quarta-feira, setembro 30, 2009

PÁGINA DE FUTEBOL


Liga dos Campeões

FC Porto-Atlético de Madrid, 2-0 (Falcão e Rolando)
CSKA-Besiktas, 2-1
Bayern-Juventus, 0-0
Bordéus-Maccabi Haifa, 1-0
Man. United-Wolfsburgo, 2-1
AC Milan-FC Zurique, 0-1
Real Madrid-Marselha, 3-0 (Cristiano Ronaldo 2)
APOEL-Chelsea, 0-1

VIRAR DE PÁGINA

Blogues Novo Rumo

REAL REGATTA DE CANOAS


TAP COM PREJUÍZO

> A TAP considera que os prejuízos que a companhia teve com a greve dos pilotos, na semana passada, "pode ser a diferença entre ter um resultado equilibrado e ter prejuízo no final do ano".

BISPO DE MACAU POSTO EM CAUSA

> O bispo da Diocese de Macau, D. José Lai, aliás Lai Hung Seng foi posto em causa pelo macaense José Guerra, membro da Confraria de Nosso Senhor Bom Jesus dos Passos, por não ter permitido a eleição do presidente da Confraria como exigem os estatutos. A revolta de José Guerra prende-se igualmente porque o bispo prometeu-lhe pessoalmente que iria consultar o secretário da Confraria, Francisco Xavier do Rozário, de 94 anos, sobre a eleição dos corpos dirigentes, facto que não se verificou até à data em que o idoso faleceu.
Entretanto, a Confraria tem sido dirigida por uma comissão não-eleita. A negligência do bispo Lai foi tema de uma carta de protesto enviada por José Guerra a responsáveis da Igreja Católica no Vaticano e em Portugal.

A PRENDA DO FORRETA


CÂMARA DE ODIVELAS NA BERLINDA


Hernâni Carvalho Quer auditoria externa

> Realizar uma auditoria externa às contas da Câmara de Odivelas, criar um provedor municipal, instalar videovigilância e dotar o município de serviços municipalizados próprios são algumas propostas da “Coligação Em Odivelas Primeiro as Pessoas”, liderada pelo jornalista Hernâni Carvalho.
Estas medidas apresentadas na noite passada durante o jantar de apresentação de Hernâni Carvalho, fazem parte de um programa eleitoral que o candidato da coligação, que inclui o PSD, CDS-PP, MPT e PPM, considera estar “focado nas pessoas e não apenas nos interesses de alguns”.
Na área da Justiça Social destaca-se a criação da figura do provedor municipal, que coordenará a auscultação das populações e a relação destas com a câmara municipal, e da Comissão de Maiores, uma medida que o candidato considera “essencial para salvaguardar os interesses da população mais idosa”.
Relativamente à Segurança, a coligação Odivelas em “Primeiro as Pessoas” defende a criação de uma polícia municipal, a colocação de câmaras de videovigilância nas zonas mais críticas, assim como o reforço do número de guardas-nocturnos por freguesia.
Em matéria de Saúde, o candidato garante mais pressão sobre o Governo para que sejam cumpridos os prazos para a construção dos quatro centros de saúde, anunciados recentemente, e anunciou que vai dar um Cartão de Saúde municipal às famílias mais carenciadas. “Se as outras autarquias PS podem ter um Hospital (Amadora, Loures), nós não somos cidadãos de segunda. Os odivelenses carenciados também são gente”, sublinhou.
A área com a qual o candidato parece mais preocupado diz respeito ao Ambiente. A criação de Serviços Municipalizados no concelho de Odivelas é uma das lutas que Hernâni Carvalho promete travar com a Câmara de Loures. “É escandaloso que seja um presidente de um concelho vizinho a mandar no preço da nossa água. Não podemos estar reféns de ninguém. Tenho condições de numa semana resolver este problema com o senhor presidente Carlos Teixeira”, sustentou. Actualmente o sistema de saneamento é repartido com o concelho de Loures, desde a fundação do concelho de Odivelas em 1998.
Hernâni Carvalho considerou ainda imperativo conhecer a verdade nas áreas financeiras, orgânicas e funcionais da Câmara de Odivelas, defendendo para isso uma autoria externa às contas do município. “Queremos provar que tem sido uma gestão danosa”, sublinhou.
O jantar de apresentação de Hernâni Carvalho contou com a presença do antigo líder do PSD Marques Mendes e do presidente da Distrital de Lisboa do PSD, Carlos Carreiras. (Lusa)

SEMPRE DE LADEX

> O primeiro-ministro, José Sócrates, disse hoje que não quer alimentar “mais polémicas” no chamado “caso das escutas”. Questionado pelos jornalistas quanto à comunicação de ontem à noite do Presidente da República, José Sócrates afirmou que a posição do Partido Socialista foi já expressa ontem pelo ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira. Leia +

A MELHOR PRIMEIRA DO MÊS



ORGULHO

> O Campeonato do Mundo de Karting vai realizar-se no Kartódromo de Coloane, em Macau. Ali vão estar presentes os melhores pilotos de todo o mundo.
Orgulho-me de ter ajudado a construir o autódromo e de ter convencido o governador interino Carlos Monjardino a apoiar o início da modalidade no território.

PARKALGAR COM MAIS OLHOS QUE BARRIGA


O NOSSO DINHEIRO DÁ PARA TUDO


Autódromo de Portimão Sem dinheiro não há palhaços

> A Parkalgar, empresa que gere com dinheiros da Câmara de Portimão, com o dinheiro dos portugueses e de outras origens o autódromo de Portimão, começou arrogantemente por anunciar que iria ter no Algarve este e o outro mundo das corridas motorizadas. Afinal, a montanha está prestes a parir um rato, se já não o pariu. Quando a arrogância não faz bem as contas qualquer projecto pode descambar em falência.

Na edição de hoje do 'Diário de Notícias' lê-se que Bernie Ecclestone ameaçou não autorizar a realização das duas provas do campeonato GP2 Series no Autódromo do Algarve, em Portimão, que decorreram entre os dias 18 e 20 deste mês. A intenção do presidente da Fórmula One Management (FOM) surgiu devido ao incumprimento do pagamento por parte da Parkalgar, que gere o autódromo de Portimão, de 6,2 milhões de euros.

A situação acabou por ser desbloqueada com a intervenção do Governo que, segundo soube o DN, incumbiu o Turismo de Portugal e uma outra entidade com tutela pública do pagamento da dívida. Foi evitado, deste modo, o cancelamento das duas corridas da edição portuguesa da GP 2 Series de 2009 (uma classe considerada como uma espécie de antecâmara da Fórmula 1), mas não sem que antes se tivesse desenrolado uma intensa ronda de negociações que envolveu a secretaria de Estado da Juventude e do Desporto e a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting.

Segundo informações recolhidas pelo DN, a exactamente uma semana da data marcada para o início do evento, no passado dia 11, Bernie Ecclestone, presidente da Fórmula One Management (FOM), fez um ultimato à empresa Parkalgar avisando que a prova não se realizaria caso esta não cumprisse os compromissos financeiros assumidos em Maio do ano passado, assinados nos termos do contrato que viabilizou a realização, este ano, da GP2 Series no Algarve.

Na altura, Bernie Ecclestone informou o presidente da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, Luís Pinto de Freitas, de que a FOM não tinha recebido, até então, qualquer valor decorrente do contrato celebrado com a Parkalgar. Nesse vínculo terá ficado previsto que a Parkalgar teria de liquidar o montante fixado no contrato até, ao que tudo indica, 30 dias antes do início do evento.

Luís Pinto de Freitas, confrontado pelo DN com estes factos, confirmou ter sido contactado pelo presidente da FOM. "Admito que sim, que é verdade, que fui contactado por Bernie Ecclestone. Depois desse contacto, falei com a secretaria de Estado e do Desporto e com a Parkalgar. Chegou-se a uma contraproposta, que eu transmiti, e ele [Ecclestone] aceitou. A situação resolveu-se", disse Freitas.

Ainda com base nos dados que o DN recolheu, o problema terá ficado resolvido no próprio dia 11, até porque a secretaria de Estado da Juventude e do Desporto, entidade que é presidida por Laurentino Dias, terá dado totais garantias quanto ao pagamento da verba, a qual acabou por permitir, efectivamente, a realização das duas provas da GP2 Series no Autódromo do Algarve, em Portimão.

O DN sabe também que o Governo incumbiu o Instituto do Turismo de Portugal e uma outra entidade com tutela pública do pagamento de quase 50% (2,850 milhões de euros) do valor total da dívida à Fórmula One Management. Assim, o Instituto do Turismo de Portugal financiou a Parkalgar no referido evento em 2,2 milhões de euros, tendo a outra instituição com tutela pública pago cerca de 650 mil euros. Ficou igualmente acordado que os mais de três milhões ainda em falta para com a FOM terão de ser pagos até 31 de Outubro. Paulo Pinheiro, administrador da Parkalgar, defendeu ao DN, ontem: "As nossas obrigações foram cumpridas na íntegra. O evento foi um sucesso."

SE O SPORTING FOSSE UM CLUBE A SÉRIO

> Abandonava a disputa de uma Liga viciada.

A FESTA DO RATO

> Na noite das eleições estava tudo preparado para a grande festa socialista no Largo do Rato.

- Sempre vamos para a sede?
- Está lá muita gente?
- Alguma, mas podemos mobilizar uns milhares.
- É melhor não... Já viste os resultados... perdemos a maioria absoluta, perdemos mais de quinhentos mil eleitores, perdemos muitos deputados, o Portas renasceu, o Louçã já nos pode comer vivos... é melhor desistir... não tenho muito ânimo...

A 'GUERRA' NOS JORNAIS

> Pelos vistos está instalada uma 'guerra' entre o Presidente da República e o Governo/Partido Socialista. Quem o diz são os jornais. É a 'guerra' entre os tristes. Um, perdeu o seu partido. O outro, perdeu 500 mil apoiantes.

'Diário de Notícias': Cavaco explica pouco e declara guerra ao "partido do Governo"

'Jornal de Notícias': Guerra aberta

'i': Cavaco declara guerra ao governo antes de nomear Sócrates

'Público': Cavaco e PS assumem conflito

'Correio da Manhã': Cavaco denuncia manobra socialista

CARMINDICES


Carmindo Mascarenhas Bordalo*




A TARDIA DECLARAÇÃO PRESIDENCIAL (OU A FALTA DE PRINCÍPIOS EM ESTADO PURO)


A declaração que Cavaco Silva prestou ontem ao País é a confirmação cabal de que o episódio da vigilância governamental sobre a Presidência foi aproveitado para primeiro enfraquecer o PS e, posteriormente, para prejudicar o PSD.
Cavaco queria que Sócrates perdesse a maioria absoluta mas sem que o PSD voltasse ao poder antes da sua reeleição - e o seu comportamento confirma-o.

I
Enfraquecer o PS

Cavaco afirmou ontem que "Transmito-vos, a título excepcional, porque as circunstâncias o exigem, a minha interpretação dos factos". E veio perguntar "como é que aqueles políticos sabiam dos passos dados por membros da Casa Civil da Presidência da República" e "será possível alguém do exterior entrar no meu computador e conhecer os meus e-mails? Estará a informação confidencial contida nos computadores da Presidência da República suficientemente protegida?”. Acaba, pois, por admitir suspeitas de vigilância. Com razão (o que não tenho por garantido, pois não foram apresentadas provas concretas) ou sem ela, acabou por admitir suspeitas de possíveis espionagens de que fora vítima.
A suspeita que Cavaco agora revelou ter foi noticiada em Agosto. Mas ele, cinicamente, não a confirmava nem desmentia, deixando pairar a dúvida. Com isto pretendia atacar os socialistas de forma moderada (porque não concretizada) e sem dar a cara.
Só que Cavaco estava a lidar com Sócrates e com o PS, que têm escola maçónica e dominam habilmente a comunicação social. Em breve viraram-lhe o bico ao prego. Sem que os homens do Presidente soubessem como, o PS arranjou prova documental e testemunhal de que fora um assessor de Cavaco, Fernando Lima, quem plantara as suspeitas nos jornais. Cavaco então disse que mandaria averiguar questões de segurança. Perante isto, só restavam dois caminhos honestos a Cavaco: face às averiguações, ou dizia que, de facto, partilhava as suspeitas ou, então, negava-as. Acabou por criar a ideia de que tacitamente as negava, retirando Fernando Lima do posto que ocupava. Ora, se retirava Fernando Lima é porque algo de errado acontecera.

II
Derrotar o PSD

Mas, já passado o acto eleitoral, Cavaco vem afirmar, na declaração de ontem, que afinal até tinha suspeitas e que só procedeu a alterações na sua Casa Civil para não se pensar que tinha sido violada a regra de que só os chefes das suas Casas Civil e Militar falam em seu nome. Por que razão não o disse antes?
O motivo é evidente: se antes das eleições legislativas Cavaco tivesse dito que tinha suspeitas de ser vigiado pelo PS, tal prejudicaria os socialistas, pois confirmava a asfixia democrática que Ferreira Leite e o PSD tinha vindo a denunciar. E, como as sondagens nessa altura revelavam empate técnico, um escândalo que manchasse o PS a poucos dias das eleições poderia ter o efeito que Cavaco mais teme na sua vida política: o PSD subir ao poder (e, eventualmente, em coligação maioritária com o CDS), obrigando-o a enfrentar a reeleição com a sua área política a sofrer o desgaste governativo.
Assim, Cavaco, ao recuar temporariamente com a demissão de Lima, evitou um escândalo que minasse o PS mas que ajudou a derrotar o PSD: foi a partir daí que as sondagens revelaram o PS a destacar-se e o PSD a sofrer as consequências do que parecia uma cabala mal intencionada contra Sócrates.
Nem é em vão que Marques Guedes, em nome do PSD, já veio declarar que "lamentamos que este esclarecimento do senhor Presidente da República não tenha sido feito no momento próprio, ou seja, antes de os portugueses votarem e votarem de uma forma totalmente esclarecida".

III
(Triste) Epílogo

Escrevi em Julho, aqui no nosso Jornal do Pau Para Toda a Obra : "...Cavaco vai dedicar-se a todas as manobras públicas e privadas que lhe permitam chegar a 2011 e ser reeleito. O resultado que lhe interessa mais é o de um governo PS enfraquecidíssimo que vá amargando com a crise e lhe permita gozar plenamente da teoria dos ovos e dos cestos (eleger um Presidente de cor diferente da do governo). Veta alguns diplomas anormais em que o PS é pródigo, profere uns discursos pesarosos e não precisa de mais esforços (...) não lhe interessa que o seu partido seja governo em época de crise".
Já o pôs em prática. No meio disto tudo, Sócrates aguenta a camarilha e Portugal que vá penando.

*Professor Catedrático Jubilado, cronista residente

terça-feira, setembro 29, 2009

VOLTÁMOS AO ULTRAMAR

> A guerrilha está instalada. Voltámos ao Ultramar no seu esplendor. Atiram-se uns fogachos. O inimigo escondido contra-ataca. Mais umas rajadas, sabe-se lá para onde. Informação. Contra-informação. Manipuladores. Bufos. Mais fogachos. Pelo capim há uns que rastejam. Armadilhas, minas, granadas de mão, morteiros, de tudo um pouco serve para a manutenção do tacho. No final, haverá mortos e feridos.

JUNQUEIRO E CANAS COM ORELHAS A ARDER

> O Presidente da República falou aos portugueses. Acusou os socialistas José Junqueiro e Vitalino Canas de manipuladores da opinião pública, porque foram Junqueiro e Canas que acusaram assessores do Presidente de terem colaborado na feitura do programa político do PSD. Cavaco Silva acusa os "manipuladores" de tentarem "encostá-lo" ao PSD.
Cavaco Silva falou muito mas não disse nada de importante. Relativamente às manchetes do 'Público' e do 'Diário de Notícias' meteu os pés pelas mãos e fez certa figura ridícula quando anunciou que os seus computadores são vulneráveis. Bolas, vou já comprar um cadeado para o meu MacBook...

ISTO NÃO É CULPA DA MILU

O MONIZ VOLTOU

> Que se cuidem os democratas.

VIRAR DE PÁGINA

Blogues Amanhecer & Palavras ousadas

SEM TEMPO PARA RESPIRAR

> Paulo Portas nem respirou. Nem teve tempo de festejar a obtenção dos dois dígitos nas eleições. Nem deu ainda os abraços todos e já lhe estão a morder os pés. A Polícia Judiciária está hoje, por quê hoje?, nos escritórios de quatro advogados conhecidos, a fim de procurar provas de corrupção e financiamento de partidos, a partir da compra de dois submarinos para a Armada portuguesa, quando Paulo Portas foi ministro da Defesa.
Paulo Portas abriu a boca apenas para dizer que não fazia coligações e...

MAFALDA FAZ 45 ANOS


ECONOMIA N'OUTROS JORNAIS

Diário Económico

  • Empresários apoiam Governo minoritário do PS

A grande maioria dos 20 empresários e gestores ouvidos pelo Diário Económico defende que o novo Governo, mesmo sem maioria, poderá governar e tomar medidas para dinamizar a economia.

  • Operação Furacão reforça equipa para acelerar processo

A revelação foi feita ao Diário Económico pela Procuradora Cândida Almeida que espera ter as primeiras acusações prontas até ao fim do ano.

  • Saiba quais são as melhores ofertas de televisão por cabo

O Diário Económico mostra os pacotes base de TV por cabo, telefone e Internet disponíveis no mercado e quais os melhores preços.

Público

  • Ongoing entra na TVI e Nuno Vasconcellos assume presidência

O líder da Ongoing vai assumir a presidência da Media Capital, a empresa que detém a TVI, apesar de os espanhóis da Prisa manterem o controlo de gestão.

  • Estado responde com mais dívida à contenção de famílias e empresas

Pelo menos desde 1999 que o Estado não apresentava necessidades de financiamento tão altas na primeira metade do ano.

Diário de Notícias

  • Portugal terá de negociar com Bruxelas défice de 2010

O INE comunicou ontem a Bruxelas um défice orçamental de 5,9% do PIB, mais do dobro de 2008. Em Novembro, a Comissão Europeia irá abrir a Lisboa "procedimento por défice excessivo". Mas castos com juros da dívida caíram 500 milhões.

  • Futuro da Investvar suspenso dos credores

O presidente do ainda utilizador da marca Aerosoles reuniu-se ontem com os italianos Ka & Ka para os tentar convencer a retirar o pedido de insolvência que ameaça a reestruturação do grupo. Os resultados são ainda uma incógnita.

Jornal de Negócios

  • Certificados de aforro rendem no máximo 2%

A partir do próximo mês, os certificados de aforro vão pagar os juros mais baixos de sempre.

HÁ FAMAS TERRÍVEIS...

> Uma controladora do IFAP bate a uma porta num monte perdido no interior do Alentejo e pergunta ao agricultor...

- Esta terra dá trigo?
- Nã senhora - responde o alentejano.
- Dá batata?
- Tamém não!
- Dá feijão?
- Nunca deu um!
- Arroz?
- De manera nenhuma!
- Milho?
- Tá a gozar comigo?!
- Quer dizer que por aqui não adianta plantar nada?
- Ah! Se plantar já é diferente...

COMUNICAÇÃO DE CAVACO

Ficção humorada

> O texto da comunicação do Presidente Cavaco Silva para logo à noite foi enviado para o nosso endereço por engano, assim a modos como o de Luciano Alvarez para o Tolentino Nóbrega. E diz o seguinte:

Portugueses

Ao longo do período dispensado á campanha eleitoral mantive-me sempre indisponível para interferir, não fosse dar-se o caso de me acusarem de ser politicamente correcto. Durante a semana eleitoral fui obrigado a convidar o meu assessor Fernando Lima a mudar de gabinete para que pudesse rasgar toda a papelada enviada ao jornalista do 'Público' que lançou antecipadamente a conspiração para que o primeiro-ministro se dedicasse à apanha das cerejas de Castelo Branco. Nunca foi minha intenção promover a demissão de quem quer que fosse que andasse a escutar os meus telefones ou a filmar as minhas idas à casa de banho. Mas sim, foi a intenção do Lima.
Em face da gravidade dos acontecimentos oriundos no gabinete do senhor primeiro-ministro para controlar todos os beijos que dou aos meus netos, as prendas que eles me oferecem e as audiências que mantinha com o senhor conselheiro Dias Loureiro, quero desde já anunciar ao País que não estou na disposição de empossar qualquer Governo chefiado pelo senhor engenheiro José Sócrates.
Neste sentido, os portugueses podem estar descansados que o País não cairá em saco roto e dentro de duas semanas darei posse a um Governo da minha total confiança, do qual farão parte os grandes interessados Paulo Portas, Maria José Nogueira Pinto, Paulo Rangel, Pacheco Pereira, Pedro Passos Coelho, Luís Filipe Menezes, Santos Silva, Alberto Martins, Manuel Alegre, Maria de Belém, Jerónimo de Sousa, Francisco Louçã, Fernando Rosas e Garcia Pereira. Espero assim, ter agradado a todas as cores de cachecóis políticos e contribuir para a pacificação das obras do Terreiro do Paço.
Boa noite.

TELEFONE JÁ

BLOGGER QUE INVESTIGOU LICENCIATURA DE SÓCRATES ACUSADO DE FUNDAMENTALISMO RELIGIOSO PELO SEU ADVOGADO

> António Balbino Caldeira, que no blogue “Do Portugal Profundo” investigou as irregularidades da licenciatura de José Sócrates, foi acusado pelo seu advogado, José Maria Martins, de “fundamentalismo religioso”.

Após ser ilibado no processo-crime que Sócrates lhe moveu, Balbino Caldeira fundou uma associação cívica de crivo político, o Movimento para a Democracia Directa – DD, como na altura foi noticiado pela TVI.

O advogado que auxiliou o blogger no processo judicial, José Maria Martins (também conhecido por ser o advogado de Bibi no processo Caso Pia), viria a ser o Vice-Presidente do DD.

Contudo, Martins anunciou na passada sexta-feira que abandonava o movimento, acusando Balbino Caldeira e o DD de estarem reféns da Igreja Católica e do fundamentalismo religioso.

Apesar de o DD ter feito comunicados públicos apelando ao voto contra o PS e contra José Sócrates, Martins afirmou que o seu ex-cliente apenas bajula Cavaco Silva, prejudicando o PSD (do qual Caldeira é militante), numa clara referência ao apoio incondicional que no blogue “Do Portugal Profundo” tem sido dado ao Presidente. Sem deixar de realçar que sempre trabalhou para Caldeira “de borla”, o causídico frisou que “não fico limitado ao universo de 20 ou 30 pessoas” do DD.

segunda-feira, setembro 28, 2009

CALDO

> O debate entre Pacheco Pereira e Pedro Silva Pereira, que decorreu agora na SIC Notícias, indicia que da comunicação de amanhã do Presidente Cavaco, poderá sair muito caldo entornado...

CAVACO SILVA FALA AMANHÃ

- Do Verão de Setembro?
- Das escutas?
- De Sócrates?
- Da demissão do assessor?
- Do Freeport?
- Do BPN?
- Da compra de jornalistas?
- De jornais que fazem fretes?
- Da sua demissão?
- Do novo governo presidencial?

Ninguém sabe...

BASTONÁRIO EXEMPLAR

> "A única resposta que dou é parafrasear o dr. Alberto João Jardim na expressão inglesa a propósito de jornalistas - ('Fuck them!')". Foi assim que o bastonário da Ordem dos Médicos (OM), Pedro Nunes, reagiu ao 'Expresso' por estar a investigar denúncias de alegado favorecimento pela OM ao ateliê onde a filha estava a estagiar. Exemplar.

OTELO JORNALISTA E RADIALISTA

> Um dos mentores do 25 de Abril virou radialista e jornalista. Quem diria. Otelo Saraiva de Carvalho está a gravar como intérprete nos programas radiofónicos da equipa "Novos Parodiantes" há já algum tempo. Entretanto, muito recentemente foi fundado um novo semanário 'Privado' e da ficha técnica faz parte o polémico Otelo.


