sábado, março 20, 2010

COSTINHA COM MÁ MEMÓRIA


> O ex-jogador do FC Porto e agora contratado como director desportivo do Sporting conseguiu que a equipa de futebol treinada por Carvalhal fosse eliminada da Liga Europa. Costinha esqueceu-se depressa do tempo em que chegou tarde ao estágio da selecção e de quando Scolari o mandou às urtigas.
Costinha prejudicou o Sporting grandemente ao tomar uma atitude contrária ao plano do treinador Carvalhal, no que respeitou ao afastamento do jogador Ismailov do seio da equipa. Ismailov era uma pedra fundamental para o jogo contra o Atlético de Madrid, mas teve um lapso no seu comportamento disciplinar, apesar de a equipa médica já o perseguir de longa data
Carvalhar iria colocá-lo em meio-castigo, sentando-o no banco e quando fosse necessário entraria em campo, o que aconteceria certamente a partir do resultado verificado de 2-2. Mas, o senhor Costinha, agora todo-poderoso (para a asneira), resolveu suspender de imediato, por indisciplina, o Ismailov. Ora aí têm os sportinguistas um director exemplar para o futuro enterro do Sporting...

1 comentário:

Pedro Coimbra disse...

Crises de autoritarismo, as quais, normalmente, são sinónimo de falta de (auto) confiança.
Esperava outra sensatez do Ministro.
Desde que bebeu o vodka russo nunca mais foi o mesmo.