mais serão encontrados.
Quando se é gigante tem-se sempre a dificuldade de coçar os dedos dos pés...

Sem comentários: