quinta-feira, abril 01, 2010

ESTADO-PALHAÇO

> Anda o governo português a enviar milhões de euros para a Guiné-Bissau e a dar cursos de formação e treino militar a oficiais das Forças Armadas guineenses para esta palhaçada: O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Carlos Gomes Júnior, e o chefe das Forças Armadas, Zamora Induta, foram feitos reféns por militares hoje de manhã na capital guineense.

Sem comentários: