domingo, março 14, 2010

F1: SCHUMACHER ENTRE OS SEIS MELHORES

Grande Prémio do Bahrein

Vitória de Fernando Alonso em 'dobradinha' da Ferrari

Fernando Alonso estreou-se pela Ferrari com uma vitória na prova que marcou o arranque do Mundial de Fórmula 1 de 2010. Felipe Massa foi segundo, numa saborosa 'dobradinha' da Ferrari, que confirmou no Bahrein a competitividade que mostrou nos testes de preparação para a época. Lewis Hamilton encerrou o pódio, sendo o último piloto a aproveitar os problemas do homem que mais tempo liderou a corrida, Sébastian Vettel.
Vitória de Fernando Alonso em 'dobradinha' da Ferrari  -

Ao partir da pole e depois de ter dominado grande parte da corrida Sébastian Vettel teve de se contentar com a quarta posição, já que problemas com o motor do seu Red Bull RB6 fizeram com que perdesse a liderança, primeiro para Alonso, vendo-se depois consecutivamente passado pelos restantes pilotos até se quedar na quarta posição.


O melhor Mercedes foi o de Nico Rosberg, que foi quinto, na frente do seu colega de equipa, Michael Schumacher. Jenson Button, campeão em título, foi apenas sétimo, na frente de Mark Webber. A 'fechar' os lugares pontuáveis, nona posição para Vitantonio Liuzzi, que depois do atraso inicial de Robert Kubica e Adrian Sutil, que se tocaram pouco depois da partida, caindo muitas posições. A fechar o top 10, Rubens Barrichello.


Os dois Lotus reservaram para si o 15º e 17º lugar da corrida, mas ao contrário de todas as restantes equipas estreantes, tiveram os seus dois pilotos no final. Heikki Kovalainen foi 15º e Jarno Trulli classificou-se na derradeira posição, a 17ª. Nico Hulkenberg, outro dos 'rookies' que se estrearam na Fórmula 1, foi 14º, depois de alguns incidentes (um pião) pelo meio.


Os primeiros abandonos da época


Foram três as equipas que viram os seus dois pilotos ficarem pelo caminho na prova de abertura do Mundial de Fórmula 1, o GP do Bahrein. Virgin, HRT e BMW-Sauber foram as equipas que não tiveram qualquer piloto no final da corrida, sendo que se no caso da HRT e Virgin não é de estranhar, já no caso dos BMW-Sauber, é um grande balde de água fria.


No caso da HRT, Karun Chandhok não durou mais do que três voltas, encostando à 'box' depois de um toque onde danificou a dianteira do seu monolugar, enquanto Bruno Senna durou 20 voltas. O piloto brasileiro era 19º na altura, bem longe do ritmo dos seus adversários, e mesmo assim o fumo que saiu da traseira do monolugar não deixou dúvidas a ninguém que tudo ficaria por ali.


Na Virgin, Lucas di Grassi ficou de foram à terceira volta, provavelmente devido aos mesmo problemas hidráulicos que surgiram diversas vezes durante os testes, o mesmo sucedendo a Timo Glock, na volta 18, parando nas boxes. Na BMW-Sauber, Kamui Kobayashi parou no meio da pista à 14ª volta, enquanto Pedro de la Rosa durou até à 30ª volta. Ba Renault, Vitaly Petrov ficou pelo caminho na volta 16.


Classificação


1. Alonso Ferrari 1h39:20.396
2. Massa Ferrari a 16.099
3. Hamilton McLaren-Mercedes a 23.182
4. Vettel Red Bull-Renault a 38.713
5. Rosberg Mercedes a 40.263
6. Schumacher Mercedes a 44.180
7. Button McLaren-Mercedes a 45.260
8. Webber Red Bull-Renault a 46.308
9. Liuzzi Force India-Mercedes a 53.089
10. Barrichello Williams-Cosworth a 1:02.400
11. Kubica Renault a 1:09.093
12. Sutil Force India-Mercedes a 1:22.958
13. Alguersuari Toro Rosso-Ferrari a 1:32.656
14. Hulkenberg Williams-Cosworth a 1 volta
15. Kovalainen Lotus-Cosworth a 1 volta
16. Buemi Toro Rosso-Ferrari a 3 voltas
17. Trulli Lotus-Cosworth a 3 voltas


volta mais rápida: Alonso, 1m58.287s


Abandonos


De la Rosa Sauber-Ferrari 30ª volta
Senna HRT-Cosworth 18ª volta
Glock Virgin-Cosworth 17ª volta
Petrov Renault 14ª volta
Kobayashi Sauber-Ferrari 12ª volta
Di Grassi Virgin-Cosworth 3ª volta
Chandhok HRT-Cosworth 2ª volta



Campeonato


Pilotos:
1. Alonso 25 pontos
2. Massa 18 pontos
3. Hamilton 15 pontos
4. Vettel 12 pontos
5. Rosberg 10 pontos
6. Schumacher 8 pontos
7. Button 6 pontos
8. Webber 4 pontos
9. Liuzzi 2 pontos
10. Barrichello 1 pontos

Construtores:
1. Ferrari 43 pontos
2. McLaren-Mercedes 21 pontos
3. Mercedes 18 pontos
4. Red Bull-Renault 16 pontos
5. Force India-Mercedes 2 pontos
6. Williams-Cosworth 1 pontos

IN AUTOSPORT

Sem comentários: