quinta-feira, abril 30, 2009

A Melhor do Mês (5)

Tirar o chapéu

A António José Seguro. O único deputado que está com o sentir do povo. O único que votou contra os partidos obterem mais dinheiro sabe-se lá de quem...

Quentinhos...

A Feira do Livro já abriu

O civismo português é assim...

Não deixe que lhe roubem a Internet

VOTAÇAO NO PARLAMENTO EUROPEU NO DIA 5 DE MAIO DE 2009

Não deixe que o Parlamento Europeu lhe feche a internet... não haverá volta atrás!

Aja agora!
O acesso à internet não é condicional

Todos os que têm um site, blog bem como todos aqueles que usam o Google ou o Skype, todos aqueles que gostam de expressar as suas opiniões livremente, investigarem do modo que entendem seja para questões pessoais, profissionais ou académicas, todos os que fazem compras online, fazem amigos online, ouvem música ou vêm videos...

Milhões de europeus dependem da internet quer seja directa ou indirectamente no seu estilo de vida. Tirá-la, limitá-la, restringi-la ou condicioná-la, terá um impacto directo naquilo que fazemos. E se um pequeno negócio depender da internet para sobreviver, torná-la inacessível num período de crise como o que vivemos não pode ser bom.

Pois a internet que conhecemos está em vias de extinção através das novas regras que a União Europeia quer propôr no final de Abril. Segundo estas leis, os provedores de serviço, ou seja as empresas que nos fornecem a internet, PT, Zon, Clix entre muitas outras, vão poder legalmente limitar o número de websites que visitamos, além de nos poderem limitar o uso ou subscrição de quaisquer serviços que queiramos de algum site.

As pessoas passarão a ter uma espécie pacotes de internet parecidos com os da actual televisão. Será publicitada com muitos "novos serviços" mas estes serão exclusivamente controlados pelo fornecedor de internet, e com opções de acesso a sites altamente restringidas.

Isto significa que a internet sera empacotada e a sua capacidade de aceder e colocar conteúdo será severamente restringida. Criará pacotes de acessibilidade na internet, que não se adequam ao uso actual que damos à internet hoje.

A razão é simples...

Hoje a internet permite trocas entre pessoas que não são controladas ou promovidas pelo intermediário (o estado ou uma grande empresa), e esta situação melhora de facto a vida das pessoas mas força as grandes corporações a perderem poder, controle e lucros. E é por isso que estas empresas forçam os políticos "amigos" a agirem perante esta situação.
A desculpa é a pirataria de filmes e música, mas as verdadeiras vítimas seremos todos nós, a democracia e a independência cultural e informativa do cidadão.

Recentemente, vieram com a ideia que a pirataria de vídeos e música promove o terrorismo (http://diario.iol.pt/tecnologia/mapinet-internet-pirataria-terrorismo-crime-tvi24/1058509-4069.html ) para que seja impensável ao cidadão comum não estar de acordo com as novas regras...

Pense no modo como usa a internet! Que significaria caso a sua liberdade de escolha lhe fosse retirada?

Hoje em dia, a internet é sobre a vida e liberdade. É sobre fazer compras online, reservar bilhetes de cinema, férias, aprendermos coisas novas, procurar emprego, acedermos ao nosso banco e fazermos comércio.
Mas é também sobre coisas divertidas como namorar, conversar, convidar amigos, ouvir música, ver humor, ou mesmo ter uma segunda vida.
Ela ajuda-nos a expressarmo-nos, inovarmos, colaborarmos, partilharmos, ajuda-nos a ter novas ideias e a prosperar... tudo sem a ajuda de intermediários.

Mas com estas novas regras, os fornecedores de internet escolherão onde faremos tudo isso, se é que nos deixarão fazer.

Caso os sites que visitamos, ou que nós criámos não estejam incluídos nesses pacotes oferecidos por estas empresas, ninguém os poderá encontrar.

Se somos donos de um site ou de um blog e não formos ricos ou tivermos amigos poderosos, teremos de fechar.

Só os grandes prevalecerão, com a desculpa de que os pequenos não geram tráfego suficiente para justificar serem incluídos no pacote.

Continuaremos a ter a Amazon, a Fnac ou o site das finanças, mas poucos mais.

Os telefonemas gratuitos pela internet decerto que acabarão ( como já se passa nalguns países da Europa) e os pequenos negócios e grupos de discussão desaparecerão, sobretudo aqueles que mais interessam, os que podem e querem partilhar a sua sabedoria gratuitamente com o mundo.

Se nada fizermos perderemos quase de certeza a nossa liberdade e uso livre da internet.

A proposta no Parlamento Europeu arrisca o nosso futuro porque está prestes a tornar-se lei, uma lei quase impossível de reverter.

Muitas pessoas, incluíndo deputados do Parlamento Europeu que a vão votar positivamente, não fazem a menor ideia do que isto pode querer dizer, nem se apercebem das implicações brutais que estas regras terão na economia, sociedade e liberdade. Estas medidas vêm embrulhadas numa coisa chamada "Pacote das Telecom´s" disfarçando estas leis de algo que apenas é relativo à indústria das telecomunicações.

Mas na verdade, tudo não passa de regras sobre o uso futuro da internet. A liberdade está a ser riscada do mapa.

Nestas leis propostas, estão incluídas regras que obrigam as Telecoms a informaram os cidadãos das condições em que o acesso à internet é fornecido. Parece ser uma coisa boa, em nome da transparência, mas não passa de uma diversão para poderem afirmar que podem limitar o nosso acesso à liberdade na internet, apenas terão é que informar-nos disso.

O futuro da internet está em jogo e precisamos de agir já para o salvar.
Diga ao Parlamento Europeu que não quer que estas alterações sejam votadas.
Lembre-os que as eleições europeias são em Junho e que a internet ainda nos dá alguma liberdade para que possamos observar e julgar os seus actos no Parlamento.
Saiba que não está sozinho(a) nesta luta... Enquanto lê isto, centenas e centenas de outras organizações estão a trabalhar para que esta mensagem chegue a quem de direito. Milhares de pessoas estão também a contactar os seus deputados neste sentido. Ajude-se a si mesmo, colabore e faça o que pode por esta causa...

A internet é tão sua como deles...

Divulgue esta mensagem o mais que possa...

Faça Copy/Paste do texto em baixo e envie aos Deputados do Parlamento Europeu!

Aqui vão alguns endereços:

Texto:

Dear Deputy

I’d like to draw your attention to the Telecoms Package which I believe will be voted on by the European Parliament committees at the end of March and again on 21 April by all MEPs.

I have serious concerns that the changes that the European Parliament is proposing will adversely affect business in the European Union.
I understand that the European Parliament is proposing to include changes to the law which will affect my access to the Internet, and which may limit, restrict or place conditions on my ability to access websites and services.

I use the Internet every day to work, shop, socialise, bank, research, listen to music, enjoy cultural activities, talk to friends and family, order tickets, choose my holidays, pursue my interests and hobbies...and much more.

The changes in the law that the European Parliament is proposing will permit my broadband provider to offer me a limited, restricted or conditional service. My concern is that such changes will kill the life of the Internet as we know it, and could have serious, detrimental economic impact on Europe’s economy.

I am writing to ask you, as my representative in the European Parliament, to vote to protect our right to trade and do business using the Internet.

As we live in a democratic society, we need to openly debate these issues and establish the principles for the Internet as society.

Please support amendments which safeguard my rights to access and distribute content, services and applications and reject any text which talks about ‘lawful content’ or about placing limitations, restrictions or conditions on my Internet access. In particular, I would like you to guarantee my rights to freely use the Internet, and ensure that all websites and services are accessible to all users.

Yours sincerely ,


Para mais informações sobre a lei:

http://www.laquadrature.net/en/telecoms-package-towards-a-bad-compromise-on-net-discrimination

http://www.laquadrature.net/wiki/Telecoms_Package

http://en.wikipedia.org/wiki/Telecoms_Package

http://www.blackouteurope.eu/

Em defesa dos animais


Caros sócios, padrinhos e amigos,
A nossa querida amiga e sócia de há muitos anos, Vera Prokic irá dar um concerto juntamente com a pianista Jelena Vjestica, a favor dos cães da APCA e das crianças da associação "Crescer Ser".
Teremos muito gosto em que participem neste convívio a favor dos mais desprotegidos. Os tempos que atravessamos são muito duros e todas as ajudas são fundamentais.
Temos a certeza de que irão gostar imenso do concerto!
Os nossos cães agradecem a solidariedade!
Um abraço

Associação de Protecção aos Cães Abandonados
www.apca.org.pt
info@apca.org.pt

Fernanda Câncio devia ter vergonha e mudar de profissão. Diz-se jornalista e foi apresentar queixa à Comissão da Carteira Profissional dos Jornalistas contra vários jornalistas por estes terem escrito nos seus órgãos de comunicação social que ela é "namorada" de José Sócrates. Ridículo, arrogante, falso companheirismo, necessidade de vedetismo e método ignóbil de estar na vida. A senhora faz companhia amíude ao actual primeiro-ministro nas mais diversas cerimónias públicas. Faz-se transpotar no carro do Estado ao lado de José Sócrates. Passa férias nos mais diferentes países na companhia de José Sócrates e, em alguns casos, com os filhos deste. Sempre admitiu às mais diversas publicações cor-de-rosa que divulgassem a sua presença ali e acolá como "namorada" de José Sócrates e só agora é que se lembrou de se queixar contra jornalistas, nomeadamente contra o jornalista do 'Correio da Manhã' que tem divulgado e investigado o caso Freeport.
Decorrem já vários processos disciplinares contra jornalistas devido às queixinhas de Fernanda Câncio. Na minha opinião, a Comissão da Carteira Profissional tem uma missão muito importante a executar. Deve imediatamente analisar todos os artigos de Fernanda Câncio em que a senhora teve o desplante de se servir da Carteira Profissional para defender publicamente e propagandear as teorias defendidas pelo seu namorado, aliás, seu amigo de longa data, José Sócrates, enquanto primeiro-ministro de um governo socialista.
Estou absolutamente convencido que esta senhora é do mesmo estilo de muitas que conheci que pensam que estar lado a lado com o poder lhe dá o direito de pisar tudo e todos...
Um conselho: entregue a sua Carteira Profissional e dedique-se à política. Dará uma óptima comissária política, certamente...

Toma lá click (84)

Auto-retrato

O comunismo está melhor...

Carvalho da Silva, líder da CGTP, disse que continua católico...

Os gémeos (37)






- Ó Pedro Silva Macieira!
- Diz, Zézito!
- Foi boa a jogada de gabar o pessoal da Saúde, não foi?
- Precipitaste-te! Sabes lá se a pandemia ainda te atinge...

Pandemia

A Organização Mundial de Saúde anunciou que existe o perigo iminente de uma pandemia com a gripe mexicana.
Mas, a ministra portuguesa da Saúde diz que "está tudo controlado"...

Ameaça

A actriz Alexandra Lencastre ameaçou abandonar a TVI em face, diz ela, de um programa da estação de Queluz ter falado da sua vida privada. É estranha a atitude de uma mulher mais que pública e que tem passado todo o tempo do seu "vedetismo" a encher as páginas das revistas cor-de-rosa com a sua vida privada... hum! cheira a esturro, e depois a cena é assim: Julia Roberts só há uma...

Bocas na rua (220)

- Sabes que o Presidente da República já recebeu aquele fulano do Sindicato das pressões?
- Sindicato das pressões?...
- Aquele dos magistrados que sofrem pressões de magistrados!
- E o que é que o Cavaco tem a ver com isso?
- O homem do sindicato foi queixar-se das pressões!
- Isso não resolve nada, pá! O Presidente não manda nada... nem nas pressões atmosféricas, quanto mais nas periféricas...

quarta-feira, abril 29, 2009

Ora toma!

Quando existem centenas de professores desterrados nos locais mais longínquos da sua residência e da sua família, eis que o Governo aprova um escândalo destes:

Despacho n.º 9810/2009
Considerando que, nos termos do disposto no Decreto -Lei n.º 331/88, de 27 de Setembro, pode ser atribuído um subsídio de residência aos titulares do cargo de director -geral e de outros expressamente equiparados, à data da nomeação no local onde se encontre sedeado o respectivo organismo;
Considerando que o Prof. Doutor José Alexandre da Rocha Ventura Silva, presidente do Conselho Científico para a Avaliação de Professores, lugar expressamente equiparado a director -geral, tem a sua residência permanente em Aveiro:
Assim, nos termos do disposto no artigo 2.º do Decreto -Lei n.º 331/88, de 27 de Setembro, determina -se o seguinte:

1 — É atribuído ao presidente do Conselho Científico para a Avaliação de Professores, Prof. Doutor José Alexandre da Rocha Ventura Silva, um subsídio mensal de residência no montante de € 941,25, a suportar pelo orçamento da Secretaria -Geral do Ministério da Educação e actualizável nos termos da portaria de revisão anual das tabelas de ajudas de custo.
2 — O presente despacho produz efeitos desde 1 de Novembro de 2008.


12 de Fevereiro de 2009. — O Ministro de Estado e das Finanças, Fernando Teixeira dos Santos. — Pela Ministra da Educação, Jorge Miguel de Melo Viana Pedreira, Secretário de Estado Adjunto e da
Educação.

Todos?...


O PSD precisa de todos? Deve haver um grande equívoco na agenda do marketing do partido laranja.
Todos?
Perguntem ao presidente da Junta de Freguesia de Alvalade, Lisboa (PSD) e seus pares, quantas pessoas já levou a que nunca mais votem no PSD...

Educação, boas maneiras, etiqueta e respeito na Função Pública, precisa-se!!!

Um leitor do PPTAO deu-me conta do e-mail que enviou para o Ministério das Finanças indagando sobre o reembolso do seu IRS.
O cidadão escreveu assim:

"Boa tarde o meu nif é o ......... e tenho no resumo de cobrança a nota
que o reembolso foi emitido a 27/04, pois bem, como até hoje não está
depositado na conta que indiquei e como foi noticiado, a minha questão
é a seguinte:
é verdade que o mesmo é pago ainda este mês de Abril?
obrigada"

A resposta enviada pelo endereço dsirs@dgci.min-financas.pt foi a seguinte:

"vai"

Baú das relíquias (12)


Quando transportava os meus filhos para a escola em Macau havia um companheiro de viagem que animava o trajecto com a sua excitação: "Boa, tio!... Passa esse, acelera mais!... Ganda curva!... Oh!... Já chegámos!". Esse companheiro era um miúdo que adorava a velocidade e eu tinha de me conter porque levava crianças dentro do carro. Por vontade dele, o carro deveria ir sempre a mais de 100 kms/h. Em conversa com o o seu pai avisei-o que o filho, um dia, acabaria por ser piloto de qualquer coisa: avião, moto, kart ou carros. O pai mandou-me logo à fava. "Era o que faltava, pá!"
O puto cresceu ao lado dos meus filhos e talvez tenha enraizado o bichinho da velocidade quando me viu a correr nas pistas. Curioso, perguntador, cliente diário da playstation, viria, mais tarde, a sentar-se num kart para uma corrida de crianças promovida pelo Departamento de Desporto no âmbito das actividades de férias dos jovens. O André Couto ganhou a corrida num abrir e fechar de olhos, deixando tudo e todos com a cara a banda. Só a mim não me surpreendeu. Quando lhe entreguei o capacete, disse-lhe: "André, isto é para ganhar!".
O seu pai ficou abismado e simultaneamente entusiasmado. Corrida após corrida, ano após ano, o André ganhava tudo. De campeão de Karting, em Hong Kong, acabaria por ingressar na Fórmula 3. Venceu a corrida dos campeões em Spa-Francorchamps e o Grande Prémio de Macau. Em Mónaco, na Fórmula 3000, deu "bigodes" a pilotos como Ralf Schumacher, Nick Heidfeld, Jarno Trulli, Felipe Massa, Juan Pablo Montoya e tantos outros que já passaram pela Fórmula 1. Certo dia, a almoçar com o Rubinho Barrichello, este disse-me: "O teu puto muito rapidamente vai estar a correr ao meu lado na Fórmula 1".
André Couto, o melhor piloto do mundo que eu conheci, depois de Ayrton Senna, infelizmente não nasceu milionário e o investimento para o ingresso na F1 abrangia na altura mais de cinco milhões de dólares e, assim, o mundo perdeu a grande oportunidade de conhecer um novo campeão à Senna. O André corre actualmente no Japão, onde ainda deixa os olhos em bico dos japoneses bem esbugalhados...
Aqui no 'Baú das Relíquias' encontrei esta foto dos tempos em que o aluno ensinava o professor...
Para o meu querido amigo André Couto esta singela homenagem com um abraço fraterno e um beijo especial para o seu filho.

Toma lá click (83)

Naughty boy

Rádio e burla

Em 2005 estive a realizar e a apresentar o programa da manhã (07.00-10.00) no Rádio Clube do Sul, em Faro. Um dia, um ouvinte convidou-me para almoçar. Tratava-se de um cidadão que residia na Batalha e era amigo do director da estação de rádio local. Manifestou-me que gostava muito do meu programa (muita informação, música variada, entrevistas, concursos) e convidou-me a equacionar a possibilidade de me transferir para a Batalha onde "teria um futuro risonho" a trabalhar com o tal proprietário da rádio da terra que era simultaneamente ex-autarca, contabilista e pessoa muito popular.
Naturalmente que obtive algumas informações sobre o tal "patrão" de rádio, contabilista e conceituado ex-autarca. Não gostei do que me disseram e desisti de me transferir para a Batalha.

Hoje, passados quatro anos, ao ler o 'Correio da Manhã' fiquei pasmado. Refere o jornal que o tal proprietário da rádio desviou milhões de euros de imensas pessoas que confiaram na sua empresa de contabilidade os pagamentos à Segurança Social e ao Fisco. Esses clientes estão com a corda na garganta e está tudo revoltado com o alegado burlão e ex-autarca. Um dos clientes afirma no diário que lhe foi agora apresentada uma conta de 70 mil euros quando pensava ter tudo regularizado através do tal contabilista radiofónico.

O que nos vale é que há sempre um sétimo sentido...

Virgem

Margarida Menezes tem 26 anos e diz que é virgem. Não sabemos se é no buraco do ouvido ou no do nariz. Acrescenta a moça que criou um clube de virgens mas que ainda não conseguiu quaisquer adesões.
Pudera, agora a malta fica grávida aos 11 e 12 anos de idade...

Dividir para reinar

"Salários da GNR aumentam 5,5 por cento", manchete do 'Correio da Manhã'.
E as outras forças de segurança? Depois o Governo não se pode admirar que a PSP entre em greve...

Hoje é o Dia Mundial da Dança

A menina dança?...

terça-feira, abril 28, 2009

Vou-me casar!... Estou bem assim?!...

Casa do sócio nº37.432 do FC Porto...

Eleições por baixo da mesa (1)

Propaganda no seu melhor. O trio maravilha distribui benesses: José Sócrates, Maria de Lurdes Rodrigues e Ana Jorge começaram a distribuir cheques-dentista às criancinhas.

Mas quem é que lhes disse que os pequenos estavam com dores de dentes?...

O que eles dizem (115)

"Já agora a senhora procuradora poderia ir tomar um chá com a Kate McCann. Poderia ser que ela falasse a verdade. E poderiam também resolver a manipulação dos resultados forenses"

Gonçalo Amaral, ex-investigador da PJ

Toma lá click (82)

Café Odisseia

Coitados dos porcos

Cartoon de Stephane Peray/Hoje Macau

Os porcos são dos animais mais queridos e inteligentes. Asseados, domésticos, sensíveis, amigos das crianças e não sei quem teve a ideia estúpida de lhes chamarem porcos. São porcos quando os atiram para os locais onde abunda a porcaria. Porcos são aqueles que não os sabem lavar como deve ser. Lembro-me de quando era miúdo que o meu avô obrigava o funcionário da sua quinta a ter os porcos sempre impecáveis e os animais adoravam a hora do banho de agulheta.
Agora inventaram mais uma desgraça deixando os porcos com o odioso da questão. A gripe suína alastra por todo o mundo correndo-se o risco de uma pandemia. Trata-se de mais uma gripe dos humanos, mais uma gripe para que os laboratórios possam produzir mais uma vacina para venda de milhões de unidades que resultem num lucro de milhões de dólares. Uma gripe dos humanos, criada por humanos, espalhada por humanos e a qual caiu sobre os suínos que desgraçadamente pagaram as favas. Um porco meu amigo, sobre este assunto, já me disse: "Que porca de vida, meu caro, lá temos de continuar a viver com os porcos dos homens!"

Aldrabilhas

Desde o primeiro minuto em que assisti à primeira discussão entre Dias da Cunha e Soares Franco que fiquei absolutamente convencido que a estratégia de Soares Franco seria a de perpetuar-se no poleiro por muitos anos, mas dando sempre o ar de que não queria recandidatar-se a presidente do Sporting. Algo de semelhante com aqueles medrosos que numa eventual cena de pancadaria querem que os agarrem, mas sempre vão gritando: "Larguem-me, que eu desfaço-o!"
Soares Franco andou por aí a inventar milhares de tretas de que não continuaria à frente do Sporting, mas a malta a ver pelo canto do olho que o homem adora aquela crista na onda verde. Hoje, já se sabe que o empresário de obras feitas ou por fazer irá continuar como presidente e irá recandidatar-se. Vendo bem, quem é que quer navegar ao leme de uma nau semi-náufraga? Boa viagem, amigo Franco! E leve consigo para o próximo campeonato os "jovens" Derlei, Liedson e Polga... pois, talvez consiga ficar em segundo ou terceiro lugar.

Bloco central

Manuela Ferreira Leite foi entrevistada na SIC e colocaram-lhe a questão tão pertinente e tão cara a Cavaco Silva, a do chamado Bloco Central. Manuela respondeu que sim, mas... depois lá lhe chamaram a atenção que em período de eleições não se pode dar o flanco e que a luta é entre PSD e PS e que obviamente não se pode deixar a ideia que o PSD até simpatiza com o PS ao ponto de se unir numa coligação governamental e vai daí a Manuela desdisse o que tinha dito. Ufa!.. que o parágrafo nunca mais acabava... mais parecia os comentários que esta manhã ouvi sobre a Manuela e a sua dualidade de critérios sobre a matéria.

Tubarões, salpicões, barões, lagartixas e aves de rapina ao poder, já!

Hoje nas bancas

segunda-feira, abril 27, 2009

Olha, caiu...

Depois do Smart...


O Smorvette...

O Smaudi A3 AWD...

O Smamborghini...

O Smorsche...

O Smorsche Targa...

O Smerrari...

Toma lá click (81)

Almocreve das petas

Molhada...

O banco não partiu...

A casa partiu...

Botas (8)

Não se perde nada

O 'Correio da Manhã' noticiava hoje que 10 dirigentes de topo da Função Pública foram mandados passear. O ministro das Finanças confirmou o despedimento dourado. Não se perde nada... o pior é que o PS já tem 20 na calha para os mesmos lugares.

24 Horas


Quem gosta de revistas compra revistas. Quem prefere os jornais lá tem as suas razões. A partir de hoje o jornal '24 Horas' acabou. Passou a ser uma espécie de revista sem ser revista. E quer continuar a ser jornal sem o ser. Perceberam? Eu também não. E como não é carne nem peixe, talvez a opção lhes saia caro. Qualquer dia todos os que gostam de revistas compram revistas e os que são fiéis aos jornais adquirem jornais. E todos eles podem não comprar o '24 Horas', o que poderá vir a contribuir para mais um despedimento colectivo.

domingo, abril 26, 2009

Pintura


photo Sergey Dolzhenko/EFE

Uma
artista pinta o corpo de uma modelo no 'Salão de Beleza' de Kiev, Ucrânia. É a chamada arte corporal...

F1: Button de novo vencedor



O GP do Bahrein, disputado num circuito construído para o efeito no meio do deserto, foi plano, aborrecido e sem grandes motivo de interesse. Só para que se tenha uma ideia, antes de Nakajima abandonar a oito voltas do fim, ainda estavam todos os carros em pista. Jenson Button comprovou que ainda não tem adversário à altura, e levou o seu Brawn ao topo do pódio. Sebastian Vettel foi segundo, graças a um excelente jogo de boxes, e Jarno Trulli, que largou da pole-position, terminou em terceiro. O actual campeão do mundo, o britânico Lewis Hamilton, conseguiu a sua melhor classificação esta temporada, ao acabar em quarto, à frente de Barrichello e Raikkonen, que assim consegue os primeiros pontos para a Ferrari. Timo Glock e Fernando Alonso fecharam o grupo dos pontos, conquistando dois e um, respectivamente. O Mundial de pilotos é liderado por Button, agora mais destacado com 31 pontos, seguido de Barrichello com 19, Vettel com 18, Trulli com 14,5 e Glock com 12. Nos construtores a Brawn tem 50 pontos, seguida da Red Bull com 27,5 e da Toyota com 26,5. A próxima prova do Mundial de F1 disputa-se a 10 de Maio na Catalunha, Espanha. Bora lá...

In Bairro do Oriente

Toma lá click (80)

O Arrumadinho

Os gémeos (36)






- Ó Pedro Silva Macieira!
- Diz, Zézito!
- Gostaste do discurso do Cavaco?
- Tanto como tu...

Artificiais

"Que não se perca tempo com questões artificiais"

Presidente da República, Cavaco Silva, no discurso de 25 de Abril


O que serão questões artificiais?

- Aeroporto de Alcochete?
- Ponte sobre o Tejo?
- TGV?
- Auto-estradas desnecessárias?
- Casos de corrupção?
- Bancos falidos?
- Caso Freeport?
- Pressões políticas sobre magistrados?
- Queixas-crime contra jornalistas?
- Controlo dos órgãos de Comunicação Social?
- Agricultores sem o que lhe é devido?
- Professores ultrajados?
- Dinheiros do Estado em offshores?
- Ministros que se negam a responder a jornalistas?
- IVA que não se baixa por teimosia?
- Roubo no preço dos combustíveis?
- Bancos que são financiados com o nosso dinheiro e que se negam ao crédito pessoal, crédito para compra de habitação e para abertura de uma empresa?
- Idosos sem dinheiro para os remédios?
- Estudantes que abandonam os estudos por falta de dinheiro?
- Assaltos de hora a hora?
- Pescadores a atirar peixe fora?
- Empresários com lucro a despedir trabalhadores aproveitando-se da crise?
- Doentes em cada vez maior número espalhados em macas pelos corredores dos hospitais?
- Hospitais com lucros?
Etc, etc, etc...

Botas (7)

Apoio aos desempregados

Se por acaso algum dos meus leitores está desempregado (o que é o mais natural), cuidado, não saia do País. Vocês estão em prisão nacional, porque se forem ali a Sevilha, Madrid, Barcelona, Paris, Londres ou outra cidade qualquer para tentar arranjar trabalho perdem logo o vosso subsídio de desemprego (os que têm essa benesse).
Acontece que o Estado suspende o subsídio de desemprego a quem sai do País, o que é contraditório com o regulamento comunitário. A comunidade europeia é só para sacar dinheiro para os governantes darem-lhe o destino que entendem?

sábado, abril 25, 2009

A mentira

Sempre ouvi dizer que o 25 de Abril era uma festa para o povo. Nota-se. No largo fronteiriço à Assembleia da República acabei de ver uns quantos guardas republicanos em guarda ao Presidente Cavaco, uma segurança assustadora como estivesse para rebentar uma bomba da ETA e o povo? Onde está o povo? Onde está a festa popular para o tal povo comemorar Abril? Ah, desculpem... pois é, já me esquecia que está nas bancadas do hemiciclo... escolhido a dedo para compor o ramalhete... de cravos.

Comemorar dois feriados no mesmo dia



Neste dia 25 de Abril comemoro, na minha condição de cidadão português e australiano, os dois feriados que se festejam em Portugal e na Austrália, homenageando-se neste país os antigos combatentes que participaram na I Grande Guerra, o Anzac Day.

sexta-feira, abril 24, 2009

Da treta

A "grande" politóloga (?) Marina Costa Lobo acabou de levar uma lição de política de alto calibre no programa 'Expresso da Meia-Noite', na SIC Notícias. Uma lição dada por Rui Oliveira e Costa que lhe ensinou que Portugal não tem um regime semi-presidencialista, mas sim um regime semi-parlamentar. E ela insistia na asneira e na ignorância. Lá teve o José Miguel Júdice de a envergonhar e calar, dizendo: "Desculpe, Marina, mas o Rui tem razão!".

A mesma Marina teve o desplante ainda de afirmar convictamente que o PSD não vai ganhar eleições nenhumas. Bolas, que a senhora até já sabe o resultado eleitoral. Afinal, é bruxa...

É triste quando as sabichonas não sabem o mínimo...

Demissão de Sócrates

Hoje não é dia das mentiras e quem fala na demissão de José Sócrates do cargo de primeiro-ministro é Vital Moreira, candidato do PS ao Parlamento Europeu. Incrível AQUI

Comentário oportuno de David (meu amigo desde criança):

Ao deixar o reles comentário anterior de um(a) tal "mané", o João Severino comemora da melhor maneira o 25 de Abril: em nome da liberdade de expressão, publica um insulto que lhe fazem.
João: o meu Amigo não é só um Democrata, como é um Senhor!
Sobre o tema do post, Vital pratica a chamada fuga para a frente: antevendo que o partido onde se acolitou (PS), depois de aquilo em que apostou durante anos ter ido ao fundo, não terá de modo algum maioria absoluta, vem lançar reptos fantasmagóricos de ingovernabilidade. Ou maioria socratina ou o caos, ameaça Vital.
Acredita quem quiser. Para mim, caos pior do que aquele que já vigora é difícil, com o autoritarismo e a falta de liberdade e de independência do poder judicial que se verifica com este governo.
Vital certamente achará o mesmo quando se lhe acabarem as benesses que Sócrates lhe possa dar. Com ele foi sempre assim.

Botas (6)

Acordo Hortográfico (25)

Promessa cumprida

Hélas! Uma promessa foi cumprida pelo Governo. Ano de eleições é o que dá. Hoje, teve início o reembolso da primeira fase do IRS, para os contribuintes que enviaram a declaração através da Internet.

24 de Abril


Na noite de 24 de Abril de 1974, eu escrevi e realizei as 'Últimas Notícias' da RTP e o Raul Durão apresentou-as. Após o noticiário ficámos na conversa com a senhora da maquilhagem. Já passava da meia-noite subimos do estúdio, na Alameda das Linhas de Torres, para a redacção, fizemos uns telefonemas, arrumámos a papelada, arquivámos o conteúdo do noticiário, cuja última informação dizia "O tempo está muito instável"...
Como normalmente eu e o Raul, ao deixarmos a redacção já tarde, íamos até ao bar 'Metro e Meio', na Rua 5 de Outubro, tomarmos um copo, ele perguntou-me: "Paramos no escritório?". Aproximei-me dele e disse-lhe: "Tenho um segredo para ti, só para ti. Tenho uma informação de um familiar que é capitão que esta noite isto vai dar borrasca!". Desde o dia 16 de Março que se esperava qualquer coisa. De madrugada, a RTP foi ocupada por militares do Movimento dos Capitães que levaram a efeito o Golpe de Estado do 25 de Abril.

quinta-feira, abril 23, 2009

Novidade: a política da Juventude Socialista é contra uma pessoa

Felicidade

Hoje, estou muito feliz. E sabem porquê? Vejam só a cena: Há 28 anos que não exercia o jornalismo em Portugal. Perdi os contactos, morreram amigos e conhecidos e vim encontrar uma realidade política completamente diferente, bem como uma classe de jornalistas onde já existe o profissional com o número na carteira sete mil e tal, quando o meu é um honroso 278.
E não é que na passada segunda-feira escrevi uma notícia que foi publicada na primeira página de O DIABO anunciando que "Entre-os Rios paga o Estado" e, que pormenorizava que uma fonte credível do Ministério da Justiça informara que as custas judiciais do processo trágico da queda da ponte em Entre-os-Rios não seriam pagas pelos familiares das vítimas.
Os meus amigos e colegas telefonaram-me imediatamente a dizer que estava maluco e que não sabia o que estava a escrever, porque o Estado não paga nada a ninguém e que iria passar pela vergonha do desmentido. Respondi-lhes que se acalmassem porque nunca tinha publicado nada falso. O pior que me poderia acontecer era que a minha fonte estivesse mal informada.
Pois, esta tarde, a Antena 1 abriu o noticiário das 16.00 horas com a informação emanada do Ministério da Justiça dizendo que as custas judiciais de Entre-os Rios seriam financiadas pelas estruturas governamentais. Isto vai com calma...

Rico e mal agradecido

Otelo Saraiva de Carvalho veio dizer que admite rejeitar a promoção a coronel e que poderá processar o Estado.
Força, faça outro 25 de Abril que este já deu o que tinha a dar e pouco tem servido o povo.

De cátedra

Na Antena 1 estou a ouvir Francisco Sena Santos a falar de cátedra como se fosse o maior suprasumo existente no areópago da Rádio.

Que pena não ter falado da sua passagem muito triste pela Rádio Macau...

Cumpridor...

Multado por voar...

Acordo Hortográfico (24)

Botas (5)

Promoção rentável

Otelo Saraiva de Carvalho vai ser promovido a coronel para calar as vozes de quem protestava contra a promoção de Jaime Neves.
Otelo vai receber com a promoçãozita a "irrisória" quantia de 49.800 euros...

Paga pagode!

Temos casamento

O 'Correio da Manhã' informa hoje que José Sócrates e Fernanda Câncio vão casar no Verão, após oito anos de relação.

Cansaram-se de estar juntos ou de andar separados?


PS - Este post não deve dar direito a uma queixa-crime...

Toma lá click (79)

Cabra de serviço

quarta-feira, abril 22, 2009

Também tu, meu filho Correio...

DESPEDIMENTO COLECTIVO NO "CORREIO DA MANHÃ"

A administração do "Correio da Manhã" pretende levar a cabo um despedimento colectivo envolvendo uma dezena de trabalhadores, sete dos quais jornalistas.

PPTAO acertou

Aqui escrevemos que dentro de pouco tempo Portugal iria parar aos 11% de desemprego. O FMI já está a falar nesse número.

Maria Elisa


Em 1973 eu já era colega na RTP de Maria Elisa. Ela não era jornalista. Eu fazia parte da redacção do Telejornal. Depois do 25 de Abril foi dada a oportunidade a vários locutores de continuidade de optarem pelo jornalismo. Maria Elisa foi uma das que passou para a Informação.
Neste momento, são 19.40 horas e oiço na Antena 1 uma entrevista com Maria Elisa. Ela está a dizer tantas, tantas mentiras, que nem tenho forças para vos dizer quais as aldrabices. Fiquei muito desgostoso porque é assim que se tem feito o vedetismo em Portugal.

Manuela Moura Guedes processa José Sócrates




Quem
não se sente...

Manuela Moura Guedes, apresentadora do Jornal Nacional das sextas na TVI, anunciou que vai processar criminalmente José Sócrates, devido às afirmações menos próprias que este proferiu na entrevista à RTP, sobre aquele noticiário televisivo.
http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1375770&idCanal=12

Galp com lucros escandalosos

Lucros da Galp podem ser os melhores do sector, anuncia o 'Diário Económico'. Os analistas do UBS estimam que a petrolífera nacional terá registado entre Janeiro e Março um dos melhores resultados entre as empresas europeias do sector.



Pudera! Com os preços dos combustíveis praticados vergonhosamente acima do que deveria ser uma medida justa e séria, qualquer um faria figura de rico.





101.000 visitas

O PPTAO iniciou a sua contagem de visitantes no SITEMETER em Julho de 2008. Com muito agrado informo os nossos leitores que já ultrapassámos as 101.000 visitas. Obrigado.

Máfia a sério

Ora fiquem lá com um exemplozinho do que é máfia a sério. Então, a cena é assim: Os patrões do Freeport depois de serem apertados de que o caso tem de mudar de agulha contrataram uma empresa (Dechert) para fingir que investigou o caso Freeport e toda a sua envolvência. Essa empresa emite um relatório para os patrões do Freeport, que por sua vez o entregam aos canais combinados de distribuição mediática. Até agora apenas o 'Diário de Notícias' (óbvio) o divulgou. Esse relatório diz que o Charles Smith é que é um malandro e um grande aldrabão. Salienta que o empresário escocês inventou tudo acerca do suborno e corrupção sobre José Sócrates e seus familiares. Acrescenta que Charles Smith inventou tudo para esconder que ele próprio é que se "abotoou" com o dinheiro todo. E como foi ficando com o dinheiro que os patrões do Freeport lhe iam entregando para subornar alguém, para esse alguém licenciar o Freeport, o empresário escocês - que tinha um associado português, vários advogados de nomeada portugueses, que era recebido por presidentes de Câmaras e governantes -, agora não passa de um aldrabão que roubou o dinheiro todo e que se lembrou de acusar o actual primeiro-ministro e seus pares. Fantástico!

Ora bem, partindo do princípio que Charles Smith ficou com o dinheiro todo, que é um aldrabão profissional, que nunca entregou dinheiro a alguém com ligações ao outlet e que nunca foi recebido por responsáveis da governação, temos o direito de fazer uma única pergunta: "A que propósito o Freeport foi alvo de um licenciamento aprovado à pressa e sob contestação, por um Governo de gestão e com decisões tomadas no último Conselho de Ministros desse mesmo Governo de gestão?"...

Os gémeos (35)






- Ó Pedro Silva Macieira!
- Diz, Zézito!
- Que tal me safei na entrevista?
- Foi pena não teres sido entrevistado...

Toma lá click (78)

Aliás

Acordo Hortográfico (23)

Botas (4)

Sócrates pior que Santana Lopes

terça-feira, abril 21, 2009

Provocação ou ironia?

Largo Salazar é inaugurado em Santa Comba Dão a... 25 de Abril.

Sócrates na RTP (3)

21.50 horas

"Isto tudo faz-me lembrar aqueles livros da América Latina onde se inventam factos contra políticos"

"Nós os três temos de confiar na justiça. Qualquer inclusão do meu nome no caso Freeport será visada com o meu repúdio por considerar um insulto"

"Eu nunca troquei impressões com qualquer procurador sobre o caso de Freeport"

"Eu não faço nenhuma campanha contra jornalistas. Eu queixei-me contra quem me insulta"

"Eu tenho o direito de me queixar de quem me insulta"

"Vocês não vêem o telejornal da TVI à sexta-feira? Aquilo é um ataque e perseguição pessoal. Aquilo é um telejornal travestido"

"O caso Freeport é uma cruz"

"Eu já fui vítima de várias campanhas. Estou convencido que os portugueses saberão julgar-me"

"Quanto às eleições europeias eu acho que os portugueses sabem que o Partido Socialista é um partido europeu com um património longo"

Sócrates na RTP (2)

" O que nós estamos a fazer é defender o desemprego e defender as famílias"

"Eu encaro a situação com muita humildade. Estou sempre a avaliar a situação e naturalmente que eu previ o aumento do desemprego"

"A crise obriga-nos a gastar mais dinheiro do Estado"

"Sabiam que nós temos hoje doze mil pessoas com emprego? Não sabiam. Temos nove mil jovens já em estágios contratados. Apoiámos empresas com formação profissional para quando a crise passar essas pessoas possam manter o vínculo com a empresa"

"Nós assinámos um compromisso com as empresas do sector automóvel. Eles não despedem e nós oferecemos a formação"

"Nós alargámos o subsídio social de desemprego"

"Nós temos reparado que muitos candidatam-se a esse subsídio mas não têm direito a ele. Vamos então aumentar para 450 euros o nível do subsídio para muito mais gente poder ter direito a esse subsídio"

"Há duzentos mil idosos que estavam na pobreza e que já não estão"

"Eu tenho mantido uma reserva em relação ao caso Freeport em respeito à investigação. Eu não posso assistir a esta tentativa de assassinato político. O licenciamento ambiental diz-me directamente respeito e estou em condições de garantir que o licenciamento cumpriu todos os requisitos legais. As falsidades do caso Freeport são de tal ordem que até inventaram que havia uma queixa em Bruxelas o que não é verdade"

"Eu acredito que o Ministério Público ande a investigar um caso de corrupção"

"Eu posso por as mãos no fogo pelos meus secretários de Estado. Eu confio na investigação e espero que mais cedo ou mais tarde que tudo se esclareça e a investigação poderá culpar quem andou a utilizar o meu nome de forma abusiva. Já apresentei queixas contra quem utilizou o meu nome. Eu quero que a investigação identifique essas pessoas e que as incrimine"

"É justamente por causa do vídeo que apresentei queixa contra esse senhor (Charles Smith)"

"Eu considero o vídeo um insulto e já apresentei queixa"

