quinta-feira, janeiro 28, 2010

MAIS UM SOCIALISTA ANTI-ALEGRE

> Esta notícia pode indiciar muita coisa. Valter Lemos está no governo devido à sua grande amizade com José Sócrates e à ligação de ambos por terras de Castelo Branco. O secretário de Estado do Emprego anunciou que não apoia a candidatura de Manuel Alegre à Presidência da República. Este anúncio poderá traduzir que Sócrates enviou um dos seus peões para preparar o terreno de um futuro anúncio oficial do PS no sentido do apoio a outro candidato, nomeadamente Jaime Gama, António Vitorino ou Freitas do Amaral.
Valter Lemos garantiu que será "objector de consciência" se o PS apoiar Manuel Alegre. "Não apoio e não considero que a candidatura cumpra as condições adequadas", referiu. Lemos lembra que "Alegre nunca foi primeiro-ministro, nem sequer ministro ou presidente de Câmara, ao contrário de todos os outros Presidentes da República".

2 comentários:

Jorge Cabral disse...

Walter Lemos, com o aspecto que tem e que cultiva, seguramente de acordo com o que lhe "vai na alma" deveria era dedicar-se à música pimba.
Não me lembro que tal personagem alguma vez fizesse, dissesse, e se calhar, pensasse, alguma coisa que algum proveito tivesse.
É gente desta que tem mexido na "coisa pública" - por isso não há que admirar que esteja como está.

Ana Campos disse...

Não gosto de nenhum, por isso o meu voto é em branco.
caramba quando é que esta gente muda.
Queremos novo sanggue na politica, corram com essas carcaças velhas, que só sabem é roubar o povo.