segunda-feira, março 01, 2010

NOS EUA JÁ SÃO

> Os jornais em papel têm, na verdade, de repensar a sua dinâmica junto dos leitores. Os jornais em papel estão a deixar de ser apelativos, atractivos e informativos. As preocupações dos jornais em papel têm vindo a ser dirigidas para clientelas e, essas, pagam o custo de produção mas enterram paulatinamente o enlace com os leitores/compradores.
Poderia enumerar uma lista com uma dezena de alternativas apelativas para que os jornais portugueses pudessem sobreviver melhor. Mas, como diria alguém, não me pagam para isso. O que se passou a saber é que nos EUA as notícias consultadas em suporte digital são actualmente mais populares que os jornais em papel, de acordo com a mais recente sondagem levada a cabo pelo Pew Research Center.
O fenómeno está a avançar para todo o mundo, mas há quem nem queira ver e quando for comprar óculos já é tarde...

2 comentários:

Anónimo disse...

Um aspecto importante é que com a internet temos acesso às notícias em tempo real e não com um dia de atraso

Anónimo disse...

E preciso comecar a imprimir em papel com uso duplo.
Assim, depois de lermos as noticias, limpamos o cu ao jornal.
Mas nao podem deixar marcas.
eheheheheh

Ze da Labia