sexta-feira, março 12, 2010

SEMPRE AS SONDAGENS


> Aí estão elas, as sondagens. Melhor, as invenções sobre o que mais convém. Umas dizem-nos que os PS ganharia com 36%, outras que a vitória estaria nos 32% e as de ontem afirmam categoricamente que os 41% eram certos.
As sondagens ainda são o motivo maior das minhas risotas. É bom existirem sondagens para que nos possamos rir com tanta conclusão anedótica. Vejam só esta: 40% do povinho acha que o governo do PS é mau, mas 40% vai votar PS. Boa!... Para rir, nada melhor.
Agora a sério. Os tais meus amigos que trabalham nas empresas de sondagens lá me transmitiram a "porcaria" da verdade e, então, é assim: a abstenção está maior que nunca, uma loucura, toda a malta da esquerda à direita está de costas viradas para os políticos e para a política. Os resultados obridos dão 30% ao PS, 24% ao PSD, 13% ao CDS, 9% ao BE e 8% ao PCP.
Mas, não se esqueçam, estes resultados que vos apresento não são sérios porque não são fornecidos pelos administradores das empresas de sondagens... a seriedade está no resultado que é anunciado nos jornais e nas televisões... pois!

1 comentário:

a.marques disse...

E eu para me abstêr vou ter que ficar na rua. Quero ser grande como os nossos deputados que (embora paus mandados) podem abster-se na AR. Sem o direito do exercicio pleno de voto presencial não ponho lá os pés. É só mais um quadradinho no boletim para uma opção participativa, consciente e inconfundível. A ausência pura e simples pode comportar multiplas e distintas motivações. Ou indecifrável alheamento.