Semanário PRIVADO, Informação Pública

Porque o JORNALISMO não é o mesmo que vender lentilhas. Porque um JORNAL deve ser a última trincheira da liberdade. E porque os JORNALISTAS não são moços de recados.
Semanário PRIVADO - Um jornal feito por pessoas!

Director: José Leite
Coordenador Editorial: António Manuel Pinho
Edição: Página Inteira

Redacção e colaboradores: Afonso de Melo, António Manuel Pinho, António Pedro Dores, António Serzedelo, Carla Campanela, Carlos Furtado, Carlos Reis, Carlos Tomás, Emília Groza, Filipe Pinto, Flávio Furtado, Gobern Lopes, Helder Fráguas, Helder Loureiro, Isabel Guerreiro, Jorge Dias, José Figueiredo, José Leite, Lígia Correia, Luís Alberto Ferreira, Luís Rocha, Manuel Monteiro, Marinho Neves, Nuno Filipe, Maurice Grassé, Orlando Alves, Otelo Saraiva de Carvalho, Paula Paz, Paulo Pizarro, Pedro Cardoso, Pedro Leitão, Silvestre Fonseca, Victor Faro, Xana Duarte, Zeferino Boal

MELANCIA AUSTRALIANA

PARABÉNS AO FC PORTO

> Faz hoje 116 anos.

BOCAS NA RUA

Portas

- É pá, como é que o Portas conseguiu tantos votos?

- Com os inimigos do Louçã!

- Com os fascistas?

- Não, pá! Com as peixeiras...

VIRAR DE PÁGINA

Blogues É inútil resistir

ENERGÚMENOS

> Muitos energúmenos que de democracia, educação e seriedade nada entendem, continuam a enviar comentários impublicáveis. Deve ser a matéria que lhes ensinam nas secções do PS. Um desses energúmenos chegou ao ponto de mencionar que eu apaguei do blogue as sondagens enviadas pelos nossos amigos. O animal feito homem é de tal calibre que nem se apercebeu que basta pesquisar em "sondagens" e que logo lhe aparece tudo o que escrevemos sobre o tema. E como é que eu iria apagar algo que acertei em cheio desde as eleições europeias?
Realmente, não dá vontade nenhuma de continuar no meio de gentalha deste calibre. Estou aqui como distracção, terapêutica médica e amor à informação. Mas, se este blogue incomoda assim tanto, não há problema, fecha-se isto para dar lugar à tão apregoada liberdade socialista que se vê em certos blogues da cor que nem comentários permitem...

O SEXTO SENTIDO




Catarina Price
*



Misunderstood!

سوء الفهم

Malentendu

Mißverständnis

Недоразумений

Malentendido

Mal entendido


Há-os em todas as línguas.

E enquanto o homem for homem, animal racional, ser pensante, motivado e motivador, nem sempre pelos mesmos princípios, com os mesmos objectivos mas, ainda assim.

É pena! As letras, esses bens preciosos e luzidios, carregados de significado maior que as suas sílabas que quando bem arrumados e com música dão origem à melhor das poesias, à mais brilhante serenata, à composição preciosa que se estuda hoje, feita, pensada, organizada há séculos. À obra que se lê sempre, ontem tal como hoje aposto ainda que amanhã.

Quando mal arrumadas, colocando verbos sem substantivos, adjectivos sem nada para adjectivar, ausência de pronomes de posse ou pequenos artigos, fundamentais, ou simplesmente gritadas do alto de uma fúria, da ira, assumem a vez do agressor, ferem, magoam, pedras atiradas não ao charco mas contra a moral de alguém, o credo de alguém, a inocência de alguém, provocando danos maiores que os sinónimos, superiores aos antónimos, irreversíveis.

É pena, mas acontece.

Pior ainda: dizê-las com um determinado intuito oculto esperando, vã esperança, que o interlocutor não chegue lá, não alcance, não entenda, levá-lo por meandros, normalmente pouco claros, a aceitar o que se quer, a anuir a uma qualquer vontade que não a sua, a própria, indiferente ao seu querer, e depois, surpreendidos com a rapidez, o golpe de vista, o vens de carrinho, alterar-lhes o sentido, a forma, o som e o tom, esperando de novo, esperança ainda mais vã, que nisso, também se creia.

É então a altura ideal para o não queriam mais nada! virar costas. E seguir.

PS_ Não, a crónica de hoje não tem nada a ver com o resultado das eleições de Domingo. Acho que já assumi por aqui a minha inaptidão para escrever sobre política, não já? ;)

*Cronista residente

BOCAS DE RUA

Asfixia

- É pá, onde está a asfixia democrática?

- Está na escolha de Sócrates entre a direita e a esquerda...

O CANDIDATO

> Marcelo Rebelo de Sousa já é o novo candidato da direita às próximas eleições presidenciais.

DOIS VENCEDORES


> O socialista e o masoquista.

CARTAS AO DIRECTOR

Caro Senhor

Gostava que abordasse no seu blogue um tema pertinente. Sei que a grande maioria dos nomes escolhidos para as mesas de voto nas eleições depende muito do "amiguismo" de quem está à frente das Juntas de Freguesia que indicam os nomes. No dia das eleições quem vai para as mesas é remunerado. Porque razão é que não existe uma consulta à lista oficial dos desempregados em cada Freguesia para que essas pessoas que já vivem tão mal pudessem ser escolhidas?

Cumprimentos

Maria de Fátima Sousa

ECONOMIA N'OUTROS JORNAIS

Diário Económico

  • Sócrates vende eleições e abre a porta a acordos

O PS venceu as eleições mas perdeu a maioria absoluta. Sócrates vai precisar agora de Paulo Portas para ter maioria no Parlamento. O PSD é o grande derrotado.

  • PT e Zon recebem 300 milhões da Europa para financiar fibra óptica

Operadoras assinam hoje o acordo de empréstimo com o Banco Europeu de Investimento.

  • Falsos depósitos fazem aumentar reclamações contra a banca

A DECO intermediou 7.780 processos contra a banca no primeiro semestre, mais 116% face ao período homólogo. "Falsos" depósitos estão no pódio das queixas.

Público

  • PS não absoluto

O Partido Socialista ganhou as eleições, mas perdeu a maioria absoluta.

  • Menos supervisores para melhorar a supervisão

Proposta do Governo, que aposta em dois supervisores, abandonando o ISP, recolhe algum consenso. Mas o 'timing' não é considerado o melhor.

Diário de Notícias

  • Vitória limitada do PS

Socialistas só aliados ao CDS/PP terão maioria absoluta. Nicholas Sarkozy enviou ontem "calorosas felicitações" ao primeiro-ministro.

  • Produtores de alvarinho contra nova legislação

Autargas de Melgaço e Monção e associação dos viticultores escreveram ao ministro da Agricultura pedindo que os vinhos de mesa não possam fazer referência no rótulo a esta casta.

Jornal de Negócios

  • Parlamento dividido para o PS reinar

O Partido Socialista vende as eleições legislativas, mas perde a maioria absoluta. CDS e Bloco de Esquerda sobem e tornam-se alternativas para acordos ou coligações. A abstenção é, afinal, elevada.

SEM OFENDER

Grande lição Ainda há pessoas com nível e bem formadas

> Já li os mais diversos disparates sobre o resultado das eleições. Alguns, divertem-se a ofender o próximo. Outros, vingam-se através do dislate, depois de terem respirado fundo porque se sentiram à beira de perder o tacho conquistado à custa da cunha. Ainda outros pensam que José Sócrates é o novo Jesus Cristo, que ressuscita e que se fala dele ao longo dos séculos.
Mas no meio de tanta porcaria intelectual, haja Deus, que ainda existem pessoas com muito nível, sérias a concluir sobre o acontecimento eleitoral e educadas a posicionar a sua versão dos factos. O melhor texto que li é sem dúvida o da Luísa. Parabéns.

BOCAS NA RUA

Eleições

- É pá, foste votar?
- Não!
- Por quê?
- Porque o meu partido não fez campanha nem tinha liderança...
- És dos verdes?!
- Não! Dos laranjas...

