sexta-feira, janeiro 08, 2010

VERGONHA DE CASINOS

> A lei para os casinos devia ser assim: quando um casino despedisse trabalhadores alegando que obteve reduções nos lucros, esse casino era encerrado.
Seria a única forma de se acabar com os despedimentos prepotentes, oportunistas e vergonhosos. O casino Estoril anunciou o despedimento de 113 funcionários. E teve a desfaçatez de justificar o despedimento colectivo com a diminuição verificada em um ano, repito, apenas em um ano, ou seja, de 2008 para 2009, nos seus lucros avultados. E há quantos anos o Casino Estoril tem lucros? Há que lembrar esses exploradores do dinheiro, do vício e da desgraça alheia que a sua indústria é a única que recebe adiantadamente os pagamentos. O jogador paga antes de obter o serviço. As fábricas e outras empresas chegam a estar três, seis e doze meses à espera do pagamento e se o credor nunca pagar, naturalmente que irá à falência. Nos casinos o caso é bem diferente "queres serviço? paga antes!".
A infâmia da exploração reinante nos casinos deveria começar a ser posta na ordem. Já é tempo de os políticos corruptos que receberam fortunas para licenciarem a abertura de casinos darem lugar a pessoas sérias. É por estas, e outras pequenas coisas, que o país está nos últimos lugares da União Europeia.

2 comentários:

ana e. disse...

Grande verdade, João. Parabéns por este post.

Anónimo disse...

334Acho muito bem que se investigue, mas no caso do despedimento coletivo de 112 trabalhadores do Casino Estoril, com milhões de lucro, e substituindo efetivos por precários, o estado nada faz, assistindo – se á destruição de tanta gente, por falta de cumprimento de justiça escrita na constituição da repubilca.
Veja – se o caso “ Remédio Santo “ até já estão a ser ouvidos nos tribunais, mas o caso do despedimento coletivo do Casino Estoril, não já passa mais de 27 meses e o estado não age, mas quando lhe interessa e os amigos não estão metidos, aí sim é de investigar e prejudicar tudo e todos, dois pesos e duas medidas.
Afinal para que serve a constituição da república é só para quem está dentro do estado e governos, ignorando os direitos que todos temos, deixando que gente sem escrúpulos, destrua a vida de tanta gente, como é o caso da ilegalidade do despedimento coletivo do Casino Estoril.