sexta-feira, janeiro 15, 2010

PAÍS DA ILEGALIDADE

> Todos os dias lemos nos jornais uma qualquer ilegalidade cometida por alguém ligado ao Governo. Estamos no país das ilegalidades instituídas e na maior parte dos casos com 'face oculta'. É na Justiça, nas Obras Públicas, nos Transportes, na Administração Interna, na Economia, na Saúde. Os cambalachos sucedem-se para descrédito de uma governamentação que tinha a obrigação de ser exemplar.
O cambalacho do dia de hoje é mais uma vergonha. O Ministério da Saúde estabeleceu um "protocolo ilegal" com uma fundação que ainda não foi reconhecida pelas entidades competentes. O acordo com a Fundação Renal Portuguesa foi assinado a 4 de Agosto do ano passado e prevê a construção de 15 centros de diálise em Portugal. O Ministério Público e a entidade reguladora estão a investigar o caso. O saque é total.

Sem comentários: