segunda-feira, novembro 30, 2009

CAFÉ DA NOITE

E O BURRO É PINTO DA COSTA?

> A FC Porto – Futebol, SAD apresentou os resultados consolidados do primeiro trimestre de 2009/2010 com um lucro de 23,5 milhões de euros.

A SAD do Sporting apresentou um resultado líquido negativo de 2,393 milhões de euros no primeiro trimestre desta temporada.

A SAD do Benfica para o futebol registou um resultado líquido consolidado de 6,1 milhões de euros negativos no primeiro trimestre (de 01 de Julho a 30 de Setembro).

À PORTUGUESA

> O jantar no Palácio da Ajuda oferecido pelo Presidente da República aos participantes da Cimeira Ibero-Americana mostrou bem o estilo português no cumprimento de horários. Cavaco Silva chegou ao local do repasto com uma hora de atraso, seguido do primeiro-ministro.
Um exemplo que nos envergonha.

MARINHO E PINTO DERROTADO

> A Assembleia Geral da Ordem dos Advogados rejeitou hoje por maioria a proposta de orçamento para 2010 apresentada pela direcção do actual bastonário, António Marinho e Pinto.
Contando-se os votos únicos e os votos por procuração, 1.829 manifestaram-se contra a proposta, que teve 550 votos a favor e uma abstenção.

PORTUGUESES ASSUSTADOS

> O português que trabalha, que vive do seu salário, que trabalhou uma vida, que descontou para a sua reforma, ficou assustado e perplexo com o quadro trágico da nossa situação económica e financeira que foi traçado por especialistas como Jacinto Nunes, Augusto Mateus, João Salgueiro, António Carrapatoso, César das Neves e outros que estiveram na RTP, no programa Prós & Contras.
Os economistas apresentaram uma situação de pré-rotura para um país que tem sido governado por personalidades que tâm prometido sempre melhores dias. Esses dias nunca apareceram e agora transmitem-nos que a despesa pública é de tal modo elevada que pode levar o país à bancarrota, deixando a maioria dos portugueses à beira da loucura.

'THE WALL' FAZ HOJE 30 ANOS

PINK FLOYD


MANUEL MACHADO EM COMA INDUZIDO

> Uma "brincadeira" parva pode custar a vida a Manuel Machado, treinador do Nacional da Madeira. O técnico quis ficar mais elegante e para tirar a barriga, em vez de praticar exercício com os seus jogadores, foi pela calada de uma viagem ao Porto fazer uma lipoaspiração abdominal. Algo correu mal e o intestino terá sido furado. As milhares de bactérias horríveis que vivem no interior do intestino rapidamente envenenaram o organismo de Manuel Machado. Em dois dias estava com uma infecção generalizada. Agora, em coma induzido e com prognóstico médico reservado aguarda que a luta entre os medicamentos e o mal, possa sair vitoriosa para o lado dos fármacos.
Fonte do gabinete de comunicação do Serviço de Saúde da Madeira adiantou que o técnico da equipa madeirense "está ventilado, em coma induzido para estar mais confortável, e continua a ter um prognóstico reservado, mas está estável".
Acrescentou que Manuel Machado "tem feito pensos diários para limpeza de tecidos mortos no Bloco Operatório e está a ser seguido pela Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital Dr. Nélio Mendonça, estando em observação permanente".

UMA DAS MELHORES VAI FECHAR


> A aministração da LEAR, fábrica em Palmela, anunciou que encerra as portas em 2010.
"Foi com alguma estranheza que tomámos conhecimento que a empresa, em reunião efectuada sexta-feira com os trabalhadores, informou que se propõe encerrar a empresa no início do próximo ano", disse à Lusa Américo Flor, do Sindicato dos Metalúrgicos, convicto de que é possível encontrar uma solução para salvaguardar, senão todos, pelo menos a grande maioria dos postos de trabalho.
"Da nossa parte, entendemos que não há justificação nenhuma para encerrar, até porque a empresa tem trabalho. Admitimos que seja possível encontrar algumas soluções intermédias", acrescentou o sindicalista.
A multinacional de origem norte-americana instalou-se em Palmela em 1998 com o objectivo de produzir acessórios para automóveis, designadamente as capas dos bancos, tendo conseguido vários contratos de fornecimento para empresas como a Volkswagen, Citroen e Peugeot.
A fábrica da Lear Corporation em Palmela chegou a ter mais de 2.200 trabalhadores mas foi reduzindo esse número gradualmente e, actualmente, tem apenas 200 trabalhadores.

OS REIS MAGOS JÁ NASCERAM

SPOOOORTING!!!

E O AVIÃO CAIU...

A IRLANDA MERECE


> O presidente da FIFA, Joseph Blatter, anunciou hoje que a Irlanda pediu à entidade responsável pelo futebol mundial que a autorize a estar presente como 33.ª selecção no Mundial 2010, na África do Sul. Blatter esclareceu que a FIFA vai analisar quarta-feira numa reunião do Comité Executivo, em Joanesburgo, um pedido da Irlanda formulado nos seguintes termos: “Pode a Irlanda ser a 33.ª selecção no Campeonato do Mundo de 2010 na África do Sul?”.
O pedido irlandês surgiu na sequência da atitude do internacional francês Thierry Henry ao ajeitar deliberadamente a bola com a mão no recente França-Irlanda, do “play-off” para o mundial, originando o golo do empate e consequente apuramento dos franceses para o torneio na África do Sul.

GREENPEACE SUBIU À TORRE DE BELÉM



> Os activistas, dois portugueses, um italiano e seis espanhóis, escalaram a Torre de Belém às 6h45, tendo colocado três faixas que dizem (em português, espanhol e inglês) 'O Nosso clima, a Vossa decisão'. As autoridades conseguiram também que fossem retiradas as três faixas colocadas pelos elementos daquela organização.

Em declarações aos jornalistas, o director nacional da PSP, superintendente-chefe Francisco de Oliveira Pereira, disse que os activistas acataram as ordens da polícia e saíram pacificamente.

«A polícia entrou, pediu que estes saíssem, o que aconteceu sem problemas», referiu, adiantando que os activistas foram detidos e serão presentes a tribunal.

Com esta acção, a Greenpeace pretende que o tema das alterações climáticas seja discutido na Cimeira Ibero-Americana que está a decorrer em Lisboa desde domingo.

Em declarações à agência Lusa, o porta-voz da Greenpeace em Portugal, Luís Ferreirinho, disse que o objectivo da escalada é «enviar uma mensagem aos chefes de Estado que estão reunidos na Cimeira Ibero-Americana, para que estes recordem a urgência no combate às alterações climáticas».

O porta-voz da organização ecologista em Portugal adiantou ainda que os activistas escolheram a Torre de Belém por ser um «local emblemático da cidade de Lisboa e porque foi este o local escolhido para a assinalar a abertura da Cimeira Ibero-Americana». «Eles ontem, nós hoje», concluiu.

HÁ VENTOS EM TIMOR-LESTE

> A Martifer, a tal empresa amiga do governo de Sócrates, já foi encaminhada para Díli. Entretanto, já foi autorizada pelo governo timorense a construir um arranha-céus em pleno centro da capital e hoje a Lusa informa que a Martifer "avalia potencial em energias renováveis".
E nós a pensar que a Martifer estivesse a avaliar o potencial de certos ministros de Timor-Leste...

MARINHO E PINTO QUER ESTRANGULAR A ORDEM DOS ADVOGADOS

> O bastonário da Ordem dos Advogados já está novamente envolto em polémica. Marinho e Pinto é acusado de tentar estrangular a OA com um orçamento para 2010 que não lembra ao diabo. AQUI

NEGÓCIOS ANGOLANOS




>
Milhares de angolanos contestam e criticam o comportamento de Isabel dos Santos, filha do presidente de Angola, quanto aos negócios que lança por esse mundo fora, especialmente em Portugal. Esses angolanos entendem que os milhões gastos por Isabel dos Santos pertencem ao povo e a Angola e que resultam, em muitos casos, de negociatas pouco claros, nomeadamente, com a venda de diamantes. Mesmo assim, o diário 'Público' apresenta uma grande reportagem com a "grande investidora"...

GRANDE ALENTEJANO

> - Ontem à noite fiz amor com a minha mulher quatro vezes seguidas - disse o algarvio - e de manhã, ela fez um delicioso crepe e disse que me amava muito.