CARMINDICES


Carmindo Mascarenhas Bordalo*



A CAVAQUITE


> Em finais de Julho escrevi aqui no "Jornal do Pau Para Toda a Obra" :
"...Cavaco vai dedicar-se a todas as manobras públicas e privadas que lhe permitam chegar a 2011 e ser reeleito. O resultado que lhe interessa mais é o de um governo PS enfraquecidíssimo que vá amargando com a crise e lhe permita gozar plenamente da teoria dos ovos e dos cestos (eleger um Presidente de cor diferente da governo). Veta alguns diplomas anormais em que o PS é pródigo, profere uns discursos pesarosos e não precisa de mais esforços (...) não lhe interessa que o seu partido seja governo em época de crise".
Contrariando a tendência de subida do PSD verificada nas eleições europeias, o PS acaba por vencer as legislativas, mas descendo de 45 para 36,5% dos votos e, consequentemente, perdendo a maioria absoluta. Cavaco volta a ter aquilo que tanto persegue desde 2004: afastar o PSD e o CDS da área da governação para não sofrer desgastes que a normal impopularidade de quem governa lhe poderia acarretar. Entretanto, Sócrates sorri satisfeito: continuará a ser Primeiro-Ministro (apesar de com menos votos e menos deputados do que PSD e CDS juntos) e a poder manter-se a si e à corte maçónica com a chave dos cofres do erário do Estado na mão.
Mais uma vez, Cavaco sacrificou o interesse nacional a bem da sua desmedida ambição pessoal. Os escândalos do PS e de Sócrates, o desemprego galopante, a falta de crescimento económico, a desgraça nas escolas, o desbarato de dinheiro público em elefantes brancos e a penalização fiscal dos reformados são varridos para debaixo do tapete porque o eleitorado sentiu que o PSD era igual a Cavaco e que este estava envolvido num escândalo de dimensões gigantescas. O que com Manuela Ferreira Leite, conhecida caixa de ressonância cavaquista, era bem capaz de ser verdade...
Tenha ou não sido essa a intenção de Cavaco, foi o escândalo da encomenda da notícia da vigilância sobre a Presidência que destruiu toda e qualquer esperança de o PSD ganhar: foi depois disso que as sondagens mostraram o PS a descolar e a ganhar avanço. Cavaco Silva é novamente o carrasco do PSD.
Não é em vão que o presidente da distrital do Porto do PSD já afirmou, depois de se conhecerem os resultados eleitorais: "O PSD deve fazer um corte geracional nas suas elites dirigentes e fechar a página do Cavaquismo, libertando-se de todas as suas reminiscências e influências dentro do PSD", acrescentando que "partido deve, claramente, distanciar-se de Cavaco Silva" .
E mais declarou o vice-presidente laranja, Aguiar Branco: "É evidente que houve alguns factos que fizeram desviar as atenções durante a campanha eleitoral, nomeadamente o facto relacionado com as escutas da Presidência da República. Foi uma situação que fez desviar as atenções".
É o lodaçal cavaquista no seu esplendor: PS socratino e dependente de terceiros; PSD à deriva.
Quem lucrou, graças à sua capacidade política e clara inteligência, foi Paulo Portas: o CDS consegue ser a 3ª força política contra todas as sondagens, consegue o melhor resultado desde Lucas Pires e tem 1/3 dos votos do PSD. Parte do eleitorado mais conservador do PSD mostrou que não gosta das cuspidelas de Cavaco.

*Professor Catedrático Jubilado, cronista residente

domingo, setembro 27, 2009

ELEIÇÕES'09

> Acompanhe os resultados AQUI

INFORMAÇÃO CORRECTA

> A última informação que o JORNAL DO PAU publicou sobre sondagens vinda dos nossos amigos que trabalham numa empresa de sondagens estava quase certa, com a vitória do PS e a grande subida do CDS.

Relembramos o resultado que publicámos.
PS - 35%
PSD - 31%
CDS - 10%
CDU - 9%
BE - 8%

O PSD TEVE O QUE MERECIA

> O PSD com uma líder que não faz comícios, que não baixa ao povo, que louva Alberto João Jardim, que escolhe candidatos com processos-crime e que despreza figuras gratas do partido como Luís Filipe Menezes, Pedro Passos Coelho e Ângelo Correia, não pode nunca ganhar quaisquer eleições para a Assembleia da República. Com um Presidente da República que foi eleito pelo PSD e que em plena campanha eleitoral demite o assessor principal e deixa na mente dos eleitores que algo foi inventado para denegrir a imagem do primeiro-ministro, nunca o PSD poderia ganhar as eleições.

PS GANHOU

> O PS ganhou as eleições legislativas, segundo as projecções.

MAIS ABSTENÇÃO

Eleições'09

> A abstenção situar-se-á entre os 36,9 e os 41,1 por cento, a maior de sempre em eleições legislativas, revelam dados provisórios da SIC e Eurosondagem. Nas últimas legislativas, a abstenção fixou-se nos 34,98 por cento.

BREAKING NEWS

> Um acidente em Felgueiras envolvendo uma viatura dos Bombeiros Voluntários de Esposende provocou este domingo três vítimas mortais e dois feridos graves.

HAMILTON VOLTA A GANHAR

> Segunda vitória de Lewis Hamilton este ano, numa corrida em que controlou do princípio ao fim. Segundo posto para Timo Glock, que coloca a Toyota de novo na senda dos bons resultados, que já andava arredada desde o início de época.
Vitória de Lewis Hamilton, Button mais líder -

Terceiro lugar para Fernando Alonso, naquele que é o seu melhor resultado do ano. Sébastien Vettel foi quarto, na frente de Jenson Button, que por sua vez ficou classificado imediatamente na frente de Rubens Barrichello, o que neste contexto é uma excelente operação para o campeonato, que cada vez está mais no seu 'papo'.


O piloto inglês passa a ter 15 pontos de avanço para o brasileiro, que desta feita, e apesar de partir na frente do seu companheiro de equipa, não logrou transformar essa situação em pontos recuperados.


Hamilton aproveitou bem o facto de partir da pole-position para vencer, enquanto Timo Glock (Toyota) e Fernando Alonso (Renault) completaram o pódio. Todos eles beneficiaram, no entanto, das penalizações atribuídas a Nico Rosberg (cruzou a linha branca da saída das boxes) e Sebastian Vettel (excesso de velocidade nas boxes). Os dois alemães foram ameaças sérias à liderança de Hamilton, mas Rosberg ficou sem hipóteses depois do acidente entre Sutil e Heidfeld, que levou à entrada do safety-car e Vettel, perdeu qualquer hipótese quando foi obrigado a cumprir o 'drive-trough'.


A encerrar os lugares pontuáveis, ficaram Heikki Kovalainen (McLaren-Mercedes) e Robert Kubica (BMW Sauber), enquanto a Ferrari teve uma prestação completamente anónima.
Kimi Raikkonen foi 10º e Giancarlo Fisichella, 13º, o que coloca a Scuderia sob forte ameaça da McLaren nos Construtores.


Classificação:


1. Hamilton McLaren-Mercedes 1h56:06.337
2. Glock Toyota a 9.634
3. Alonso Renault a 16.624
4. Vettel Red Bull-Renault a 20.261
5. Button Brawn-Mercedes a 30.015
6. Barrichello Brawn-Mercedes a 31.858
7. Kovalainen McLaren-Mercedes a 36.157
8. Kubica BMW Sauber a 55.054
9. Nakajima Williams-Toyota a 56.054
10. Raikkonen Ferrari a 58.892
11. Rosberg Williams-Toyota a 59.777
12. Trulli Toyota a 1:13.009
13. Fisichella Ferrari a 1:19.890
14. Liuzzi Force India-Mercedes a 1:33.502


volta mais rápida: Alonso, 1:48.240


Abandonos:


Alguersuari Toro Rosso-Ferrari 48ª volta
Buemi Toro Rosso-Ferrari 48ª volta
Webber Red Bull-Renault 46ª volta
Sutil Force India-Mercedes 24ª volta
Heidfeld BMW Sauber 20ª volta
Grosjean Renault 4ª volta



Mundial de Pilotos:


1. Button 84
2. Barrichello 69
3. Vettel 59
4. Webber 51.5
5. Raikkonen 40
6. Hamilton 37
7. Rosberg 30.5
8. Alonso 26
9. Glock 24
10. Trulli 22.
11. Kovalainen 22
12. Massa 22
13. Heidfeld 12
14. Kubica 9
15. Fisichella 8
16. Sutil 5
17. Buemi 3
18. Bourdais 2


1 Brawn-Mercedes 153
2 Red Bull-Renault 110.5
3 Ferrari 62
4 McLaren-Mercedes 59
5 Toyota 46.5
6 Williams-Toyota 30.5
7 Renault 26
8 BMW Sauber 21
9 Force India-Mercedes 13
10 Toro Rosso-Ferrari 5

In Autosport

HÁ SEMPRE UM CAMINHO PARA IR VOTAR

PÁGINA DE HUMOR


QUANDO FOR GRANDE QUERO SER DO GOVERNO

MENU DO DIA

Jerónimo de Sousa - Migas com carne de porco
José Sócrates - Paella à Valenciana
Paulo Portas - Caldeirada à Nazaré
Manuela Ferreira Leite - Bacalhau à Brás
Francisco Louçã - Esparguete à Napolitana
Gonçalo Câmara Pereira - Rabada do Rei
Garcia Pereira - Salada mista
Eduardo Correia - Cozido à portuguesa
Carmelinda Pereira - Sopa dos pobres

sábado, setembro 26, 2009

TANTA SORTE

> Nunca vi uma equipa com tanta sorte. O FC Porto conseguiu um golo no início do jogo com o Sporting na sequência de uma falta que nunca existiu. O jogador do Porto foi contra as pernas do defesa sportinguista e é marcada falta escandalosa. De seguida Helder Postiga remata de cabeça ao poste e noutro lance Helton vai sacar a bola em cima da linha de golo. Num outro remate Helton defende com os pés. Rui Patrício defendeu um penalti depois do árbitro ter inventado um primeiro amarelo a Polga. Com o segundo amarelo o árbitro cumpriu a missão em prejudicar o Sporting expulsando Polga. Neste momento, aos 70 minutos de jogo o Sporting merecia o empate. Não quero ver mais.

POLITÓLOGO

> Em face da leitura de todos os jornais que têm publicado artigos assinados por "politólogos" e de ver e ouvir na televisão e rádio os mais diferentes "politólogos" que de política pouco ou nada entendem, declaro pela minha honra e vontade de rir... que a partir de hoje autoproclamei-me "politólogo".
Portanto, quando me escreverem não se esqueçam de se dirigirem a mim nos seguintes termos: excelentíssimo senhor doutor politólogo comentador do Jornal do Pau... é que na quinta-feira passada liguei para a SIC para falar com um "politólogo" e a telefonista (?) respondeu-me que "o senhor doutor politólogo comentador não pode atender porque ainda está no estúdio"...

GENIAL


PROFESSORA LÉSBICA LEVA 15 MESES DE PRISÃO


> Foi uma estudante brilhante, uma trompetista promissora, uma professora popular numa escola prestigiada de Londres. Um dia apaixonou-se por uma aluna de 15 anos. Em Julho estalou o escândalo. A polícia vasculhou a sua casa e os jornais relataram o conteúdo das mensagens de telemóvel mais ou menos explícitas que trocava com a menor. Esta semana, Helen Goddard, a "jazz lady", como era conhecida, foi condenada a 15 meses de prisão.

O QUE AS PESSOAS NÃO SABEM


> A greve dos pilotos da TAP tem provocado um prejuízo sem precedentes à companhia de bandeira portuguesa. Os pilotos podem ter cativado a opinião pública quando fizeram transparecer que as suas condições de trabalho eram degradantes.
Todavia, a maioria do povo desconhece que muitos dos 800 pilotos tirou o curso na Força Aérea e não gastou um euro na sua formação. Passados uns aninhos "transferiram-se" para a TAP e começaram a conhecer o mundo. Alguns deles entraram para o areópago dos negócios porque a sua carreira proporciona as maiores facilidades para o efeito, e cala-te boca.
Para esclarecimento geral, falta acrescentar que a TAP conta nos seus quadros com 800 pilotos que ganham um salário médio bruto na ordem dos 8.600 euros, que subiria em mais mil euros face ao aumento de nove por cento exigido pelo Sindicato dos Pilotos de Aviação Civil (SPAC).
Desde quando é que alguém vive mal neste mundo com um salário mensal de 8.600 euros? E os pilotos de helicópteros, de barcos, de comboios e de metropolitanos, também não arriscam a vida a todo o momento? E quanto ganham?

O PIOR COMENTADOR

> Há pessoas que se for necessário até são capazes de ficar nuas na praça pública para mudarem de casaca. Depois de duas semanas de campanha eleitoral e de assistirmos aos comentários mais díspares nos diferentes canais de televisão, não temos dúvida em eleger como o PIOR comentador de política um senhor chamado Luís Delgado.

SÓCRATES É O PIOR

> O actual primeiro-ministro, José Sócrates, vai a votos no próximo domingo. Ainda que as sondagens mais recentes lhe dêem uma ligeira vantagem sobre Manuela Ferreira Leite, de uma coisa não se livra: do rótulo de pior primeiro-ministro desde 1985, ano em que Portugal aderiu à CEE.

Sócrates é apontado por 27% dos inquiridos (num total de 800 entrevistados) como o pior chefe do Governo da era europeia, batendo por quatro pontos percentuais o seu antecessor, Pedro Santana Lopes. Esta é uma das principais conclusões do estudo exclusivo que a Exame encomendou ao Gabinete de Estudos de Mercado e de Opinião, do IPAM (Instituto Português de Administração e Marketing).

RASGOU O CARTÃO


> Esta manhã, um motorista de táxi deixou-me estupefacto. Falámos de futebol a propósito do FC Porto-Sporting de hoje e qual não foi o meu espanto quando o homem pára o carro e diz: "Olhe meu amigo! O futebol para mim acabou... está a ver isto?... era o meu cartão de sócio do Benfica... cortei-o com uma tesoura como está a ver... não quero mais nada com um clube que é dirigido por um orelhas de merda que vira a casaca a toda a hora e que me deu o maior desgosto da vida... apareceu ao lado do Sócrates... desse merdas que nos deixou a todos na miséria... só na minha família estão onze desempregados... o orelhas como presidente de um clube como o Benfica nunca podia aparecer em público a apoiar o Sócrates... o Benfica não pode ser misturado com aldrabões... ficamos iguais a eles!

VIRAR DE PÁGINA

Blogues A Minha Matilde & Cª

OS POBRES


> Os pobres também têm direito ao Sol. Também devem usufruir da natureza. Também devem brincar. Também devem conviver. Também devem correr e conversar. Com apenas uma ida de autocarro, as famílias pobres de Lisboa podem ir para um local aprazível e relaxante. Para o parque em Belém, mesmo em frente à pastelaria que vende os famosos pastéis.

PENSAMENTOS

> Recomeçar é perceber quanto fomos enganados.

MAIS VALIA ESTAR CALADO

> O director do 'Diário de Notícias' publicou hoje um texto a própósito do caso vergonhoso que o seu jornal trouxe a público sobre a publicação do email pertencente ao concorrente 'Público'. João Marcelino pretendeu justificar o injustificável. Até pode escrever um livro sobre o assunto que nem o porteiro do meu prédio conseguirá convencer depois do acto indigno a que deu cobertura. Mais valia estar calado.

sexta-feira, setembro 25, 2009

ELEIÇÕES 2009 - VOTOS DOS LEITORES

> Os leitores do JORNAL DO PAU votaram para as Eleições Legislativas na nossa barra lateral. Os resultados foram os seguintes entre 273 leitores.
PS - 58 - 21%
CDU - 36 - 13%
PSD - 98 - 36%
BE - 23 - 8%
CDS - 31 - 11%
MMS - 4 - 1%
Outros - 2 - 1%
Votos brancos - 9 - 3%
Não voto - 12 - 4%

GOVERNO AÇORIANO ESTÁ LOUCO

> A Direcção Regional de Saúde do Governo dos Açores decidiu esta tarde manter todas as actividades lectivas na Escola Básica e Integrada da Maia, onde estão confirmados 43 casos de gripe A, entre um total de 602 alunos, professores e funcionários.