"Eu não estou disponível para entrar neste folhetim (Freeport)"

"Há um outro episódio que é como nasceu o caso Freeport e o que vos vou contar são factos apurados pela justiça: entrou uma carta anónima na Polícia Judiciária encomendada pela própria Polícia Judiciária. O baastonário da Ordem dos Advogados já se referiu a este caso onde um responsável do CDS inventou factos contra a minha pessoa"

"Eu acho que durante estes cinco anos o Ministério Público não deixou de investigar"

Sócrates na RTP (1)

O primeiro-ministro José Sócrates voltou a encomendar uma entrevista à RTP. Esta noite, esteve nos estúdios perante Judite de Sousa e José Alberto de Carvalho.
Sócrates começou por querer atirar areia para os nossos olhos fazendo crer que as últimas palavras do Presidente da República não diziam respeito ao Governo. Sobre a sua resposta sobre os "recados" e a política do "bota-abaixo, o líder socialista afirmou que se referia à oposição e e às lideranças políticas e não a Cavaco Silva. Pois!

Sócrates ao ser confrontado pelo facto de Cavaco Silva já se ter referido cinco vezes à crise e às dificuldades no desenvolvimento do país, respondeu que está de acordo com o Presidente. Pois!

"O Governo tem uma perspectiva. Realizar mais investimentos públicos. Antes não era feita a análise custo-benefício, agora fazemos"

"No site do Ministério das Obras Públicas podem ver todos os estudos sobre o TGV. Nós não podemos adiar mais projectos que dão emprego e que podem modernizar a rede de transportes. O TGV tem um grande impacto no desenvolvimento e na economia"

"A nossa estratégia para combater a crise é mais investimento público. As prioridades de investimento são na energia, recuperação das escolas e na banda larga"

"Convido-os a ir mais uma vez ao site do Ministério das Obras Públicas e consultem os estudos sobre custo-benefício das auto-estradas. Têm alguma dúvida sobre a importância da auto-estrada para Bragança? A auto-estrada de que fala o PSD como a auto-estrada 'rosa' foi lançada pelo PSD"

"Cada um tem de puxar a sua bicicleta. Entre mim e o senhor Presidente da República há cooperação institucional assumindo as nossas divergências"

"Não acho que o senhor Presidente da República esteja a interferir na acção do Governo. Eu acho que o senhor Presidente tem todo o direito a dizer o que pensa"

"Não tive nada excesso de optimismo em 2007 quando baixei o IVA. Deixem-me dizer que ninguém previa uma crise tão grande"

"Em Outubro de 2008 eu disse que iríamos viver grande recessão. Não quis disfarçar, como certos jornalistas têm dito"

"Eu já disse em outra entrevista que crises destas só acontecem de cem em cem anos"

"Para dizer toda a verdade aos portugueses é preciso dizer que o que o Banco de Portugal prevê para Portugal está na média que a União Europeia prevê para outros países. É ridículo afirmarem que a crise é culpa do Governo"

"Eu sou o primeiro a reconhecer que Portugal tinha e tem problemas, mas foram resolvidos alguns"

A guerra da lista

A lista do PSD às Europeias está a dar mais guerra do que um ataque da Rússia à Geórgia. Soube-se agora que Manuela Ferreira Leite tirou um coelho da cartola e anunciou, em jeito de surpresa, o terceiro nome da lista: a ex-ministra da Educação do governo de Durão Barroso, de sua graça Graça Carvalho. Uma cedência clara ao Durão que cada vez tem mais peso nas hostes laranjas. A lista ainda não está completa e a luta continua... vivó tacho!

O melhor pedido de sempre de um PPP

Cpmpetente corno no Diário da República

Hoje nas bancas

Toma lá click (77)

Bicho carpinteiro

Sem autoridade

A autoridade da concorrência (de propósito com letra minúscula por não merecer qualquer respeito) ao fim de nove meses diz que já pariu o relatório sobre o preço dos combustíveis. Muito grave: diz que não existe cartelização.
Trata-se de uma vergonha revoltante esta posição descabrosa da dita autoridade incompetente. Aqui no PPTAO já provámos por diversas vezes que existe cartelização nos preços e o nosso colaborador Jorge Cabral provou no seu último "Desafio" todo o conluio e injustiça existentes neste sector.

Despesa leva à falência

Portugal está a endividar-se assustadoramente. A despesa voltou a aumentar com o lado das receitas a ser uma miragem. As receitas fiscais cairam mais de 12% nos últimos três meses. A Islândia em Portugal é que pode não ser uma miragem...

Resposta do ministro das Finanças: "Está tudo controlado!". Deve estar a referir-se a corridas de automóveis onde existem as derrapagens controladas...

Terrorismo

Existem vários tipos de terrorismo. Incluindo o verbal. Ontem, à noite na RTP, assistiu-se a uma intervenção do comentador partidário António Vitorino que raiou o terrorismo através da palavra. O socialista apoiante de José Sócrates serviu-se de um espaço que lhe concederam (?) para esclarecimento sobre os acontecimentos políticos para atirar brasas para a fogueira grave que já estava ateada. A guerrilha entre o Presidente da República e o primeiro-ministro chegou ao rubro quando Cavaco disse umas verdades oportunas e José Sócrates respondeu malcriadamente dizendo que não aceitava "recados". E Vitorino? Como se fosse um criado da corte foi à televisão afirmar que o Presidente Cavaco já discursa com as mesmas posições da líder da oposição Manuela Ferreira Leite. A isto, chama-se apagar o fogo com uma mangueira cheia de buracos. Pior, um tempo de antena para determinado fim não deve ser utilizado para um certo tipo de terrorismo verbal e por esse motivo entendo que o programa de Vitorino deve acabar.

E o programa de Marcelo Rebelo de Sousa? Já por diversas vezes o ouvi dizer que José Sócrates fez isto e aquilo bem feito. No entanto, sempre fui apologista de a RTP disponibilizar programas do género Marcelo/Vitorino a outras personalidades conotadas com todos os partidos representados na Assembleia da República.