- Ah, ontem à noite fiz amor com a minha seis vezes - resposta do lisboeta - e de manhã, ela fez uma deliciosa omeleta e disse que eu era o homem da vida dela.

Como o alentejano ficou calado, o algarvio perguntou:
- Quantas vezes é que fizeste amor com a tua mulher ontem à noite?
- Uma - respondeu o alentejano.
- Só uma?! - exclamou o lisboeta.
- E de manhã, o que é que ela disse?
- Na pares!

FREITAS DO AMARAL CANDIDATO A BELÉM

> Num excelente trabalho de análise à entrevista que Freitas do Amaral concedeu ontem ao 'DN', o nosso colaborador professor doutor Carmindo Mascarenhas Bordalo interpreta as palavras do ex-líder do CDS como uma pré-candidatura a Presidente da República. Grande texto, já a seguir.

CARMINDICES


Carmindo Mascarenhas Bordalo*



O PRÉ-CANDIDATO

> Quando, a pouco mais de um ano de eleições presidenciais, um ex-candidato presidencial, ex-líder partidário e ex-Vice-Primeiro-Ministro, tece considerações sobre a actuação do Presidente da República em funções, chama a atenção para a sua quebra de popularidade e até arrazoa sobre formas de exercer o mandato presidencial, muito dificilmente não há uma vontade de se perfilar na corrida a Belém.
A entrevista de Freitas do Amaral ao Diário de Notícias de 29/11 é prudente mas faz pairar um cheirinho a pré-candidatura.
Respigo alguns excertos:
Considero que o Presidente, que eu apoio e acho que tem sido um bom governante, não foi feliz na maneira como reagiu - quer antes quer depois - a esse problema (sobre a polémica da vigilância ao Presidente).
Presidente sofreu uma quebra na popularidade maior do que é normal com o episódio. O que significa que a maioria da opinião pública achou que não andou bem.
O que posso desejar é que o Presidente da República, vendo que vários aspectos da vida colectiva portuguesa estão deteriorar-se muito e a entrar numa espécie de beco sem saída, deve dizer ao País e sem medo: "Estamos a enfrentar problemas muito difíceis e as minhas ideias - não tendo eu a responsabilidade de governar mas de alertar - são as seguintes…"
Considero que o Presidente da República, sempre que tem falado com base em textos jurídicos que manifestamente não podem ser só da sua mão, não tem sido bem aconselhado.
Por isso, proponho um conjunto de 15 medidas contra a corrupção que existe em Portugal.Destaca alguma entre as 15? A de o Presidente da República falar ao País .
Portanto, segundo Freitas, Cavaco agiu contra a maioria da opinião pública no caso da suposta vigilância de que os seus serviços teriam sido vítimas, não faz as mensagens e os apelos que deve (nomeadamente contra a corrupção) e, além disso, está juridicamente mal assessorado.
Ainda que com o estilo extremanente cordato que o caracteriza, Freitas fez uma crítica demolidora a Cavaco Silva.
Se Cavaco agiu mal no caso da vigilância é porque lançou suspeitas indevidas sobre pessoas do PS, o que é gravíssimo.
Se o Presidente se remeteu ao silêncio quando era preciso que falasse é porque é um Presidente inoperante, visto que não tem mais nenhum poder de actuação a não ser esse.
Se Cavaco não está bem assessorado em matérias de Direito (que constituem boa parte das suas competências), e não sendo ele próprio jurista, rapidamente se conclui que os seus poderes têm sido incompetentemente exercidos.
E nem a cobertura de adoçante do elogio, dizendo que apoia Cavaco e que o acha bom governante, disfarça a análise implacável: o apoio (que nem foi visível...) a Cavaco enquanto governante pouco sentido faz, pois ele já não tem essa qualidade há 14 anos...
Um político experiente e sagaz como Freitas do Amaral nunca se estenderia desta forma na análise à actuação do Presidente se com isso não pretendesse marcar uma posição: a de que é possível fazer melhor do que Cavaco.
Não fazendo trapalhadas como a da vigilância, que merecem o repúdio da opinião pública.
Emitindo mensagens ao País sobre temas prementes e apresentando propostas concretas.
Estando juridicamente bem assessorado.
Freitas já foi Ministro de Sócrates e é um político que ideologicamente tem largas áreas de coincidência com o PS actual. Tem um percurso profissional notável. É um intelectual respeitado e é conhecido dos portugueses.
Perante um Cavaco Silva desgastado face ao PS com o caso da alegada vigilância e que muitos no centro-direita vêem como um traidor pelo apoio que deu aos socialistas em momentos cruciais, é de colocar uma questão: não seria uma manobra de mestre da parte de Sócrates apresentar o católico social Freitas a Belém?
É que, com o apoio do PS, Freitas possivelmente conseguiria os votos do centro-esquerda e, dadas a sua moderação e a qualidade de independente vindo da velha ala democrata-cristã do CDS, poderia ir buscar votos a outras áreas.
Por tudo isto, parece-me que não é descabido pensar que a entrevista de Freitas pode ter sido o "pontapé de saída" para uma candidatura presidencial concertada com Sócrates.

*Professor Catedrático Jubilado, cronista residente

O SEXTO SENTIDO




Catarina Price*




UMA VIDA


Há uma imperceptível diferença entre sair de casa com o pequeno-almoço tomado e sem nada na barriga. É ténue a fronteira que separa a comodidade a que estamos habituados desta ideia peregrina que a mesma é garantida.


Não questionamos, nem perdemos dois segundos a pensar na sorte que temos.
Nem nunca por nunca achamos que algum dia estaremos do outro lado do muro.
Mas podemos ir lá parar.
Tão subtilmente quanto.


É fértil em iniciativas a época que se avizinha. Época de hipocrisia como gostam de apelidar aqueles que pouco fazem durante o ano inteiro e estarrecidos com a capacidade de ajuda de alguns que podem até menos que eles, num tão a propósito sentido desdém bem lusitano, amofinam, criticam, encontram mil e um defeitos e levantam centenas de suspeições em cima de quem age, de quem tenta fazer a diferença entre fazer muito pouco porque muito pouco se pode e não fazer rigorosamente nada.
É pena. Mas envolvida que estou ao longo do ano inteiro em pequenas iniciativas que primam por essa linha ténue, por essa ajuda imperceptível, por esse conforto que não tem preço, não se vende na farmácia nem tão-pouco aparece nas notícias, já estou vacinada contra a untuosa sonsice que vejo grassar em alguns nichos de gente de bem.

Há anos em conversa com um amigo muito amigo que já muito viu por esse mundo fora argumentava eu, estupidamente, o mesmo género de argumentos que ouvia papaguear à minha volta. Lembro-me do ar sereno e do meio sorriso triste com que me respondeu: se de tudo o que se fizer, de todo o dinheiro que se gastar, de todas as mercadorias, bens alimentares e outros que se enviarem conseguirmos salvar uma única vida, já tudo valeu a pena.

Lembro-me de ter ficado em silêncio. Uma única vida. Que a nós nos parece dado adquirido sem direito a devolução ou pagamento de renda.

É fértil em iniciativas a época que se aproxima.

Quem sabe não conseguiremos mais que uma vida este ano.


*Cronista residente

BOCAS NA RUA

Gestores

- Ó Alfredo, tá aí uma bronca, meu, dos tipos que são gestores de empresas públicas e que ganham oito vezes mais que o primeiro-ministro Sócrates!... Tá mal, não é, meu?

- Não, pá! Está certo... não te esqueças que os gestores têm cursos superiores...

CARTOON NO PAU

GNR SEM PREPARAÇÃO

> Em Montemor-o-Velho um indivíduo matou a mulher e um militar da GNR. A falta de preparação dos militares que prenderam o alegado homicida levou a que um deles perdesse a vida. Por quê? Porque no momento em que o indivíduo disparou com uma caçadeira contra a mulher e o prenderam, acto contínuo não o revistaram de alto a baixo. Levaram-no para o posto e no interior da esquadra o indivíduo que ainda se encontrava na posse de um revólver disparou contra os militares mantando um e ferindo outro.

CRISE

> Na cerimónia de abertura da cimeira ibero-americana o discurso de José Sócrates bateu na tecla da crise. Mas qual crise? Aquela em que se gastam milhões de euros para receber um grupo de pândegos que ninguém conhece e a quem ninguém está interessado em fazer mal? Exceptuando o rei Juan Carlos de Espanha, devido à ETA, a fortuna gasta com a segurança foi um exagero. Corvetas da Marinha e caças F-16 da Força Aérea foi um exemplo do despropósito. Nem o odiado Hugo Chávez cá veio...

O ABSURDO DA RTP

> Ontem, cerca da meia-noite, a RTP apresentava um programa que incluia várias famílias, incluindo crianças, e cuja intenção seria mobilizar as audiências junto das famílias por esse país fora. Mas como? Aquela hora, toda a gente já está na cama porque no dia seguinte é dia de trabalho. Haja alguém que informe a RTP que a maioria dos portugueses levanta-se entre as cinco e as seis da manhã...

domingo, novembro 29, 2009

FREIRA


> A actriz Eva Mendes deu uma entrevista à revista alemã 'TV Movie', na qual afirma não se considerar uma mulher sexy: "Não sou nada sexy". Apesar do êxito que tem entre o público masculino, a actriz de origem cubana responde assim quando lhe pedem a opinião sobre o seu prório físico.
Durante a entrevista, Eva Mendes afirma ainda que é preciso lutar contra estereótipos para se conseguir um bom papel e que gostaria de interpretar personagens a que não está habituada. "Gostava de fazer de freira", admite.

Levo-lhe já o hábito...

TRIBUNAL DE CONTAS REPROVA MAIS UMA AUTO-ESTRADA

> O Tribunal de Contas recusou a atribuição de visto prévio ao contracto de concessão rodoviária do Litoral Oeste, adjudicada pelo governo ao consórcio da Brisa em Fevereiro passado. A informação é avançada pela TSF e Diário Económico.
Em Fevereiro de 2009, a Brisa ganhou a concessão, deixando para trás o consórcio liderado pela Mota-Engil. O governo tinha ainda anunciado que este projecto “representa um investimento de 260 milhões de euros”
Este é o quinto “chumbo” do Tribunal de Contas, que na quinta-feira recusou o visto à concessão do Algarve Litoral a um consórcio liderado pela Edifer.

MANUEL MACHADO CONTINUA MAL

> «O professor Manuel Machado continua internado nos cuidados intensivos e o seu prognóstico é reservado», declarou à Agência Lusa o director clínico do Serviço de Saúde da Madeira, Miguel Ferreira.
Aquele responsável clínico referiu que «nestes casos a evolução pode levar algum tempo», pelo que o treinador do Nacional vai continuar internado e em observação permanente, podendo ficar afastado da actividade profissional durante algumas semanas.

IBÉRIA

> A Ibéria já existe. Lisboa é a capital dos iberos... e americanos.

VIRAR DE PÁGINA

Blogues O Andarilho

KITTY NÃO GOSTA DE MULTAS



OS TIRANOS TAMBÉM MORREM

A fábula do leão velho
E do burro é ilusória:
Tresanda a falso conselho,
Para enganar a memória.

Do leão e mil onagros
Só a força é probatória:
Lutem os gordos e os magros,
Ver-se-á o fim da história.

Ó magros de cabedal,
Ó cada um meu amigo,
Haverá qualquer moral
Quando andais em tanto perigo
E em combate desigual,
Que eu seja vosso inimigo?

Estes leões são a escória,
Ó meus ingénuos onagros:
Só eles fazem a história,
Enquanto morreis de magros.

Guardemos, porém, a esperança:
Também morrem os tiranos.
Afiemos bem a lança,
Que atrás de anos, vêm anos...


António Dias Miguel

FACE OCULTA É QUE ESTÁ A DAR

CHAMEM-LHE NOMES


> José Mourinho vai a caminho do seu segundo título consecutivo de campeão de Itália. Hoje, o Inter de Milão derrotou (1-0) a Fiorentina e o adversário directo Juventus perdeu. O avanço no primeiro lugar já atinge oito pontos. Mourinho continua a mostrar que é realmente special...

CANAVILHAS CONTENTINHA

> A ministra da Cultura parece que nunca falou com actores e produtores de teatro, actores, realizadores e produtores de cinema, directores de orquestras, cantores e tantos agentes de cultura. As migalhas orçamentadas por todos os governos não chegam para nada. Até os alunos do Conservatório têm de pagar os instrumentos do seu bolso. Pois, a pianista Canavilhas veio dizer que «Não tenho nenhuma dúvida que vai haver para a Cultura uma atenção especial do senhor primeiro-ministro e do senhor ministro das Finanças, tendo em conta o pressuposto de que, cada vez mais, é um eixo de desenvolvimento nacional», afirmou hoje Gabriela Canavilhas.

Sonhar é fácil...

O POSTAL DA SEMANA

> Eu adio, tu adias, ele adia
por Teresa Ribeiro | 28.11.09 | 5 denúncia(s)

... nós adiamos casamentos, divórcios, filhos, férias, exames médicos, idas ao cabeleireiro, compras de sapatos, de livros, de apartamentos, de carros, passeios, mestrados, idas ao ginásio, obras na casa.

Enquanto eles adiam mais uma subida inevitável dos impostos.

In Delito de Opinião

NÃO É MALUCA, É PIANISTA

NÃO É MALUCO, É TATUADO

NÃO SÃO MALUCOS, SÃO RECRUTAS

CALADO

> O general na reserva Vasco Rocha Vieira, último governador de Macau, numa entrevista despropositada à Lusa, tinha afirmado que "alguns responsáveis portugueses não estiveram à altura da grandeza daquele momento histórico (passagem de administração de Macau para a China)".
Ontem, pediram a Jorge Sampaio, ex-Presidente da República à data, que se pronunciasse sobre as declarações de Rocha Vieira, ao que se limitou a responder que "Não abro esse livro agora", solicitando aos jornalistas que leiam a sua biografia que será publicada em breve.

Diremos a Jorge Sampaio que não abra o livro agora e nunca. Devia ficar calado, porque tudo foi muito triste e lamentável.

SERÁ QUE NOS LÊ?

> A eurodeputada socialista Ana Gomes utilizou uma das frases mais usadas pelo JORNAL DO PAU. "Não atirem mais areia para os olhos dos portugueses", afirmou Ana Gomes a propósito das medidas que a Assembleia da República devia aprovar contra a corrupção. Neste particular, a eurodeputada acrescentou que a posição do seu PS tem sido "uma desculpa de mau pagador".

CAVACO MAL ACONSELHADO

> O professor Freitas do Amaral concedeu uma entrevista ao 'DN'. Alguns dos temas abordados são polémicos. Outros, patenteiam o natural narcisismo do professor. Ainda outros, demonstram que o constitucionalista é uma das figuras políticas que ficará na História de Portugal como um dos homens mais inteligentes e sábios do Direito, da Diplomacia e da política partidária.
Aqui deixamos algumas das suas afirmações:

"Quando disse não acreditar no CDS, tinha 16% e 40 deputados"

"Cavaco Silva anda mal aconselhado"

"Presidente do Supremo e procurador não cumprem o artigo 48º da Constituição"

"Amanhã, as mais altas instâncias da justiça podem ser acusadas por alguém de estar a meter a verdade na gaveta"

"É imposível gerir correctamente serviços públicos com a importância dos tribunais, do Ministério Público e da Polícia Judiciária com o adiamento indefinido e indefinível de prazos"

"Neste momento, o problema já é muito mais amplo do que a questão da violação do segredo de justiça. É a falta de credibilidade e a falta de respeito pelas instituições"

"Em Janeiro e Fevereiro, a propósito do caso Freeport achei isso [homicídio de carácter] sobre o primeiro-ministro. Hoje [com o caso 'Face Oculta'], acho que já não é bem a mesma coisa"

"[CDS como alternativa ao PSD] Só se o PSD se partir em dois ou em três e vamos supor que a ala mais democrata-cristã se junta ao CDS, porventura num partido novo. Aí poderia eventualmente ser maior"

JOGADORES DO SPORTING COM PROCESSOS DISCIPLINARES

> Aguarda-se a todo o momento que a direcção do Sporting emita um comunicado sobre quantos jogadores da equipa de futebol vão ser alvo de processos disciplinares. Processos?

A lógica manda que jogadores profissionais que não corriam atrás da bola, não se desmarcavam, não metiam o pé, não jogavam de forma a cumprir as directrizes do treinador Paulo Bento, que sejam alvo de inquérito quando passadas duas semanas de terem "enterrado" o treinador, já correm, já se desmarcam, já jogam, já lutam, já não apresentam queixas de lesões e já mostram uma atitude profissional... Hum!

Com tipos destes só à paulada...

PS - Estes mesmos jogadores do Sporting, que correm o risco de na próxima época disputarem a Liga Vitalis, conseguiram ontem empatar com o Benfica (0-0).

PADRES CASADOS

> Há em Portugal 400 padres católicos que abandonaram o sacerdócio e casaram.

Alguns quando ficam viúvos querem voltar para padre...

CORRUPÇÃO DE MENEZES

> Luís Filipe Menezes apresenta hoje no 'DN' oito medidas contra a corrupção.

Serão para aplicar na Câmara de Vila Nova de Gaia?

sábado, novembro 28, 2009

MANUEL MACHADO ALVO DE NEGLIGÊNCIA MÉDICA?

Treinador do Nacional Encontra-se nos cuidados intensivos

> O treinador de futebol do Nacional, Manuel Machado, está internado nos cuidados intensivos do Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, depois de ter sido sujeito a uma intervenção cirúrgica. Fonte hospitalar contactada pela Agência Lusa revelou que o técnico "está internado nos cuidados intensivos" e que o seu quadro clínico "requer alguns cuidados", embora tenha melhorado nas últimas horas.
Manuel Machado foi operado a uma hérnia na zona abdominal no ínicio da semana, numa unidade hospitalar do continente, tendo obtido alta e regressado ao Funchal na passada quarta-feira.
Devido aos sintomas de febre que acusou, o treinador não orientou os trabalhos da equipa e sexta-feira foi hospitalizado, tendo sido diagnosticada uma infecção na zona intervencionada.
A equipa médica que acompanha o técnico optou por realizar, no próprio dia, uma nova cirurgia, com o intuito de debelar o problema da infecção.
Depois da operação, Manuel Machado ficou internado nos cuidados intensivos do Hospital Dr. Nélio Mendonça, onde está em observação permanente.
Face a este problema de saúde, o treinador da formação insular não acompanha, quinta-feira, a sua equipa na deslocação a Bremen, Alemanha, jogo relativo à quinta jornada do Grupo L da Liga Europa, bem como o encontro de domingo frente à Naval 1.º de Maio, no Funchal.

BOCAS NA RUA

Falência

- É pa, dizem que o país está quase na falência...

- É mentira!

- Como é que tens tanta certeza do contrário?

- Porque a EDP investiu quatro mil milhões de euros nos Estados Unidos da América...

JORNALISTA

> Leio no 'Expresso' que Martim Silva é seu jornalista e até assina uma secção de alguns assuntos políticos. Contudo, admiro-me com um texto seu que mais se assemelha a algo redigido numa qualquer agência de comunicação e de promoção de imagem de José Pedro Aguiar-Branco, líder parlamentar do PSD.
Leiam bem e depois digam de vossa justiça se isto é um texto de jornalista "independente" de um jornal "independente":

Com os barões entretidos em manobras de bastidores e Passos Coelho a fazer o trabalho de sapa de arregimentar tropas para a sua candidatura, José Pedro Aguiar-Branco assume-se como um nome a reter. Não tem grande carisma nem rasgo político, dificilmente arrebatará um congresso, mas aparece cada dia que passa como um político em condições de poder pegar no partido e dar-lhe um rumo de oposição sem cair em populismos radicais. O poder tem horror ao vazio e neste caso Aguiar-Branco está a preencher o buraco negro em que se tornou o PSD.

Nem a LPM ou a ConsultInterest fariam melhor...

AUTO-ESTRADAS

> Afinal, são necessárias mais auto-estradas em Portugal. Manuel Alegre vai por-se a caminho por todo o país, a fim de reencontrar apoiantes...

O QUE ELES DIZEM

> "(...) De facto, nestes trinta dias de 'governação à Penélope' (não a do Javier Bardem mas a do Ulisses), parece que ainda ninguém se deu conta dos avisos que chegam de todo o lado de que o país caminha para a bancarrota."

Miguel Sousa Tavares, hoje, in 'Expresso'

HOMENAGEM A MELO ANTUNES

> Há factos na nossa vida política absolutamente incompreensíveis. Melo Antunes foi um estratega do 25 de Abril. Ponto. Abstraindo tudo o resto que valorizou uma carreira exemplar de homem político, bastará equacionarmos a liberdade que nos foi proporcionada para criarmos um regime democrático, para não compreender como é que o cidadão Aníbal Cavaco Silva - que se diz democrático e defensor da liberdade - na sua qualidade de Presidente da República renuncia a presidir a um colóquio que assinalou o 10ª aniversário da morte de Melo Antunes. Estiveram presentes Mário Soares, Ramalho Eanes e Jorge Sampaio.
Jorge Sampaio chegou mesmo a tecer considerações muito louváveis sobre a injustiça de as autoridades portuguesas e o próprio Partido Socialista, ao qual Melo Antunes acabou por aderir, nunca terem valorizado a sua acção em prol do país.
A pergunta que muita gente faz é se Cavaco Silva anda por cá com espírito de verdadeiro defensor das conquistas democráticas que se conseguiram ao longos das últimas décadas.

Comentário oportuno de Carmindo Mascarenhas Bordalo:

De facto, Cavaco Silva bem poderia ter-se associado à homenagem a Melo Antunes.
Apesar de divergências que se possam ter com as suas ideias (o que é normal e inevitável quando existe interacção de seres pensantes), Melo Antunes foi alguém que, na hora certa, defendeu a democracia contra o totalitarismo, a liberdade contra a opressão de inspiração soviétiva e o pluralismo contra a avalanche cunhalista.
O "Plano Melo Antunes" que foi metido na gaveta com o 11 de Março era marcado por um claro intervencionismo estatal na vida económico-negocial (e que era nocivo) mas jamais teria tido as consequências desastrosas do programa de nacionalizações em massa que foi posto em prática pelo gonçalvismo. Os sectores económicos estratégicos teriam sido minimamente preservados e o sector privado não teria sido abalado da forma que foi.
Se o caminho proposto por Melo Antunes tivesse sido seguido, nunca se teria sofrido o retrocesso no crescimento e desenvolvimento económico-social que Portugal sofreu no pós-25 de Abril.
A acção política de Ernesto Melo Antunes, nomeadamente no "Grupo dos Nove", consubstanciou-se sempre numa opção pela democracia e pela luta contra a revolução comunista. Se não fossem esses militares moderados (onde também se incluem Vítor Alves, Vítor Crespo e Ramalho Eanes) duvido que as forças políticas democráticas se conseguissem impor.
Acresce que o bom senso de Melo Antunes, após a derrota da extrema-esquerda no 25 de Novembro, permitiu que se vivesse em paz social, ao recusar-se a ilegalização do PCP - defendida, por exemplo, por Pinheiro de Azevedo.
Uma medida dessas, para mais tendo o PCP saído a tempo do golpe, seria o pretexto que muitos desesperados e terroristas profissionais queriam para lançar o País no caos. Melo Antunes, inteligentemente, não lhes deu essa oportunidade, amarrando os comunistas à legalidade democrática, dando-lhes uma saída airosa e evitando derramamento de sangue. Na verdade, apesar das suas posições anacrónicas e de defesa de monstruosidades totalitárias, o PCP nunca mais se meteu em golpadas e tem jogado, ainda que a contragosto, segundo as regras da democracia parlamentar.
Homenagear Melo Antunes não é homenagear o terceiro-mundismo e o socialismo que ele defendeu (e que são questionáveis). É, sim, ter a lucidez de reconhecer o mérito de quem se bateu por valores de que qualquer pessoa bem formada comunga: a Liberdade, a Democracia e os Direitos Humanos.

FACE NÃO OCULTA

> 1. Armando Vara saiu em liberdade após o interrogatório junto das autoridades de investigação do caso 'Face Oculta'. Vara é um dos arguidos e à saída disse aos jornalistas que do sucateiro Manuel Godinho apenas recebeu uma caixa de robalos e um equipamento da equipa de futebol do Esmoriz.

2. Manuela Moura Guedes viu rejeitado o seu pedido ao procurador-geral da República para se constituir como assistente no caso das escutas a Armando Vara falando com José Sócrates. Moura Guedes publica hoje no 'Expresso' uma carta aberta ao procurador Pinto Monteiro.

3. Manuel Godinho continua a ser a única pessoa que foi escutada em conversas privadas no 'Face Oculta' e que está preso.

VEM AÍ A ESPANHA

> "Portugal está à beira da irrelevância, talvez do desaparecimento"

António Barreto, sociólogo, hoje no 'i'

sexta-feira, novembro 27, 2009

GRAVE ACIDENTE ATINGE MÁRIO MENDES


> O secretário-geral do Sistema de Segurança Interna, Mário Mendes e o seu adjunto Paulo Lucas são dois dos envolvidos no aparatoso acidente que se registou na Avenida da Liberdade, no cruzamento com a Rua das Pretas, Lisboa, num choque com o carro do presidente da Assembleia da República mas que não transportava Jaime Gama. Segundo as nossos fontes, um dos carros seguia a uma velocidade superior a 100 km/h e os feridos encontram-se no Hospital de São José, onde Mário Mendes está a ser intervencionado devido a vários traumatismos. O trânsito no centro de Lisboa ficou num estado caótico prejudicando milhares de pessoas que nada tinham a ver com o acidente.

Há carros do Estado a mais.

CARMINDICES


Carmindo Mascarenhas Bordalo*



O DESPLANTE


Rui Patrício, o membro do Conselho Superior da Magistratura (CSM) que patrocina o arguido José Penedos no processo Face Oculta, perante as acertadas críticas que têm sido feitas ao facto de continuar no CSM (provenientes da Associação Sindical dos Juízes e até, ainda que indirectamente, de destacados juristas como Figueiredo Dias), veio responder que, afinal, procede muito bem.
Claro que procede. Mas é para o seu bolso.
Quem viu Rui Patrício a sair do DIAP de Aveiro, com uma expressão desfigurada de rancor pela actuação judicial e proferindo as mais graves observações contra esta, não tem qualquer dúvida sobre as suas intenções ao manter-se no lugar para que foi nomeado e de o acumular com a defesa de Penedos.
Rui Patrício é a prova viva de que as regras de quem gere a carreiras dos juízes têm de ser radicalmente modificadas. A bem do Estado de Direito e da independência judicial.
Patrício acaba por dizer que apenas se lembraram agora de que as regras eram más e que é tudo contra ele.
Bem, mais vale tarde do que nunca. E Patrício deveria reconhecê-lo. Devia reconhecer que a sua posição é insustentável.
No meio de tudo isto, só vejo uma solução. E ela está nas mãos da Ordem dos Advogados.
A Ordem dos Advogados Portugueses deveria suspender Rui Patrício das funções de advogado, pois toda a sua actuação põe em causa o brio e o prestígio da advocacia.
Um advogado a sério não joga dos dois lados da mesa. Defende o cliente ou, se eticamente não o pode fazer, prescinde de patrocinar o cliente.
Rui Patrício discute publicamente uma causa judicial, como fez à porta da DIAP de Aveiro, num espectáculo degradante e proibido pelo Estatuto da Ordem dos Advogados. Viola o dever geral de compostura e o comportamento público exemplar que qualquer advogado deve manter, ao persistir em manter-se no CSM. Vejam-se os arts. 83º e 88º do Estatuto da Ordem dos Advogados.
Se Marinho Pinto é aquele combatente impoluto pela rectidão que quer fazer crer que é, deverá fazer o que está ao seu alcance para impedir que Rui Patrício continue a destruir a credibilidade da Justiça Portuguesa em geral e da advocacia e do CSM em particular. Só assim poderá provar que não é o advogado público dos socialistas metidos em sarilhos com os tribunais.
Patrício diz que a ética não se proclama mas pratica-se. Ele não faz nem uma coisa nem outra: proclama a falta de vergonha que o caracteriza e pratica a impudência.


*Professor Catedrático Jubilado, cronista residente

BOA PONTE


> Muitos portugueses vão aproveitar para descansar durante quatro dias. Mas não se esqueçam que o ripanço se fica a dever ao feriado do próximo dia 1 de Dezembro, dia da Independência de Portugal.

MENEZES INSISTE NA REGIONALIZAÇÃO

> Luís Filipe Menezes afirmou que só apoiará um candidato à liderança do PSD que defenda a regionalização. «Só me envolverei e darei o sinal a favor de um qualquer candidato que defenda a regionalização», afirmou o autarca de Gaia aos jornalistas, à margem de uma declaração à imprensa sobre a eventual transferência do Red Bull Air Race do Porto para Lisboa.
Para Menezes, a regionalização permitirá que o país «deixe de andar a duas velocidades». O autarca de Gaia propõe «menor peso do Estado, menor centralismo e menor burocracia como formas de resolução das divergências existentes nas diferentes regiões do país».


PAGA E NÃO BUFA

> O Governo já não sabe onde ir sacar dinheiro. Já vale tudo. E o que foi prometido ao povo sobre as SCUT's já era. O ministro das Obras Públicas, António Mendonça, disse hoje que a introdução de portagens nas auto-estradas sem custos para o utilizador (SCUT) vai avançar e revelou que o calendário será “brevemente concretizado”.
“As coisas estão definidas e programadas. A introdução de portagens é fundamental para que os projectos possam continuar”, disse o governante à margem de uma conferência sobre Habitação em Angola.

GRANDE CONCERTO


> Esta noite, no Teatro S. Luiz, em Lisboa, Helder Moutinho, um dos melhores fadistas da actualidade, sobe ao palco para um grande concerto. Moutinho apresenta ao público o seu último trabalho ' Que Fado É Este que Trago?'. Com início às 21.00 horas. Boa música.

QUADRATURA DO EU

> Ontem, vi na SIC Notícias o programa moderado por Carlos Andrade a que chamam 'Quadratura do Círculo'. Vários temas deviam ter sido debatidos pelos ilustres António Costa, José Pacheco Pereira, António Lobo Xavier e o convidado Marinho e Pinto, bastonário da Ordem dos Advogados.
A meio do programa mudei de canal porque só se ouvia o Pacheco Pereira a debitar as mais frenéticas teses do populismo e da demagogia. O progrma já mudou de nome, passando a chamar-se 'Quadratura do Eu"...

BOCAS NA RUA

Paulo Bento

- Ó Isidoro, já sabes que o Paulo Bento também foi apanhado nas malhas do 'Face Oculta'?

- Não me digas, pá! E como foi isso?

- Por só andar a levar sucata para o Sporting...

GRAVAÇÃO DE CONVERSAS DE JORNALISTAS NO MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO

> Uns quantos jornalistas em serviço no Ministério da Educação puseram-se na conversa na sala destinada a conferências de imprensa. Falaram de tudo o que lhes apeteceu: actualidade, 'Face Oculta', escutas, políticos, etc. A dada altura, um funcionário do Ministério foi colocar no palanque um gravador e ligou-o, à semelhança do que sempre se fez quando está prestes a entrar na sala o governante que vai usar da palavra.
Os jornalistas toparam o gravador ligado e logo fizeram chicana. Aqui d'el-rei que estamos a ser gravados. E trocaram-se de razões com o funcionário ministerial.
E quem é que manda aos jornalistas terem conversas "sérias" e "confidenciais" no interior de uma casa do Governo?...

HÁ 10 ANOS

> Afinal, tanta conversa, tanto processo, tanta comissão parlamentar, tantos arguidos, tantos reguladores e agora sabe-se que o Banco de Portugal já sabia desde 2000 das broncas no BPN e apêndices. O Banco de Portugal sabia da existência de excessiva concentração de risco de crédito na Sociedade Lusa de Negócios em 2000. Mandou corrigir as falhas, mas não confirmou os resultados. Boa!

PAULA COM PEDRO

> A antiga 'vice' de Marques Mendes e apoiante de Manuela Ferreira leite nas últimas directas no PSD vai liderar o grupo que irá preparar o programa com que Pedro Passos Coelho se irá apresentar nas eleições directas. Paula Teixeira da Cruz tem 'carta branca' para convidar colaboradores em nome da abrangência.
Pedro Passos Coelho convidou Paula Teixeira da Cruz para coordenar o grupo de reflexão que vai elaborar o projecto do novo programa do partido e eleitoral. Um programa com que o ex-adversário de Manuela Ferreira Leite se vai apresentar às próximas eleições directas no PSD.

SALÁRIO

> Administração da REN discute salário de José Penedos.

100 mil euros?
50 mil?
30 mil?
20 mil?

- Não! O mesmo que ele paga à empregada doméstica...

VIRAR DE PÁGINA

Blogues Devaneios a Oriente

quinta-feira, novembro 26, 2009

A ESQUERDA À BATATADA VERBAL

> Considerando que o Partido Socialista é uma associação política de esquerda (algo difícil de vislumbrar) temos no Parlamento a esquerda à batatada verbal. A "espionagem política" que o PS defende sobre o caso 'Face Oculta' deu hoje que falar... AQUI

ORGULHO

> Que grande orgulho que hoje senti em ter como colaborador do JORNAL DO PAU o professor doutor Carmindo Mascarenhas Bordalo. O nosso cronista abordou um assunto pertinente: a incompreensível composição do Conselho Superior da Magistratura, onde alguns dos membros não são juízes, com a agravante de se ter assistido a um dos membros do CSM, advogado, a defender um arguido do caso 'Face Oculta'.
Acontece que precisamente esta tarde a Associação Sindical dos Juízes considerou “inaceitável” que um vogal do CSM que poderá vir a intervir na classificação e disciplina dos juízes com intervenção no processo, “não tenha suspendido funções naquele órgão a partir do momento em que passou a ser mandatário de um dos arguidos”. Trata-se de Rui Patrício, advogado de José Penedos, ex-presidente da REN.
Este assunto mereceu o destaque de abertura do 'Jornal das Sete' da Antena 1.

O professor Carmindo estava cheio de razão. Parabéns, meu caro.

100 SEGUIDORES

> 100 amigos já cá cantam. Ter 100 seguidores é obra. A última vez que salientei o número de seguidores foi no passado 5 de Agosto e saudava os 70 leitores que já tinham preferido o PPTAO.
Hoje realço este número bonito de uma centena de amigos, registando a entrada de Nuno Miguel, Manuel Marques, Maíra Flores, Tiago Rodrigues, João, Renato Pereiralex, O Pinoka, Tiago Alves, Zeninumi, Eduardo Castro Serra, J. Coimbra, David Campos Correia, Drengo, Yat Go Yán, Luís Novaes Tito, Fernando Oliveira, Donatien Alphonse François, Rick Marques, Cibele Camargo, Raquel Crusoé, PQG, Henrique, Lumife, Isabel Magalhães, Rosa Figueiredo, Ana Lima, Sylvia e JM Cunha Santos.
Quero ainda fazer uma ressalva, porque tinha aqui escrito que alguns seguidores eram anónimos. Errado. Apenas não disponibilizam a sua foto, mas são eles os amigos Sérgio de Almeida Correia, AA, Portaria 59, Tiago Carneiro, Fábrica, António Veríssimo, Isse Isse, Paulo Peres, Sílvia Marques, José Ferreira, Fernando José, Gena e Caad 81. A todos um grande abraço.

VIRAR DE PÁGINA

Blogues O cacifo do paulinho

SPORTING JÁ GANHOU

> Pedro Proença é o árbitro nomeado para o derby Sporting-Benfica. O grande amigo de Vítor Pereira [como já não está lá o Paulo Bento] certamente que não prejudicará em nada o Sporting.

À ATENÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA

> Em Berlim, todas as noites ardem automóveis. Este ano, já foram 267, escreve o "Frankfurter Rundschau", citado pelo site Presseurop.eu . Enquanto a imprensa sensacionalista brada contra os "horríveis anarquistas do fogo", que "aterrorizam" os donos de Mercedes, de BMW ou de Porsche, que são incendiados nos bairros que estão a ser recuperados, como Friedrichshain, Kreuzberg, Berlin-Mitte e Pankow, a polícia continua sem encontrar uma estratégia contra os incendiários. Segundo as informações gerais disponíveis, estes seriam oriundos dos meios da esquerda apartidária e, explica o jornal, atacariam os sinais exteriores de riqueza dos novos moradores, responsáveis pela expulsão de artistas e estudantes, que dantes viviam nestes bairros populares, agora na moda.

URGENTE


> Armindo Ferreira dos Santos lança um apelo a todos nós. A sua priminha Ana Patrícia Ribeiro Fernandes, de 4 anos, está internada no IPO do Porto e precisa urgentemente de encontrar um doador de medula.
Para quantos residam na área de Lisboa é importante que se desloquem ao Hospital Pulido Valente, a fim de dar sangue para tipagem de doador. De segunda a quinta-feira, das 8.00 às 16.00 horas e à sexta-feira das 8.00 às 15.00 horas. Obrigado pela vossa solidariedade.

PEDRO PINTO DEVIA DEDICAR-SE À PESCA

> O que vão ver é o cúmulo do hilariante. Inacreditável. Como o jornalista português da CNN, Pedro Pinto, se devia dedicar à pesca em vez de tentar falar espanhol. Preparem-se para rir, rir muito, rir muitíssimo... porque a palhaçada é grande!


VITAL MOREIRA PÕE A FUNCIONAR BLOCO CENTRAL

Tribunal Constitucional PSD e PS de acordo na nomeação de conselheiro

> O PSD e o PS entenderam-se às mil maravilhas sob a batuta do socialista Vital Moreira na nomeação de Catarina Rola Sarmento e Castro para Conselheira do Tribunal Constitucional, apurou o JORNAL DO PAU.
Catarina Castro é assistente na Faculdade de Direito de Coimbra e é filha de Osvaldo de Castro (deputado socialista presidente da Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais) e pessoa da "entourage" académica de Vital Moreira.
Este (mau) exemplo de nomeações alegadamente derivadas do compadrio político já se tinha verificado com o Conselheiro Sousa Ribeiro, nomeado em 2007 por indicação de Vital Moreira ao PS (possivelmente como contrapartida pelo facto de Ribeiro sempre ter defendido Vital nas suas faltas ao trabalho académico).

ALEGRIA NA TROPA

RISCAR O CÉU

IMPOSTOS VÃO AUMENTAR NESTA LEGISLATURA

> José Sócrates afirmou esta semana que não aumentaria os impostos “ no próximo Orçamento nem nos próximos tempos”, sem especificar esses tempos. No entanto, vários deputados do PS assumem que em 2011 pode ser necessário subir os impostos, avança o 'Diário Económico'.
O deputado socialista Vítor Baptista diz àquele jornal que em 2011 “tudo é possível e pode ser necessário um quadro de aumento de impostos”. Recorde-se que 2011 é a data definida pela União Europeia para começar a consolidação orçamental. Até 2013, Bruxelas quer o défice abaixo de 3%.
Afonso Candal, da bancada parlamentar do PS, não é tão claro. O deputado diz ao 'Diário Económico' que “há resultados moderadamente positivos que permitem alimentar expectativas razoáveis de que a evolução da actividade económica tenha um impulso”.

SÓCRATES NA LAVAGEM DE DINHEIRO DE ANGOLA?

> Portugal e o primeiro-ministro José Sócrates foram ontem protagonistas involuntários da política angolana. Depois de ter anunciado, na terça-feira, a apresentação de uma moção de censura ao governo liderado pelo MPLA - invocando o "mau desempenho" do executivo -, Isaías Samakuva, o presidente do maior partido da oposição, a UNITA, pormenorizou ontem algumas das razões que motivaram a iniciativa: Portugal "tornou-se um destino seguro de fortunas desviadas do erário público angolano", incluindo transferências "para comprar empresas falidas", com o objectivo de "branquear dinheiro roubado ao povo de Angola".

As declarações foram feitas em conferências pelo líder da UNITA, que não se coibiu de envolver o primeiro-ministro português nas suas suspeitas: denunciou a alegada existência de pressões sobre José Sócrates para "libertar milhões de dólares de dinheiro público angolano em contas de bancos portugueses para determinadas contas privadas de mandatários do regime angolano". E lamentou o "silêncio conivente" do governo de Angola sobre o assunto.

FOI DEMAIS

> O ex-presidente do BPN, Oliveira Costa, obteve pelo menos 19,8 milhões de euros de benefícios directos por operações irregulares em sociedades do grupo Sociedade Lusa de Negócios (SLN). O montante resulta da soma de vários depósitos em contas pessoais e "montantes sacados" do Banco Insular, descritos na acusação ao ex-banqueiro e restantes 23 arguidos (um dos quais uma empresa), cuja notificação o Ministério Público concluiu ontem.

MOTA-ENGIL NÃO BRINCA EM SERVIÇO

> O presidente da Mota-Engil, Antonio Mota, empresa de construção que ganhou há um ano a concessão da auto-estrada do Douro Interior, avisou ontem na SIC Notícias que as obras em curso poderão parar dentro de um mês. E um pedido de indmenização ao Estado também está a ser ponderado.
"O que é preocupante, não só para os construtores mas para o país, é que este visto venha um ano depois do contrato ter sido adjudicado. Nós já investimos naquela concessão 100 milhões de euros. Face a esta recusa, quando este montante acabar, acabam-se as obras", afirmou o presidente da empresa, no programa 'Negócios da Semana', da SIC Notícias. Instado a clarificar quanto tempo mais poderá durar esse investimento, António Mota respondeu: "Dá para um mês. não dá para mais do que isso". Actualmente estão no terreno 950 postos de trabalho. E no próximo ano seriam necessários mais 1500 trabalhadores. E, no caso do chumbo se mantiver, o pedido de indemnização ao Estado é inevitável.
O presidente da Mota-Engil resguardou-se, alegando não ser jurista, mas não se resistiu em considerar que no caso dos contratos de subconcessão, como aquele que assinou a Mota-Engil no caso da Douro Interior, o Tribunal de Contas não tem de fazer fiscalização prévia.
"Estes modelos de PPP [parceria pública-privada] tem a ver com o modelo de financiamento do sector rodoviário, e com a gestão que foi entregue à Estradas de Portugal. Na altura foi tudo aprovado, em Assembleia da República, e definido que os contratos seriam feitos assim. Vir um ano depois, e dizer que é preciso andar tudo para trás... não faz grande sentido", afirmou.

GRANDE ENTREVISTA

> O professor Figueiredo Dias é indiscutivelmente o melhor especialista em Direito. Concedeu uma importante entrevista ao 'Público', a qual já tinha sido referenciada pelo nosso colaborador Carmindo Mascarenhas Bordalo. Para os interessados AQUI

quarta-feira, novembro 25, 2009

GRANDE VERGONHA

> A crónica que o professor doutor Carmindo Mascarenhas Bordalo nos enviou hoje abordou um tema muito pertinente: a constituição absurda do Conselho Superior da Magistratura.
Há pouco, o nosso cronista enviou um post-scriptum que deve envergonhar todos os agentes da Justiça.
Nem de propósito, no noticiário da SIC viu-se o advogado Rui Patrício na qualidade de defensor do arguido José Penedos no caso 'Face Oculta'. Acontece que o advogado Rui Patrício é membro do Conselho Superior da Magistratura...

Num país onde já parece valer tudo, que juiz poderá decidir tranquilamente num processo se quem o pode punir disciplinarmente é simultaneamente o advogado do arguido?

BOCAS NA RUA

Santana

- É pá, o Santana Lopes desiludiu-me.... Vê lá tu, que o tipo faltou à primeira sessão pública da Câmara...

- Mas ele anda por aí...

SÓ O SUCATAS

> O Zé Povinho não consegue compreender por que motivo é que apenas o sucateiro Manuel Godinho é que está em prisão preventiva relativamente às suspeitas do caso 'Face Oculta'. Arguidos são muitos. O polvo é enorme e cabeçilhas são mais que duas equipas de futebol.
Hoje, os investigadores decidiram que o arguido José Penedos fica suspenso de funções de presidente da REN, tem de pagar uma caução de 40 mil euros (peanuts) e está proibido de contactar com os outros arguidos, excepto o seu filho Paulo Penedos, igualmente arguido no mesmo processo.

AS MELHORAS


> Hoje, o magnata dos casinos de Macau e de Portugal, Stanley Ho, festeja mais um aniversário. Os nossos parabéns. Infelizmente, o "Mr. Ho" tem estado em convalescença devido a um acidente vascular. Desejo-lhe as mais rápidas melhoras e que em breve possa passear pelo Macau que ama.

PS - Escreverei de seguida um "feicebuque" dedicado a Stanley Ho.

O feicebuque DA MINHA VIDA (6)

MACAU (II)

> As muitas conversas que mantive com Stanley Ho ao longo de cerca de vinte anos foram, normalmente, sobre assuntos impublicáveis, porque assim lhe prometi. Acerca deste homem que teve um grande poder sobre a maioria dos governantes portugueses que passou por Macau já foram escritas as mais mirabolantes histórias de vida. A maior parte delas sem autenticidade, realismo e congruência. Dezenas de jornalistas e de oportunistas pediram entrevistas a Stanley Ho. Quase sempre cumprimentavam-no, perguntavam-lhe como estava de saúde e depois escreviam o que lhes apetecia. Stanley Ho sempre teve os seus próprios canais para fazer chegar a informação que pretendia aos jornais, especialmente quando se tratava de "recados" aos políticos da China, Macau e Hong Kong.
Nunca pedi um favor a Stanley Ho, mas sei que, um dia, os macaenses Herculano Estorninho e Adé Santos Ferreira disseram-lhe que "este português merece que o senhor dê ordens para que seja enviada publicidade para o seu jornal". Eu tinha apresentado à STDM, a empresa concessionária dos casinos de Stanley Ho, uma proposta para um contrato de publicidade para um jornal que tinha em mente fundar em Macau. O Adé e o Herculano acrescentaram-lhe a informação que a minha mulher era timorense e amiga de Carlos Assumpção - o melhor advogado que alguma vez Macau conheceu e antigo presidente da Assembleia Legislativa. Stanley Ho mandou chamar-me e recebeu-me no seu gabinete do Hotel Lisboa. Quis conhecer-me e fundamentalmente dar-me um conselho, o qual nunca esqueci. "Se for conhecendo a cultura chinesa, os chineses gostarão sempre de si", disse-me. E foi verdade. Em Macau, só os portugueses me fizeram mal.

Devo ser dos poucos portugueses que passaram por Macau ocupando um lugar de topo na sociedade que nunca pediram nada a Stanley Ho. Não obtive qualquer "prenda" para viajar, para comprar casa, para adquirir quinta ou herdade, para passar férias em paraísos, para passear de iate ou para influenciar qualquer governador de Macau com notícias favoráveis às pretensões do magnata. Stanley Ho sempre me tratou pelo meu nome chinês "Si Ian Kuai", o nome de um herói lendário da história da China. E também nunca me pediu nada.
Um dia, um companheiro do jornal 'South China Morning Post", de Hong Kong, transmitiu-me uma história sobre o enriquecimento de Stanley Ho que raiava o impensável e o ofensivo. Estava lançado o mote para tentar saber a verdade. E soube-a. A maioria dizia que foi a venda de ópio que enriqueceu o "rei" dos casinos. Não foi verdade.
Poucos são aqueles que têm conhecimento das razões porque o magnata sempre gostou dos portugueses. Uns dirão, que se deve ao facto da administração portuguesa lhe ter aprovado sempre o que desejou. Não.
Stanley Ho era um homem muito pobre. Certo dia, um macaense levou-o à presença do gerente do Banco Nacional Ultramarino, Jorge Grave Leite. Stanley Ho foi pedir um pequeno empréstimo para um pequeno negócio. Grave Leite respondeu-lhe que lhe concederia o crédito, mas que poderia ser o primeiro e o último, caso Stanley Ho não cumprisse o pagamento na data indicada pelo gerente bancário. Stanley Ho cumpriu impreterivelmente. O gerente concedeu-lhe outro empréstimo de quantitativo três vezes maior. Ho voltou a cumprir o pagamento. O BNU concedeu-lhe outro e mais outro empréstimo, até que um dia, Stanley Ho conseguiu a propriedade de uma pequena sala de jogo. Ho nunca mais parou de ganhar dinheiro, mas também nunca mais esqueceu ao longo da vida o "homem da sorte", o tal gerente Jorge Grave Leite, o qual, mais tarde, viria a ser inspector da administraçção pública em serviço pelas colónias portuguesas.
A consideração, amizade e respeito que Stanley Ho dispensava a Grave Leite ficou patente, quase de forma absurda e doentia, num caso concreto que aconteceu na vida de Jorge Grave Leite como cidadão reformado. Recebeu um telefonema de Stanley Ho pedindo-lhe que fosse ver o Hospital Particular, em Lisboa, porque não queria comprar o hospital sem a opinião de Grave Leite. Este, respondeu-lhe que não entendia nada de assuntos ligados à Medicina. Ho limitou-se a explicar-lhe que só adquiria o estabelecimento hospitalar de luxo, se Grave Leite entendesse que se tratava de algo "muito bom" tal como alguém tinha informado o magnata do jogo. Grave Leite informou o seu amigo Ho que se tratava do melhor hospital privado de Lisboa e Stanley Ho passou a ser o proprietário daquele centro médico sem ter visto as instalações.
Stanley Ho sempre entendeu que a sua vida de empresário bem sucedido se tinha ficado a dever ao português Grave Leite e, nesse sentido, nunca mais deveria virar as costas aos portugueses. E assim tem sido.

