sexta-feira, janeiro 08, 2010

CARMINDICES


Carmindo Mascarenhas Bordalo*



ERGAMOS AS MÃOS!

> Ergamos aos mãos em direcção ao Céu!
Agradeçamos plenos de confiança!
A Pátria redimiu-se!
Ao fim de quase 900 anos de História, finalmente a Nação Portuguesa tornou-se um País desenvolvido.
Uma era de prosperidade e de abastança iniciou-se neste dia 8 de Janeiro de 2010, gravando a letras de ouro o nome dos que que tiveram a coragem de, com imenso sacrifício e saber, afastar Portugal das trevas e do obscurantismo.
Pessoas do mesmo sexo vão poder passar a casar entre si. Noivo e noivo, noiva e noiva.
A sodomia inscrita em assentos das Conservatórias do Registo Civil. Que evolução! Que bom!
Os desempregados, os sub-empregados, os doentes, os explorados a recibo verde, as mulheres atiradas para a prostituição, os drogados, os espoliados do Ultramar, os ex-combatentes com perturbações físicas e mentais, não merecem mais consideração do que aqueles que querem formalizar em papel oficial do Estado português a sua homossexualidade. Estes, sim, são aqueles que merecem a prioridade das prioridades.
Somos hoje uma Nação invejada por biliões de pessoas por todo o Mundo. O desemprego e o endividamento galopantes serão hoje sustidos, ou pelo menos esquecidos por todos. Já temos a hipótese do casamento gay - e isso é que interessa.
Vamos festejar até cair para o lado!
Como diz a confrade Câncio, o próximo passo é a adopção pelos novos e venturosos casais. Nesse dia chegaremos ao Olimpo, imaculados de corpo e de espírito, provando à Natureza e a Deus a Sua burrice.

*Professor Catedrático Jubilado, cronista residente

2 comentários:

sator disse...

há que emendar os versos de José Régio
«todos tiveram pai,
todos tiveram mãe»

diz-se que havia bicha para entrar na ar

«cacarejar não é pôr ovos»

Pedro Coimbra disse...

E pensar que, por estes lados do Mundo, um primeiro-ministro foi afastado do poder por causa de actos de sodomia...
As trevas no Oriente e o progresso fracturante em Portugal.