segunda-feira, janeiro 25, 2010

JULGAMENTOS COM OS AMIGOS

> Jorge Sampaio defende que os julgamentos não se façam na praça pública. Quer o ex-presidente da República [de triste memória] dizer que os julgamentos não devem ser mediatizados.

Deve querer os julgamentos à porta fechada nos gabinetes dos juízes amigos dos advogados...

3 comentários:

a.marques disse...

Passam pelo poder e não deixam obra. Passeiam-se por aí com soluções de sobra. Roda de sombras.

manuel gouveia disse...

Dava jeito...

Jorge Cabral disse...

Dito assim, parece-me um completo desaforo contra o Estado de Direito que o "cenoura" devia, por mera ética profissional, defender.
Talvez ele esteja a mostrar, um pouco tarde, diga-se, em abono da verdade, a sua verdadeira índole "pinochetesca". Dissolver grosseira e levianamente uma Assembleia da Republica eleita democraticamente, com Governo legítimo e devidamente suportado por ela, foi, a meu ver, independentemente de não ser seu simpatizante (leia-se, desse Governo) foi, dizia, um impensável atentado ao Estado Democrático que tal "personagem", (leia-se, o "cenoura"), à boca cheia nunca se cansou de apregoar que defendia.
Não é por acaso que este País vai chegando ao estado calamitoso para o qual caminha a passos largos!...