© jes

A POUPANÇA DO CARRO ELÉCTRICO


> Com 160.000 carros eléctricos a circular em Portugal, o país poupava 9 mil milhões de euros na factura energética, afirma Francisca Pacheco, do gabinete de apoio à mobilidade eléctrica nacional.

"A estratégia do governo para o sector das energias renováveis foi a base para arrancar com o desenvolvimento da mobilidade eléctrica", adiantou ao 'Económico' a responsável na Conferência de apresentação do novo carro eléctrico Kangoo, que decorreu hoje na Quinta da Marinha.

As estimativas apontam para que em 2010 já existam em Portugal centenas de postos de abastecimento na via pública e em 2011 alguns milhares, segundo Francisca Pacheco.

Actualmente, 25 municípios já aderiram a esta rede mas foi criado um consórcio para desenvolver os postos de carregamento do qual fazem parte a Efacec, Critical software, Novabase e Seiia.

No entanto, segundo Francisca Pacheco, a rede MOBI-E está aberta à entrada de novos parceiros.

A Renault apresentou hoje quatro modelos de carros. O Kangoo e o Fluance, que vão chegar no primeiro semestre de 2011 e que são uma vertente mais comercial.

"Para o consumidor vamos ter no final de 2011 o Twizy, que é uma espécie de motorizada com automóvel e só em 2012 teremos o Zoey. Estes dois últimos só vão existir em versão eléctrica", explicou.

Actualmente o Kangoo custa 13 mil euros. O preço da versão eléctrica vai ser idêntico.

In 'Diário Económico'

PORCO

> Carolina Salgado faltou hoje ao julgamento que a opõe, em seis processos, ao seu antigo companheiro Pinto da Costa, por se encontrar doente com gripe suína (H1N1), informou o seu advogado.

Quem teria sido o porco que lhe pegou a gripe?...

McDONALD'S JOGA PELO SPORTING



> Com o derby Sporting-Benfica já no próximo sábado, o clube de Alvalade passa a alinhar com um novo jogador, o McDonald's... Não se trata de uma nova aquisição de última hora para evitar a goleada dos homens de Jesus, mas sim a mudança de cor na cadeia de comida rápida McDonald's. A cor vermelha vai desaparecer para dar lugar à verde.
Na Alemanha, as lojas McDonald's vão já aparecer com o fundo verde, diz o porta-voz do grupo, para dar a sensação de "mais amigos do ambiente". Seguir-se-á França e Inglaterra e depois, o resto da Europa.
Em Portugal, possivelmente será decidido que o fundo seja pintado a verde e branco, com calções pretos...

OPÇÃO DE CARREIRA

ISTO É MUITO GRAVE

> Se o leitor consome cocaína e assiduamente vai ou manda comprar a alguém o estupefaciente, tem de ler isto. Se o leitor pensa que em política tudo é limpo tem de ler mesmo. O caso é muito grave.

CARMINDICES


Carmindo Mascarenhas Bordalo*



É PRECISO UM NOVO CONSELHO SUPERIOR
DA MAGISTRATURA

> Leio hoje no PÚBLICO uma entrevista ao Professor Jorge de Figueiredo Dias, eminente especialista em Direito Penal e Direito Processual Penal (http://publico.pt/1411128).
Como é evidente, o ilustre Catedrático Jubilado de Coimbra não se pronuncia sobre qualquer caso judical em concreto. Mas não deixa de tecer inportantes considerações sobre o nosso ordenamento jurídico-penal.
Entre elas, regista-se uma: a premente necessidade de assegurar a independência dos juízes.
Figueiredo Dias sabe melhor do que ninguém que esse é um pressuposto essencial do Estado de Direito.
Sem juízes independentes não há garantia de defesa dos direitos e liberdades dos cidadãos face ao poder político e administrativo. Só sendo independentes, os juízes podem aplicar a Constituição e as leis de forma imparcial, doa a quem doer.
E porque os juízes só devem obediência à lei (art. 203º da Constituição Política), deviam estar sujeitos a um auto-governo quanto às suas carreiras. O órgão para isso competente é o Conselho Superior da Magistratura (embora agora a lei já não fale de auto-governo), do qual podem fazer parte personalidades que não são juízes, por nomeação do Presidente da República e por eleição da Assembleia da República.
É certo que gozam das garantias dos juízes mas ... não são juízes.
E é aqui que Figueiredo Dias, com total lucidez e coragem, levanta a questão: "As personalidades que fazem parte do CSM não ganham, com isso, o estatuto de juízes. Se são advogados, continuam a ser advogados, se são professores continuam a ser professores... Para mim, a pessoa que subisse ao CSM que, no meu ponto de vista, deveria ser um dos órgãos mais fundamentais de toda a estrutura do Estado, passava a ter o estatuto de juiz e, portanto, de personalidade independente. Que se advoga, tem de deixar de advogar, se é Ministério Público, têm de deixar de sê-lo, etc.".
Os membros do Conselho Superior da Magistratura deveriam estar sujeitos às regras de insenção, independência e conduta cívica a que estão sujeitos os juízes.
Não se admite que os administrados tenham de ter uma conduta mais rigorosa do que os administradores.


Conheço um membro do CSM que é absolutamente indigno do lugar que ocupa, e apenas o tem devido às suas ligações político-maçónicas. A seu tempo, e se necessário for, direi quem é. Apenas adianto que há muito tempo que acumula tachos, apesar do seu passado mais sujo do que um esgoto.


Se querem que façam parte do CSM figuras que não são magistrados judiciais, pelo menos que eles tenham de se comportar com a independência e rectidão exigida a estes.
É que neste momento, um lugar no CSM para quem não é juiz é mais um tacho, sem diferenças substanciais da pertença a um conselho de administração de um instituto público ou de uma empresa municipal.
Sabemos que o regime abrilino (corrigido pelo contra-golpe de 25 de Novembro, que hoje celebra 34 anos) tem uma verdadeira obsessão pela criação de tachos e sinecuras, distribuídos em regra por uma horda de desclassificados que nem para limpar chão muitas vezes servem. Mas o CSM, dada a sua importância, não pode estar nesse (baixo) patamar.
Conheço um membro do CSM que é absolutamente indigno do lugar que ocupa, e apenas o tem devido às suas ligações político-maçónicas. A seu tempo, e se necessário for, direi quem é. Apenas adianto que há muito tempo que acumula tachos, apesar do seu passado mais sujo do que um esgoto.
E, por isso, é necessário ir ainda mais longe do que propõe Figueiredo Dias.
É preciso que a selecção dos membros do CSM passe a ter critérios muito apertados e seja sujeito a um escrutínio público e parlamentar mais apertado.
As leis já são más e feitas para safar os poderosos.
Se os juízes não têm garantias para as aplicar o melhor possível, é de fugir.


*Professor Catedrático Jubilado, cronista residente


Post-scriptum

Nem de propósito.
No telejornal da SIC vê-se como advogado do arguido José Penedos no processo Face Oculta o Dr. Rui Patrício, que é membro ... do Conselho Superior da Magistratura!
Mas será isto admissível? É isto um País a sério?
Como se disse no blogue PORTA DA LOJA em 17 de Novembro (http://portadaloja.blogspot.com/2009/11/os-guardiaes-de-segredos.html), que juiz pode decidir tranquilamente um processo se quem o pode punir disciplinarmente é o advogado do arguido?


C.M.B.


ARGUIDOS DO 'FACE OCULTA'