DESAFIO


Jorge Cabral*



QUE PENA, IRMOS VOTAR…

Domingo, votaremos numa eleição de que deveria resultar uma nova Assembleia da República. Mas assim não é. Que pena!!!...

Na verdade contar-se-ão pelos dedos as caras novas que nascerão desta votação. Portanto, votamos para quê? Para apregoarmos aos sete ventos que isto é um País com uma prática democrática inquestionável? Para calar os descontentes? Para legitimar os incapazes? Para inviabilizar qualquer acção que quebre esta calamidade que é a eternização de Partidos infestados de criminosos e de má gente; sacos azuis, negócios da “fruta”, contas chorudas em nome de taxistas, “baús” com pastas comprometedoras em casas de banho, contas bancárias sem justificação e de todos os tamanhos cores e feitios, atitudes próprias de bandalhos e cafagestes, influências, favores e decisões pagas a peso de ouro e pela porta do cavalo, gente sem coluna vertebral que quando lhe acenam com melhores poleiros logo viram as costas aos compromissos assumidos para com os eleitores e para com o País, gente ostensiva e enojantemente mentirosa, gente que promete e faz o contrário, gente que não conhece a humildade que tem que ser, momento a momento, o servir a causa pública, logo assumindo formas de comportamento insuportáveis quando se sente com o “poder” nas mãos, enfim, gente sem dimensão nem qualidade. É para eternizar estes merdas, que votamos. Que ninguém tenha quaisquer ilusões disto.

Mais há mais penas a lastimar. Infelizmente, digo eu. Eles, seguramente dirão o contrário.

- É pena que não haja oposições que ganhem, porque sempre que estas tomaram o poder, foi porque quem o detinha perdeu.

- É pena que não haja eleitores com memória. Especialmente, os militares, os polícias, os profissionais da Justiça, os Professores, os Médicos e os Enfermeiros, os Lavradores, os Pescadores, os pequenos e médios empresários e as classes mais desfavorecidas em geral.

- É pena que só os banqueiros e os que mandam na energia e nas petrolíferas se lembrem que é altura de pagar a factura e que os outros, os que não têm memória, nem papel para a fazer têm.

- É pena que os novos Partidos não possam ter quaisquer pretensões de serem sequer conhecidos.

- É pena que aos Partidos pequenos não seja na prática dada voz audível.

- É pena que a Lei eleitoral esteja talhada à medida deste stato quo.

- É pena que os eleitores tenham estômagos para os quais não há “sapos” que cheguem.

- É pena que a vergonha não abunde nos políticos, obrigando-os a conter-se na satisfação dos seus interesses insaciáveis.

- É pena termos um Presidente que nem falar sabe e que quando faz alguma coisa ficamos com a sensação que melhor seria que ficasse quieto.

- É pena termos um Primeiro-Ministro tão ignóbil.

- Uma líder da oposição que não é coisa nenhuma, nem quer ser.

- É pena não podermos ter grande esperança num futuro com estes “artolas”, já que, artolas sem aspas somos nós, mas isto, também é pena.

Estou pois convicto que destas eleições resultará a mesma força de poder que hoje vigora, com ou sem maioria absoluta, pouco se alterará e quanto ao Sr. Presidente também já foram feitas as jogadas do seu futuro. Nada nem ninguém me convence que este indivíduo, não tivesse gerado o lamentável granel com que andamos há dias a ser martirizados, com a intenção de garantir a eleição para o seu 2º mandato. Senão vejamos:

    1 - Ele anda ou não há mais de 3 anos a fazer iniludíveis favores a José Sócrates? Alguém tem dúvidas que com Mário Soares ou com Alegre já estavam as relações em brasa”?

    2 – Se agora ganhasse o PSD e mesmo que este tivesse que fazer algum acordo com o PP para constituir Governo, era ou não mais que provável que na próxima eleição presidencial o eleitorado optasse por um Presidente da ala esquerda.

    3 – E se esse candidato fosse o Alegre quem é que tem duvida que seria o eleito.

    Ou seja,

    4 – Com sérios riscos do PSD vir a obter mais votos que o PS nestas eleições, o Sr.Silva não teve outra chance que não fosse criar este triste e lastimável episódio e geri-lo da forma que pior denegrisse a área política a que pertence.

    5 – E aí estão os resultados – sabemos que a Drª Ferreira Leite é fraca, burra (eu sabia que era teimosa mas desconhecia que fosse tão burra, todavia depois de estar atento a alguns dos seus últimos “lapsos” não posso tirar outra conclusão) e que, como animal político é impossível ser-se pior, mas, sejamos honestos, com uma “ajuda” destas ninguém aguentaria.

    6 – Com um governo de esquerda, das duas uma: ou continua com a “coexistência pacífica”, a que eu chamaria “coexistência estratégica” e na altura certa o amigo Sócrates pagará o favor, ou, se não o fizer ainda lhe resta a esperança de ser reeleito por pertencer (será que pertence?) a área política diferente do partido que detém o poder.

    Oxalá eu não tivesse razão. Mas se tiver, confesso que tenho pena!

    *Cronista residente

ADEUS MAGRITTE



> Dois homens de tipo "asiático" roubaram ontem de manhã e em dois minutos um quadro do famoso pintor surrealista belga René Magritte, com um valor estimado entre 750 mil e três milhões de euros.
O quadro, intitulado Olympia, de 1948 e representando uma mulher nua reclinada com uma concha em cima da barriga, estava exposto num pequeno museu instalado na casa de Bruxelas em que o pintor viveu mais tempo - entre 1930 e 1954 - e onde pintou grande parte das suas obras.
Este museu, independente - e concorrente - do grande museu Magritte inaugurado igualmente em Bruxelas em Junho deste ano, tem a particularidade de só aceitar visitas por reserva prévia e com hora marcada.
De acordo com os relatos das testemunhas e da polícia, os dois ladrões "de tipo asiático", falando um francês e o outro inglês, apresentaram-se ontem de manhã no museu logo após a abertura, às 10 horas locais.
Não tendo hora marcada, pediram para visitar o museu ao mesmo tempo que os dois turistas japoneses presentes. Mal entraram, um deles sacou da pistola e obrigou os turistas e os três empregados presentes a deitar-se no chão do jardim da casa, enquanto o outro galgava a parede de vidro de um metro e meio que separa o público do quadro para o apanhar.
Segundo a polícia, os dois ladrões, que operaram de "cara destapada", fugiram de carro sem ter disparado qualquer tiro. Nenhum dos presentes foi ferido, mas todos reconheceram estar em estado de choque.
René Magritte, que viveu entre 1898 e 1967, é um dos pintores mais relevantes do movimento surrealista. A sua obra é conhecida sobretudo pelas telas que reproduzem o céu de Bruxelas sobre vários motivos - incluindo uma pomba de asas abertas -, homens de fato escuro suspensos no ar, o homem de maçã verde na cara ou o cachimbo sob o título "isto não é um cachimbo".
Para o Olympia, o quadro mais valioso do pequeno museu e cujo modelo foi a sua mulher, Georgette Magritte, o pintor inspirou-se numa tela de Edouard Manet, lembra a agência France Presse.

VIRAR DE PÁGINA

Blogues Feira dos Chocalhos

MULHER PORTUGUESA TEM RAÇA


> Maria Ramos, actual CEO do grupo sul-africano ABSA, é a nona mulher de negócios mais influente do mundo, segundo o 'ranking' internacional da revista "Fortune".
A tabela da revista "Fortune" com as 50 mulheres mais influentes do mundo de negócios é liderada por Cynthia Carroll, CEO do grupo britânico Anglo American, seguida da australiana Gail Kelly da Westpac e da britânica Marjorie Scardino, da Pearson, que ocupam a segunda e a terceira posições.
Em nono lugar do 'ranking' surge a economista portuguesa Maria da Conceição Ramos. A empresária nasceu em Lisboa, em 1959, tendo emigrado com os pais quando era ainda criança para a África do Sul.
A luso-sul-africana formou-se em economia na Universidade de Witwatersrand, juntando-se ao Congresso Nacional Africano nos finais da década de 1980 e ocupou o cargo de directora-geral do Tesouro no primeiro Governo de Nelson Mandela, após concluir um mestrado numa universidade britânica.
Maria Ramos ocupa desde 1 de Março último o cargo de presidente-executiva do grupo ABSA, um dos maiores bancos sul-africanos que é detido pelo Barclays.

ECONOMIA N'OUTROS JORNAIS

Diário Económico

  • BPN deu 15 milhões a gestores em pagamentos clandestinos

O Ministério Público e a gestão do BPN estão a investigar pagamentos ilegais a 48 administradores e colaboradores do banco nacionalizado.

  • Pilotos da TAP fazem novas ameaças depois de sucesso da greve

Os pilotos da TAP cumpriram ontem o primeiro dia de greve e os sindicatos reclamam um nível de adesão de 98% que terá obrigado a cancelar 172 voos. A TAP garante que conseguiu evitar "o caos", mas já está a enfrentar ameaças de novas paralisações.

  • Descubra quais as estreias em bolsa que ainda vão dar dinheiro

Galp Energia, REN, Martifer, EDP Renováveis e Benfica foram as últimas empresas a vender acções em bolsa. Com a recuperação dos mercados, saiba onde vale a pena investir.


Público

  • "O mundo não pode pedir ao G20 mais do que o G20 é capaz de dar"

Durão Barroso quer uma atenção especial à regulação financeira para que não se repitam as situações que estiveram na origem da crise.

  • Greve não gerou caos nos aeroportos

Hoje deve registar-se novo cancelamento de voos. Sindicato dos Pilotos espera níveis elevados de adesão. Esta é a quarta greve que o grupo TAP já enfrentou desde o início do ano.

Diário de Notícias

  • Três investidores pedem a falência da SLN

O não pagamento de empréstimos por subscrição de papel comercial leva investidores a solicitar a insolvência da ex-holding do BPN no Tribunal do Comércio de Lisboa.

  • Greve dos pilotos gera confusão na Portela

Passageiros esperaram horas junto ao balcão da TAP para garantir uma solução para viagens canceladas. A maioria queixa-se da falta de aviso prévio da companhia aérea.

Jornal de Negócios

  • Terminal da Motorola para forças policiais custa o dobro

O Governo adjudicou a compra de 18 mil terminais para as comunicações das forças de segurança a dois fornecedores. Mil vão ser adquiridos à Motorola, por um preço unitário de 1.919 euros; 17 mil serão comprados à Sepura por 769 euros cada.

O CASO É GRAVE


> Segundo o 'Expresso' o caso da vigilância externa ao Palácio de Belém é "grave" e fontes próximas do Presidente da República insistem que existiram factos de extrema gravidade. O mesmo semanário publica declarações do procurador-geral da República no sentido de que Cavaco Silva tem de se explicar aos portugueses.

TRUQUES DE MAIO

> Esta manhã na Antena 1 a editora Eduarda Maio (a mesma que publicou a biografia de Sócrates) mais uma vez esqueceu-se de meter férias para ajudar a campanha do PS e veio ao éter com mais um truque para ajudar o PS a ganhar as eleições. Bom trabalho de maquiavelismo radiofónico. A senhora Maio, a dada altura do noticiário, introduziu a vertente "humor" que tem feito parte da campanha e para ilustrar essa vertente anunciou que tinha ali em directo um humorista para falar do tema. Bem, vocês nem acreditam. O interlocutor da Maio era cartoonista e quando o homem abriu a boca foi só para dizer que "o PS criou uma dinâmica de vitória" e repetiu a mesma coisa mais duas vezes e que "o PSD criou uma dinâmica de derrota" e repetiu. Vocês riram-se? Eu também não.
Quem se deve rir de todos nós é a tal comissária política com nome de mês de Fátima...

SÓ QUERIA ENTENDER


> O semanário 'Sol' informa que Fernando Lima vai ficar em Belém porque o Presidente da República mantém a confiança no assessor. Se mantém a confiança, então, que mal fez Lima para ser demitido? E foi demitido ou promovido?...

CARRASCO

> Alberto João Jardim discursou no Funchal perante milhares de apoiantes. Exigiu ao Presidente da República que se pronuncie sobre a sua posição da possibilidade do Bloco de Esquerda poder vir a formar governo com o PS. Jardim ainda gritou que "Sócrates é o carrasco de todos os madeirenses".

INACREDITÁVEL

> Passam três minutos da meia-noite. Vejo o jornal da SIC Notícias. Oiço o apresentador dizer que "o PS e José Sócrates tiveram o maior banho de multidão" de toda a campanha. No entanto, o audio da reportagem deixava claramente ouvir-se alguém na rua a gritar para Sócrates: "Mentiroso! Gatuno! Aldrabão!".
Que rico banho...

quinta-feira, setembro 24, 2009

SONDAGENS CONTRADITÓRIAS

> A informação que chegou ao JORNAL DO PAU através de dois vectores correspondentes a diferentes empresas direccionadas para recolha de sondagens apresenta resultados distintos.

Informação 1

PS - 35%
PSD - 31%
CDS - 10%
CDU - 9%
BE - 8%

Indecisos - 26%

Informação 2

PSD - 33%
PS - 31%
CDU - 11%
CDS - 9%
BE - 8%

Indecisos - 14%

GOSTA DOS U2?


> Eu gosto muito. E terei o prazer de os rever em Portugal,. Desde já anuncio para quantos gostam dos U2 que a banda irlandesa vai regressar a Portugal. No próximo dia 2 de Outubro de 2010, os U2 vão actuar em Coimbra. Reserve já o seu bilhete.

A MAFIA DE LELO

> O dirigente do PS José Lelo, e o secretário de Estado das Comunidades, António Braga, são acusados de negociar cargos em troca de financiamento partidário com o empresário Licínio Santos envolvido na Máfia dos Bingos, adiantou hoje a TSF. A acusação partiu de Aníbal Araújo, outro membro do PS que foi cabeça-de-lista pelo círculo de Fora da Europa, nas legislativas de 2005.
Tanto Lelo como Braga disseram em declarações à rádio desconhecer se o empresário financiou o PS. Mas Aníbal Araújo afirmou que os dois negociaram directamente com o empresário. O cabeça-de-lista tinha sido também financiado pelo mesmo empresário que foi detido após a Operação Furacão que desmantelou a Máfia dos Bingos.
Segundo a TSF o ex-cabeça-de-lista acusou José Lelo de oferecer o consulado honorário em Cabo Frio, no Brasil, um lugar na administração da empresa de telecomunicações Vivo e o controlo da Águas de Portugal na cidade brasileira. O empresário chegou a estar detido no Brasil, actualmente está em liberdade a aguardar o seu julgamento.
A Máfia dos Bingos foi acusada de negociar sentenças judiciais e decisões políticas para beneficiar casas de bingo e de máquinas de jogos de azar.

A PHOTO LIKE THIS JUST DOESN'T COME ALONG EVERY DAY!

MINISTRA QUE NÃO SABE O QUE DIZ

> O director clínico do Hospital de Santo António afirmou hoje que o quadro clínico do doente que quarta-feira morreu nesta unidade de saúde "nunca foi sugestivo de gripe A" e que a causa do óbito, confirmada laboratorialmente, foi "infecção bacteriana". Leia +

TIMOR-LESTE TEM NOVO EMBAIXADOR EM PORTUGAL

Foto do site da Presidência da República





FOTOS EXCLUSIVAS


Natália Carrascalão Apresentou credenciais ao Presidente Cavaco Silva

>
A luso-timorense Natália Carrascalão apresentou esta manhã as cartas credenciais ao Presidente da República como a nova embaixadora de Timor-Leste em Portugal.
Numa cerimónia que decorreu entre o Mosteiro dos Jerónimos e o Palácio de Belém, com a guarda de honra a cargo de uma Companhia a cavalo da GNR, a nova embaixadora teve muitos timorenses e amigos a saudá-la.
Natália Carrascalão foi anteriormente deputada do PSD na Assembleia da República portuguesa.