quarta-feira, fevereiro 10, 2010

LÍNGUAS DE PAU

> "(...) Quando o sistema falsário ruir, todos esses línguas de pau, serventuários de quem os promoveu, ruirão também, salvo Constâncio, a quem o Regime, da esquerda à direita, já perdoou a fantástica supervisão. As televisões abrem as pernas. E estes homens vulneráveis vêm justificar-se e continuar de pé. É por eles e pelos patrões, aliás, que lá vão".

Joshua, in Palavrossavrvs Rex

Sem comentários: