sábado, abril 03, 2010

ESTADO-PALHAÇO (3)

> A situação na Guiné-Bissau não se encontra de forma alguma normalizada e é mesmo “muito grave”, considerou o secretário executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Sem comentários: