terça-feira, março 02, 2010

FALTEI








> Residente de Sydneu durante alguns anos constato que a "minha" cidade australiana continua na crista da onda em muitos aspectos. Desta vez, despiu-se de preconceitos e 5.200 pessoas responderam à chamada do fotógrafo americano Spencer Tunick, famoso por clicar pessoas nuas, nos mais diversos locais do mundo. Junto à Opera House – em nome da arte - os voluntários completamente nus acederam às mais diversas posições. Em pé, deitados, abraçados, de braços no ar, de todas as formas proporcionaram ao artista imagens únicas e que irão ficar na história de vida de Spencer Tunick, o qual pretende demonstrar que a igualdade entre os homens é a potencialidade mais bela.


2 comentários:

(c) maioria silenciosa: P.A.S. disse...

...mas também um enorme laboratório de estudo para os sexólogos e para as empresas de bronzeadores. Afinal que raios de Sol atingem a Austrália?

Anónimo disse...

HA, TANTO NU EM PELOTA
PRA FICAR NA HISTORIA
TANTO CU MALFEITO E POLIGLOTA
ESPERO NAO ME FALTAR A MEMORIA

HA, TANTA COISA MURCHA
QUE NUM APICE SE LEVANTA
TANTO MATANDOC E BRUXA
OUTRA SESSAO DE FOTO JA CA CANTA



ZE DA LABIA