quarta-feira, janeiro 27, 2010

OLHA QUEM FALA










CAVACO SILVA É UM DITADOR

> Belmiro de Azevedo deve ter esquecido que é o patrão da Sonae, um grupo económico onde reina uma autêntica ditadura e exploração sobre os trabalhadores. Concedeu uma entrevista á 'Visão' e disparou em todas as direcções, como se ele fosse um santo. Chegou mesmo ao ponto de afirmar que o Presidente da República é um "ditador".
"Mandou quatro amigos meus, dos melhores ministros, para a rua, assim de mão directa", afirmou Azevedo. Sobre a candidatura de Manuel Alegre à presidência da República, considera que o ex-deputado socialista "devia ter juízo. No final do mandato já terá 80 anos, não é muito sensato".
A respeito das alegadas pressões do Governo, afirma que "o primeiro-ministro telefona ou manda telefonar com muita frequência".
Belmiro está contra a existência de um Bloco Central, porque se existisse, virava "ditadura a dois, compadrio. Neste momento, e quase direi por felicidade, não há um Governo de maioria". Afirma que se "criou um sistema em que o povo vota pelas festas, frigoríficos e passeios".
Quanto à líder do PSD, Manuela Ferreira Leite, considera que "teve muitos anos de trabalho, mas no Estado. Nunca dormiu mal por ter a responsabilidade de saber como pagar salários".
O líder da Sonae diz que tem dificuldade em saber os nomes de metade dos ministros que estão no Governo e refere que "muitas vezes as promessas são feitas sem o Teixeira dos Santos assinar pior baixo".
"Os salários são baixos. O pessoal do meio é que ganha de mais. Têm de ser aumentados o último piso e o rés-do-chão", acrescenta, sem dizer se irá começar pelas suas empresas.
Belmiro de Azevedo diz ainda na entrevista que "a Sonae é incorruptível" e defende que se acabe o "devaneio das grandes obras". Sobre o jornal 'Público', refere que o ex-director José Manuel Fernandes "era acusado - e bem acusado - de não criar climas de consenso no jornal". Ele lá sabe...

3 comentários:

Anónimo disse...

E SE ESTE "ARTISTA" SE PREOCUPASSE EM EXPLICAR, DETALHADAMENTE, COMO CONSEGUIU APROPRIAR-SE DA FORTUNA DOS HERDEIROS DO BANCO PINTO DE MAGAHÃES, ESTRUTURA BANCÁRIA DE QUE ERA EMPREGADO, EM VEZ DE DESVIAR AS ATENÇÕES PARA ATITUDES ALHEIAS?

Pedro Coimbra disse...

Vou processar o gajo!
Quem é que o autorizou a dizer devaneio??
Está feito!!

a.marques disse...

Em nome da clareza e precisão que pretende deixar transparecer no discurso faça o favôr de se explicar: Se os telefonemas que o nosso 1º faz ou manda fazer, são do tipo sagradamente privado, nada temos a vêr com tais afectos e tenha então a bondade de não nos incomodar com isso. Se outro galo canta, é uma exigência do rigôr e lisura que pretende cultivar que nos fale da natureza do assédio. Ou então pode calar-se.