segunda-feira, fevereiro 22, 2010

O SEXTO SENTIDO





Catarina Price*





A pérola


Que te diz, que te diz?
Que te traz o vento que abraças?
Em sorrisos que abarcas
Este mundo e mais ainda
O mar
O rio
O verde

Que te diz que te diz?
Que te traz a tempestade?
Feita de raios de lua
Que te diz o mocho?
Que te sussurra a coruja?
Que te diz que te diz?
A pérola que trazes no coração
Tão brilhante e tão pura
Que chego a sentir amargura
Sabê-la por mãos errantes

Que te diz que te diz
Dir-te-á que te amo?
Que te quero e venero?
Dir-te-á que te engano?

Dir-me-á que me engano.



*Cronista residente

2 comentários:

pseudónimo disse...

Nunca tão pequenas palavras "que te diz" emprestaram tanto a um sentido poema: energia, intensidade, côr, subtileza, suavidade e encanto. Um jardim em flôr.

CPrice disse...

:)) Obrigada